Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Um jogo!

por Trinco, em 26.10.15

12065878_10207737237457377_897904738381218461_n.jp

 

Foi inequivocamente histórico!

 

Foi uma vitória a toda a linha. No balneário, no banco, no campo e na bancada! Foi uma vitória sem contestação, em que a nossa superioridade foi por demais evidente em todo o tempo de jogo, onde se alguma coisa haja a apontar tenha sido a falta de "killer instinct" na 2ª parte, onde houve sempre a sensação de estarmos mais próximo de marca que de sofrer.

 

Foi um jogo em que a arbitragem esteve mal, muito mal (com prejuízos para ambos os lados) mas que soubemos ser aquilo que devíamos ser sempre. Melhores, muito melhores.

 

Mas foi também o jogo que fez aparecer de novo os aparatchiks, que, com discurso tão idêntico entre eles até parece ter estado concertadamente preparado para saltar à 1ª oportunidade a destilarem contra os que criticam. Ora porque não criticavam agora, ora porque não falavam do Marco, ora porque qualquer coisa...Os mesmos que criticam quem critica a criticarem por estes não criticarem...uma vitória!

 

Os que tanto fala dos pretensos divisionismos foram os primeiros a fomentá-los, apontando as armas para dentro, ainda antes de qualquer reacção demonstrativa de felicidade pela vitória, quase ignorando a alegria que nos enchia a todos.

 

Sem perceberem que as vitórias e as derrotas são de todos! Que por mais que queiram relativizar as derrotas, seja no futebol, seja principalmente nas outras modalidades, elas são também nossas, e que não é por serem omitidas e varridas para debaixo do tapete elas deixam de existir. E que por muito que queiram, contrariamente ao que assisti antes de 2013, ainda não vi ninguém agora, por menos que gostem de algumas pessoas do Sporting, a desejar derrotas.

 

Também se assistiu, acto continuo, ao elogio da conduta dos últimos tempos, fazendo-a corresponder à razão do sucesso, menorizando quem esteve lá dentro a fazer o que tinha que fazer, com a competência demonstrada e resultado conseguido. Como se o ruído, a arrogância e o andar nos limites do grosseiro, tivessem contribuído o que quer que seja para o que aconteceu naquele relvado. Sim, porque é ali que que as coisas verdadeiramente se definem.

 

Em menor evidencia, surgiram também os que não entenderam, cheios de bazófia, que foi apenas um jogo, numa liga com 34 jogos. E que se não se ganhar a seguir ao Estoril, ao Arouca, ao Belenenses e por aí fora, este resultado, por mais alegria que nos tenha dado no momento, pouco valerá e pouco significará.

 

P.S. 1 Num comentário paralelo a algo possivelmente com menos importância, foi muito bom voltar a ver o Sporting equipado à Sporting

 

P.S: 2 Completando o presente num post anterior, no fim deste fim de semana, contra este mesmo adversário, em 16 jogos oficiais nas várias modalidades, temos 5 vitórias, 1 empate e 10 derrotas. E é neste facto que nos devemos também empenhar para mudar esta contabilidade.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 09:51


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Sobre

Sobre o Sporting, com verdade, exigência e espírito critico. Sem reverencias nem paciência para seitas!






Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D