Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


A hora Varandas, Frederico!

por Lizardo, em 25.10.18

17 presidente do sporting - frederico varandas - N

Hoje temos um jogo muito importante para o Sporting. Não só pela permanência na Liga Europa, pela notoriedade leonina no mundo do futebol, os pontos que Portugal necessita no seu ranking, e claro, para colocar serenidade num Clube que, historicamente, vive num autêntico furacão há várias décadas.

Peseiro, o menos culpado de tudo o que acontece, não tenho dúvidas será o primeiro a cair. A história repete-se de forma cíclica, com as devidas nuances, mas está cada vez mais fragilizado. E se ainda existia alguma esperança na sua permanência, depois da triste e vergonhosa entrevista de Sousa Cintra, Peseiro está, assumidamente morto, falta fazer as devidas cerimonias fúnebres.

Mas se tudo isto é triste, o fado que nos leva às lágrimas são os episódios regulares que envergonham Sócios, Adeptos e claro, o Clube no panorama nacional e internacional.

Se os pouco inteligentes, e assumidamente estúpidos apoiantes do deposto Presidente Bruno de Carvalho continuam a sua saga persecutória contra tudo e contra todos, celebrando maus resultados e num contínuo disseminar de notícias falsas, pós-verdades e tentativas, estupidas, como eles, de manipular a opinião, não posso também parabenizar o que têm sido estes primeiros tempos da gestão de Frederico Varandas.

Sim, herdou a mais difícil situação da nossa história centenária. Nunca, nem em 2012 o Sporting estava tão mal financeiramente, tão mal desportivamente e tão mal no plano da notoriedade no que toca a reunir apoios e patrocínios, e claro, a nossa joia da coroa, que está pelas horas da morte, e não não é piada a Luís Boa Morte, a formação está a anos luz dos rivais nacionais e internacionais e muitos anos levará a recuperar os níveis que habituou o mundo do futebol.

Frederico Varandas relativizou o problema financeiro. Se Ricciardi o empolou em demasia, também é facto, mas a realidade é que o empréstimo continua a ser difícil de garantir. O plantel de futebol é assumidamente deficitário e dos mais fracos das últimas décadas.

E se tudo isto é um pesadelo, muito mais haveria para debater. Posto isto, como se tem apresentado este novo Sporting? Que tom, que atitude, que posicionamento assumiu com a entrada da nova direção? Silêncio. É positivo, mas é positivo quando se vence nos campos, é positivo quando não há, diariamente, ruído em redor do Clube, dos treinadores, jogadores e adeptos.

Frederico Varandas tem que ter uma estratégia e eu acredito que a tem. Que irá surgir para, de uma só vez, resolver vários assuntos. Assuntos esses que são um corte radical com o passado recente, para acabar com a especulação de corrupção, fraude, abusos, violência. E tem que ser rápido. O Sporting não aguenta este clima constante de guerrilha interna. De desconfiança, de mentiras que ganham expressão e quase se tornam verdades.

Este ambiente, este permitir este estado origina a que novos Brunos surjam no horizonte. Frederico Varandas tem que se fazer ouvir, e mais que gritar, esclarecer e agir o mais rápido possível.

Se continuar assim, deixo aqui a aposta, que muito em breve estaremos novamente em eleições, com mais um conjunto de promessas sem sentido, vários jogadores pernetas pagos a peso de ouro e garantias de pacificação.

O Sporting tem que olhar para Si, lógico. Mas o Sporting continua, e é um erro com décadas, fechado sobre Si mesmo, sem perceber as realidade que acontecem, que evoluem e que socialmente obrigam o Clube a mover-se e a agir de outras maneiras.

Se vomitamos e repudiamos o populismo que vivemos nos últimos cinco vergonhosos anos, regurgitamos este silêncio de paz podre que continua a corroer as bases e os alicerces do Sporting, os seus Sócios e o seu bom nome.

Frederico Varandas, é tempo de revelar nomes, contas. É tempo de apresentar mudanças, estratégias. Um soldado não se esconde nem vence sozinho uma batalha.

Cada dia que passa é um dia a menos na vida do Sporting.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:27

Quem vota seus males espanta

por Lizardo, em 02.07.18

vote-w-your-brain.jpg

 

 

 

Votar é mais que um direito, um dever, é a maior arma que os Sócios têm. É a voz secreta que decide e tem criado e também destruído o Sporting nestes últimos 112 anos.

É evidente que nem sempre optámos pelas melhores soluções. É esta a magia da escolha, mas por mais enganos e arrependimentos que todos tenhamos, uma coisa é certa, a grande maioria dos Associados votou sempre em consciência e com a certeza que escolhiam o melhor para o Clube.

Os últimos anos foram um autêntico pesadelo. Aguardemos pelos próximos tempos e o que se augura é a revelação de uma SAD caótica e falida, onde muitas verbas foram já adiantadas hipotecando o futuro próximo da nossa saúde e boa gestão desportiva.

Os tempos não são de facto de grandes expectativas de sucessos imediatos. Mas não é também impossível que depois destas enormes tempestades chegue a bonança e a celebração maior, ser campeão no futebol.

Para isso vamos todos no próximo dia oito de setembro escolher entre vários candidatos o futuro imediato no nosso Sporting.

Até ao momento e seguindo a comunicação social, teremos várias candidaturas:

Frederico Varandas já se apresentou.
João Benedito disse que iria apresentar.
Fernando Tavares Pereira é candidato.
Paulo Lopo diz que avança.
Dias Ferreira ameaça com nova candidatura.
Pedro Madeira Rodrigues irá voltar à carga.
Os jornais falam em Figo e Tomás Froes

Feitas as contas, temos seis candidaturas que tudo têm feito nos últimos tempos para ganhar terreno e se afirmar, e depois temos a hipotética hipótese de Figo e Froes que mais parece uma vontade de alguns Associados e não uma vontade dos citados candidatos a candidatos.

Posto isto, e sendo o Sporting um Clube que se considera democrático, não me preocupa o número de candidaturas. Preocupa-me sim o problema de se criar um ruído de tal forma sujo que desvie as atenções do essencial. Os projetos!

O Sporting chegou a um ponto fulcral. Mais que escolher uma personalidade, é necessário escolher uma equipa. Um projeto que seja diferenciador, que não viva nos clichés habituais onde “aposta na formação”, “compra de jogadores só para lugares essenciais”, “continuar eclético”, “manter a maioria da SAD”. Meus caros, isso é conversa simples e para isso não era necessário votar. É preciso é romper com a normalidade. Exige-se visão.

Frederico Varandas foi o primeiro a avançar. Na minha opinião mal. Muito mal. A sua equipa não aqueceu nem arrefeceu os Associados. E o que não empolgou, facto, foi o erro de apresentar já uma Comissão de Honra onde podemos encontrar nomes como Eduardo Barroso, Sampaio ou Paulo Abreu, e a seu tempo, José Maria Ricciardi. Os Sócios que votaram massivamente na passada AG de dia 23 de Junho votaram também no afastamento destas personalidades. O seu tempo passou. Não ajudaram. Falharam.

De Frederico Varandas exige-se rápido um projeto para que consiga recuperar algum do eleitorado que perdeu nestes dias.

Como é lógico, os que ainda estão com o suspenso Presidente não irão votar Varandas. E aqui entra na equação Benedito.

Benedito terá muito do eleitorado do destituído Presidente. Uma lista de campeões com grandes vitórias nas modalidades, terá com toda a certeza também um campeão na gestão do futebol. Que se apresentem e que revelem o seu projeto. Na minha opinião são a candidatura que, HOJE, mais hipóteses tem de vencer as eleições depois dos erros de Frederico Varandas.

Dias Ferreira ameaça a candidatura, e parece-me lógico que entra para jogar. Da mesma forma que o fez da última vez, penalizando Godinho Lopes. Agora penalizará todas as restantes candidaturas favorecendo a de Frederico Varandas. Mais do mesmo.

Pedro Madeira Rodrigues, goste-se ou não, teve a coragem de praticamente sozinho ter dado o peito às balas na fase de maior hipnotismo da gestão passada. A derrota não era só evidente como era claro como a água que iria sujar a sua imagem pessoal. Pedro Madeira foi a jogo, foi humilhado nas urnas, humilhado na rua, humilhado nas redes sociais. Agora, se procura um bom resultado tem que perceber que o Sporting precisa de união, que não vive de aventureirismos e que, acima de tudo, tem que trabalhar a sua imagem pessoal. Mostrar ao eleitorado leonino o que é como pessoa, os seus méritos profissionais, os seus apoios. E claro, evitar cair na enorme asneira de trazer algumas das pessoas que o acompanharam na sua ultima jornada, como ficou bem claro, a grupeta de Severino e outros Associados que declaradamente gostam muito do Clube mas que não acrescentam nem valorizam o que se pretende do Clube para o Futuro.

De Fernando Pereira e Paulo Lopo pouco sei. E acho que os Associados também não vão querer saber muito mais do que sabem agora. Nitidamente candidaturas para ganhar expressão mediática. O pensar no Eu em detrimento do Nós e do que realmente interessa que é o Sporting Clube e a sua SAD.

Por último a hipótese Figo e Froes. Se avançarem serão sérios candidatos. É verdade que Figo tem muitos anticorpos, mas não deixa de ser verdade que também tem muitos que o veneram e lhe reconhecem educação e capacidade de gestão. Em relação a Tomás Froes, é um exemplo de uma geração vencedora, com empresas de topo e com sucessos nos mais diversos espaços por onde passou. Mas, e há sempre um mas, não chegam os nomes, se avançarem, se conseguirem apresentar um projeto diferenciador, terão todas as hipóteses.


Em conclusão, estas eleições têm que:

Unir os associados. Deixar claro que o passado recente foi o maior erro da História do Sporting, e claro, saber discutir o Clube. Apresentar ideias, partilhar, ouvir. O tempo é curto, dia 8 é amanhã, e é agora, agora que o Clube precisa de ajuda, agora que o Sporting está de rastos que os verdadeiros se apresentam e dizem presente.

Quem continua eternamente na sombra, quem procura o momento ideal, ficará nesse estado ad aeternum, pois esse momento não existe nem coloca o Sporting em primeiro lugar.

O meu apelo é simples, respeito, tolerância, compreensão e elevação. Eis o Sporting em eleição!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:21

balls.jpg

 

 

““Meus senhores, como todos sabem, há diversas modalidades de Estado. Os estados sociais, os corporativos e o estado a que chegámos.”"

 

Salgueiro Maia saiu de Santarém e chegou a Lisboa para acabar com o desnorte. Em resumo, e sem pretensões de historiador, foi isso que aconteceu na madrugada de 24 para 25 de abril de 1974.

Portugal saia de um regime que nunca foi o que lhe apelidaram e começou um novo ciclo político, virado para o progresso, onde o contrato social ganhava mais significado para todos.

Hoje somos, sem banais generalidades, um país contemporâneo, com qualidade de vida e que, com as dificuldades que conhecemos, perspetivas e oportunidades de futuro à disponibilidade de todos.

Mas voltemos à frase de Salgueiro Maia: “o estado a que chegámos”. O Sporting vive atualmente um dos mais negros momentos da sua história.

Um Presidente, com a ajuda de um exército de menores e outros iletrados, que tenta impor um regime, uma refundação, um novo Clube.

Em cinco anos de regime, muitos são os episódios que nos envergonham, que são motivo de chacota para com os nossos amigos e com o Sporting além fronteiras.

Bruno de Carvalho não percebe nem quer perceber. Os autistas têm este comportamento. Não são uma tábua rasa à espera de ser esculpida e evoluir com o conhecimento que se adquire diariamente. Bruno é obtuso. E quando assim é, não é de estranhar estes comportamentos que são notícia de forma periódica.

Não gosto de ver estas fugas de SMS´s nas capas de jornais, não gosto de ver contadores em programas de televisão a contar os dias para a saída do Presidente, não me cria qualquer vaidade ou gozo assistir a comentadores que destratam e até ofendem o atual Presidente, recorrentemente, vinte e quatro horas, nos mais diversos meios de comunicação.

Mas como todos sabemos, comportamento gera comportamento, e depois de se lançarem intifadas contra a comunicação social, magistrados, políticos, agentes desportivos e outros profissionais, o mais evidente seria estar à espera da reação.

Ontem, um página na rede social Facebook, usurpou o nome de um movimento, Rapaziada, e começou a publicar excertos de conversas entre jogadores e o Presidente e as fotos de jogadores. A verdadeira “Rapaziada” já se colocou à margem de tal comportamento, e como é óbvio, é mais que evidente que tal página, mais uma, é da mesma linha e dos mesmos criadores da Sporting Fans, Pasquim do Ti Tonho, Cigano de Alvalade, Chamuças da curva sul, e os Blogs Mister do Café. Tudo trabalha no mesmo piso, a toque de caixa e com as ordens dos mesmos peixes comensais que todos conhecemos já há vários anos. Digamos que há uma network de anormais que se alaparam no Clube, que são pagos pelo Sporting e que não o defendem, mas que trabalham, única e exclusivamente para a imagem de uma pessoa, o Presidente Bruno de Carvalho.

Posto isto, e depois de mais uma anedota escrita de Nuno Saraiva onde identificava Bruno de Carvalho como o Messias, o Sebastião do Futebol Português, o Homem que poderia fazer o 25 de abril do nosso desporto rei, parece evidente que com todos estes episódios, é tempo de perceber que necessitamos é de um Salgueiro Maia e de mais uns Capitães para acabar de vez com este estado de sitio.

O Sporting vive vergado em vergonhas sucessivas. Entregue a um desequilibrado que  não mede as consequências e que só conta com a sua (pouca) inteligência.

Quando se queimam e desvalorizam ativos como os jogadores nos meios de comunicação social, quando tudo se faz para retirar dignidade a atletas com décadas de Sporting, como Rui Patrício, William Carvalho e Gelson Martins. Quando os Sócios que criticam são “indignos e ingratos”. Meus caros é tempo de agitar e acabar com este desnorte.

O estado a que chegámos, como o nosso país em 74 é da nossa total responsabilidade. Nós Sócios, os que permitiram serão os que vão acabar com este vergonhoso circo que diariamente nos diminui, retira o foco dos problemas dos rivais e nos ridiculariza no mundo do desporto.

O Sporting é hoje uma instituição em total processo de lampionização em curso.
Os que querem continuar o PLEC, respeito, mas acredito que seremos muitos mais os que querem o verdadeiro Sporting de volta.

O tempo é mestre!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:19

Classe

por Trinco, em 13.12.17

disease-tooth-loss-1.jpg

 

A classe de mais de 3 dezenas de comentários pendentes (fora outros entretanto eliminados) na nossa caixa de comentários no ultimo ano é algo que encheria de orgulho o mais empedernido taberneiro grunho.

 

Alguns exemplos seleccionados, ipsis verbi e com a autoria tal como declarada, omitindo a identificação de IP:

 

Escumalha é a putazinha que o pariu bolinha baixa o Mustáfa tratava de ti em 30 segundos

alface batatinha

 

tik tak tik tak tik taktime is running...the end is coming...abutres mascarados nao obrigado!foram sao e sempre serao uns porcos miseraveis e desdentadosdá um abraço ao porco do l.bernardo por mim...

sporting sempre S

 

Comissão de honra??? Quéésssaaa merda??? lolololE ao City Lion não lhe fez só um manguito, meteu-lhe o dedo todo no cu.Hehehehehe, tristes do caralho que não tem onde cair mortos.

BdC

 

MUUUUAHAHAHAHAHA!!!!O city lion???? A sério??? Não arranjam melhor que um rato de teclado???É pá, acorda para a vida, este triste nem 10% dos votos tem.E se não acordares agora acordas em Março, ou até antes...

BdC

 

Infelizmente a mãe do PMR á 45 anos atrás não o pariu, simplesmente cagou-o.

Paulo Sérgio Silva

 

Mas que grande merda de post, só podia ter sido escrito por um merdas de um lampião de merda.

BdC

 

Deves estar com uns cornos do tamanho do pinhal de leiria... Hahahahaha.És noves fora nada, vai passear o city lion à rua, mas põe-lhe um açaime para ele não morder em ninguém.

BdC

 

Deplorável és tu filho de uma granda puta.Aziado do caralho, deves estar com uns cornos maiores que a feira da luz lampião de merda.

BdC

 

HAHAHAHA!!!Foda-se, mas que alcoviteira de merda, ao que tu te prestas.Arranja uma vida caralho, faz, diz ou escreve alguma coisa de útil a alguém que se preze.Agora isto? Isto é só merda pá, isto só interessa a ranhosos como tu.

BdC

 

pobre blogue de croquetes nem para limpar o cu serve

Desconhecido

 

vão lamber o cu ao PMR não valem 10% BDC forever como diria o vosso idolo o JEB

Desconhecido

 

quando voces roubavam era bem melhor

Desconhecido

 

sem nada para fazer na vida estão os croquetes pobres diabos nem 10% tiveram carrega BDC rumo aos 100% vão foser croquetes

Desconhecido

 

vão lamber o caralho ao PMR cambada de croquetes nem 10% valem

Desconhecido

 

Bom era o Maurício do Vale que bela mesada o projecto roquete lhe pagava vão-se foder !!!

Desconhecido

 

o vosso mal é falta de foder cambada de anormais

Desconhecido

 

os croquetes não percebem que já ninguém os quer de volta 9,1% para o pateta do PMR não deu para perceber cabrões de merda !!!

Desconhecido

 

Sem mais comentários!

 

 

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:19

Mais um...quizz

por Trinco, em 27.09.17

quizz-21.jpg

 

O homem que preside ao Clube que aconselha por SMS os humildes associados a não chegarem atrasados a um evento de lazer, não se coibiu hoje de se atrasar 45 minutos (menos mal, que o ano passado, na recepção nos Paços Concelho, no Machico o atraso foi de mais de 1 hora) a um compromisso profissional.

 

Uma função para a qual é remunerado apesar de a exercer em regime condicionado pelos constantes castigos a que se sujeita.

 

Eles que esperem dirão muitos, rapidamente assumindo as dores dele.

 

Desculpar-se-ão com o transito, com consultas de obstetricia ou com as inúmeras decisões que se obriga a tomar diariamente, privado de sono pela sua anunciada jorna de 24 horas.

 

Mas o quizz, versando o almoço, não diz respeito às razões do atraso.

 

Cá vai.

 

Será verdade que a "directora de uma coisa que não se sabe bem o quê" e sua amada esposa o acompanhou?

 

Sendo "directora de uma coisa que não se sabe bem o quê",  e esticando o conceito esposa do presidente, não seria algo completamente inusitado, mas:

 

Será que a "directora de uma coisa que não se sabe bem o quê" se apresentou num acto profissional e institucional de fato de treino e ténis? (quanto se gozava, quando ainda podiamos, com os "fátetrêne" dos outros...)

 

E será que perante isto a comitiva do Barça ameaçou abandonar o restaurante?

 

E será que, tendo acedido a permanecer, ainda tiveram que ouvir o discurso final de Azevedo de Carvalho em que nada mais brilhante se lembra de afirmar que o Sporting e o Barcelona teriam muito em comum, desde logo o facto da nada terem ganho na época que passou?

 

Já sei! Isso não me interessa nada desde que se ganhe...Sejam felizes. E se fosse apenas e só para ganhar, a qualquer custo, seguramente não seria Sportinguista.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:31

1f9.jpg

 

 

Ontem foi tornada publica uma gravação de uma conversa entre Bruno de Carvalho e um conjunto de jornalistas. Durante três horas o sumo que se retira é uma enorme pipa de banalidades, de ataques, de autoelogios e acima de tudo, de um nível tão raso que não compreende a grandeza do cargo e da Instituição que representa.

 

O que se ouve durante três horas de conversa de balcão, numa qualquer taverna de uma localidade à beira-mar, é assustador e sintomático do carácter (ou falta dele) da pessoa que dirige o Sporting atual.

Chama a Ele a responsabilidade das melhores contratações, nega perentoriamente as que falharam e chuta responsabilidades para outros, apelida os Sócios de “estúpidos” e a cereja no topo do bolo é o desprezo com que encara a Gala, que ele criou, e como tal, se considera dono e senhor da mesma. Nada de novo, sempre confundiu as competências do cargo que ocupa com a forma de gerir um pequeno negócio numa qualquer garagem em Telheiras. Este estilo pato-bravo levou a muitas falências, esperemos para ver o impacto que terá no futuro do nosso Sporting, o lucro aventado hoje, ao contrário do que se festeja, revela que continuamos no mesmo registo que este Presidente combateu, vivemos de lucros de vendas, na sua maioria jogadores formados internamente, projeto esse abandonado de forma clara com a entrada de Jorge Jesus, e pelos vistos, com toda a conivência do Presidente, que acha “estúpidos” todos os que pensam que se ganham títulos com os jogadores de Alcochete. Tem toda a razão, não se ganha só com estes, mas pelos vistos não temos ganho com nenhuns, e o que Alcochete nos tem oferecido nos últimos anos é encaixe financeiro, a relembrar só alguns nomes: Ronaldo, Quaresma, Viana, Nani, João Mário, Cédric, Illori, Bruma, entre tantos outros.

 

Mas como em tudo na vida existem os danos colaterais deste estilo e desta boçalidade. Assistir a “ilustres” que defendem este Presidente, só me leva a pensar que estamos perante um ato de desespero, há fome em Portugal. Pina, Dolbeth, Saraiva, entre outros, na defesa cega deste Presidente não compreendem que se estão a reduzir a um estado de falência intelectual tão grande e tão grave, que no dia que todo este fraco edifício azevediano cair, todos irão seguir o mesmo destino. E quem sabe, e assim espero, para sempre longe e afastados do Sporting. Não o servem, servem-se, e gente desta estirpe faz tanta falta como a fome.

 

Em conclusão, que pouco há a escrever sobre este tema, deixo somente para pensamento o hipotético cenário de uma hecatombe cada vez mais próxima e cada vez mais evidente. Os rivais estão a arrumar a sua casa, nós estamos em clima de guerra declarada, internamente e no panorama externo, contra tudo e contra todos. Vamos ter que vender, vamos voltar a comprar por atacado e em mercados que oferecem jogadores de qualidade duvidosa, e claro, vamos para mais um ano zero onde vamos superar novamente o nosso recorde orçamental.


Admito que muitos Sócios defendam esta direção. São praticamente os mesmos que defenderam Godinho Lopes até à exaustão. É assim, é muito fácil apoiar o poder. É preciso coragem, dignidade, frontalidade e uma espinha dorsal bem definida e hirta para criticar. O futebol é feito cada vez mais de gente sem pinga de valor. E cada vez mais feito de gente que abusa da pinga!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:55

Em jeito de novela gráfica e sem grandes comentários.

 

Sobre a responsabilidade no Futebol

 

Imagem 004.pngPrograma de candidatura de Azevedo de Carvalho em 2013

 

Imagem 005.png

Programa de candidatura de Azevedo de Carvalho em 2017

 

Sobre a campanha "carrega no JJ"

 

Imagem 012.pngBlog avençado a 24/02/2017

 

Sobre Futsal

Imagem 008.pngwikiSporting

Sobre o Nuno Dias

Imagem 007.png

wikiSporting

 

Sobre o Pavilhão

Imagem 010.pngAnexo presente na carta da FICOPE a 7/05/2015

Imagem 011.png

 

Noticia no Record a 14/08/2016

Imagem 009.png

 

 

Noticia no Record a 22/02/2017

18199508_1829103994076072_820105536085759003_n.jpg

 

Foto a circular nas redes sociais de 06/05/2017

Sobre o Pavilhão e Gala (cujos convites já foram enviados e alguns recebidos com o Coliseu dos Recreios como local)

Imagem 013.png

Noticia no Record a 16/01/2017

 

Sobre a data Gala que celebra o aniversário do Clube (cujos convites já foram enviados e alguns recebidos com data do evento para 30 de Junho)

Imagem 006.png

Estatutos do Sporting Clube de Portugal

Sobre o casamento de Azevedo de Carvalho

Imagem 015.png
Noticia na TvMais a 21/03/2017

 

Enquanto isso...

600.13409395.jpg

Troféu de vencedor da Liga

Há um clube, objecto principal do foco do Clube que vai receber o 4º troféu em outros tantos anos, coincidentes com ainda outros tantos anos de presidência de Azevedo de Carvalho

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:19

Os limites

por Trinco, em 22.03.17

infinito.jpg

 

Num misto de falta de disponibilidade e falta de pachorra para este Sporting, tenho-me higienicamente afastado de abordar o que vou entrelendo e entreouvindo nas noticias.

 

Isso não é contudo suficiente para me impedir de perceber que os limites continuam a ser pulverizados. Foram os desportivos, foram os da fabulação, foram os da lábia, foram os do enxovalho e agora são os do disparate (vamos lá usar um adjectivo mais redondinho para não ferir susceptibilidades)

 

Da distante Costa Rica, onde inaugura mais uma academia numa cidade com uma população que não enche o nosso Estádio, Azevedo de Carvalho disse:

 

Desde que aqui cheguei que já ganhei dois pontos face aos rivais, por isso tenho de ficar mais duas semanas para chegar a outra classificação

 

Ou seja, Azevedo de Carvalho ganha pontos, o Sporting perde-os. Fica-se também a saber que os jogos com Arouca e Boavista poderão não valer os normais 3 pontos.

 

Não contente, afirmou ainda:

 

Em 110 anos não vi um presidente preocupado com a nossa identidade

 

Ou seja, os fundadores e todo o passado de glória é, mais uma vez, esmagado perante a presença de tão grande vulto Sportinguista, guardião e patrono de toda a essência fundamental e reinventada do Clube. Um pouco, um pouco não, muito, muito mais decoro por favor.

 

Por cá, embalado porventura pela narrativa da 1ª citação, um avençadus superioris (que difere do avençadus regularis por ter acesso a determinados círculos mais reservados de briefing) com tempo de antena no canal do Clube, onde, protegido e despudoradamente funciona como caixa de ressonância e correia de transmissão das mensagens dos seus superiores, acusa de forma falsa e grave, sem que até agora se tenha retractado, terceiros, com aliás também faz num blog igualmente patrocinado e onde exerce as mesmas exactas directivas, consegue com cara angelical dizer que:

 

Este campeonato ainda falta muito para decidir e eu, apesar de estarmos a 10 pontos da liderança, ainda alimento uma pontinha de esperança...e o que me faz alimentar a esperança é que sinto que estamos a crescer em rendimento.

 

Já outro avençadus, neste caso um avençadus supremus, que exerce papel de relevo na estrutura do Clube, resolve baralhar o profissional com o pessoal e recusando o mandato, assume as dores e oferece-se para o frete de responder a (...drumroll please...) cronistas sociais. Que se alimentam exactamente destas questiúnculas inúteis. No fundo, inter pares, um troll a alimentar outros trolls.

 

Como se não bastasse, e até prévio a isto tudo, os responsáveis do Sporting, após terem publicamente entregue o titulo de campeão das queixinhas ao rival, resolvem reagir a um comunicado deste com (...drumroll again, please...) uma queixa.

 

A conversa da citação do Einstein que Azevedo de Carvalho tanto gosta? Pois...

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:00

A classe

por Trinco, em 03.03.17

...ou falta dela!

(apenas dois exemplos da nossa caixa de comentários que por questões óbvias não serão aprovados mas que merecem ser expostos de outra forma)

Imagem 005.png

 

P.S. E ainda temos conhecimento de ameaças veladas de agressões a pessoas que se afirmam contra o actual presidente e o actual rumo caso sejam vistas em Alvalade a exercer os seus direitos amanhã (que por questões óbvias de protecção às mesmas não revelaremos)

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:04


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Sobre

Sobre o Sporting, com verdade, exigência e espírito critico. Sem reverencias nem paciência para seitas!






Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D