Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



O tempo e as vontades

por Trinco, em 29.05.18

quadro-mudam-se-os-tempos-moldura.jpgO essencial é e sempre será dar a voz aos Sportinguistas e acreditar sempre na sua capacidade de decidir o que é melhor para o Clube

As insinuações de eventual impugnação da Assembleia Geral Extraordinária por parte da direcção só vem evidenciar um conjunto de manobras dilatórias para tentar evitar dar voz aos sócios, o que é indigno e inadmissível numa instituição como o Sporting Clube de Portugal

Perante este estado ditatorial e antidemocrático que se quer instaurar no Sporting Clube de Portugal, não podemos ficar calados e temos que manifestar bem alto a nossa indignação. Apenas exigimos que se cumpram os estatutos, pois não é admissível que estes a mando de quem manda impeçam que a MAG cumpra o seu dever e obrigação com os sportinguistas

Na AGE, os sócios decidirão aquilo que entenderem o que é melhor para o Clube, assim lhes seja dada a oportunidade, que por direito próprio é sua, e que a mesma seja marcada tendo em conta que o prazo de 30 dias não se inicia na data de confirmação da documentação por parte dos serviços, mas sim na data da entrega do requerimento

O Sporting é dos sócios e ninguém os calará

 

Bruno de Carvalho em 22 de janeiro de 2013

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:46


2 comentários

De Anónimo a 29.05.2018 às 20:50

Um hipócrita sem vergonha!!!

De Marco Matias a 04.06.2018 às 01:58

"O Presidente da Mesa da Assembleia Geral deverá ter, pelo menos vinte anos de inscrição ininterrupta como sócio efectivo A, e ter pago ininterruptamente, pelo menos nos últimos vinte anos anteriores à data de eleição, as quotas de valor máximo do escalão de base."

Será que a Elsa Judas pagou ininterruptamente, pelo menos nos últimos vinte anos anteriores à data de eleição, as quotas de valor máximo do escalão de base?

Pelo que sei, não... tenho os cadernos eleitorais de 2009 e 2013 e o nome dela não aparece. Logo, não tinha as quotas em dia em pelo menos 2 actos eleitorais. Logo não pagou ininterruptamente pelo que não pode desempenhar as funções.

Já agora... parece que no início do século, também se "esqueceu" de pagar as quotas da Ordem dos advogados e foi por isso suspensa de exercer advocacia durante um ano.

Comentar post



Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Sobre

Sobre o Sporting, com verdade, exigência e espírito critico. Sem reverencias nem paciência para seitas!






Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D