Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Hipnose colectiva

por O 6º Violino, em 07.09.17

foto-benny-hinn-1.jpg

Com o aparecimento de várias seitas e religiões nos finais das últimas décadas do século passado, imagens deprimentes já se tornaram vulgares e passaram a ser actos normais. Charlatões que se aproveitam, na maior parte das vezes da pobreza, da doença e das fragilidades alheias. Todos eles enriqueceram à conta dos dízimos e das ofertas dos desesperados. 

Fazendo o paralelismo para o Sporting, temos como ponto de partida o legado de Godinho Lopes. Godinho "matou" à fome os adeptos do Sporting. O Sporting ficou doente, quase em estado terminal. 

Bruno Miguel (como gosta de ser tratado por Azevedo,não o vou fazer) entra em Alvalade e torna-se um populista, como já antes tinham sido Jorge Gonçalves, Sousa Cintra e Santana Lopes. Os sócios do Sporting sempre tiveram "jeito" para escolher Presidentes. Mas foram sempre escolhas livres, e creio que em consciência. Ou porque não havia melhor, e no caso das últimas eleições, o então candidato Madeira Rodrigues mostrou-se mesmo muito fraco, e assim continua, a cada aparição.

No fundo, o não aparecimento de uma alternativa credível fez com que o Bruno Miguel se ache dono do Clube, e pense que está autorizado a fazer tudo. O último show televisivo que deu mais não é a continuação do que tem sido a sua actuação ao longo destes anos. 

Bruno Miguel usa literalmente a televisão do Clube para se "vender", para que o seu pão continue a ser ganho. Bruno Miguel faz dos seus entrevistadores meros bonecos. E eles parecem gostar, o que me faz alguma confusão. No caso de Rui Pedro Mendonça, um jornalista que sai da SportTv e quase que é tratado como um cão, faz-me mesmo confusão. Só faltou sentar e "dar a pata". 

No fundo, Bruno Miguel, como disse, para além de ter sonhado ser Presidente aos 6 anos, também sonhou ser jornalista. Creio que não era para fazer as figuras que fez passar o Rui.

Acrescento eu que Bruno Miguel também deve ter sonhado ser humorista. Na realidade o Sporting está cheio de sonhadores. O José Pina e o Quadros também gostavam de o ser. Por isso estão todos juntos a ver se sai dali algum.

Bruno Miguel continua a ser uma caricatura de Presidente. Podia ter aproveitado para explicar o aumento da massa salarial do staff do Sporting, bem como a entrada do já famoso "trio do gin". Ao contrário, serve-se da televisão para, fazendo a figura patética do costume, justificar-se perante quem lhe paga principescamente. 

Bruno Miguel gosta de fazer-se de ofendido,e mais uma vez, numa actualização do seu Spotify, voltou a insultar todos os sócios que não lhe prestam vassalagem, ora porque não precisam, ora porque estão fartos das suas "labreguices" constantes.

O Bruno Miguel não aprende. Nem quando o Clube tem um evento histórico decorrente da inauguração do almejado pavilhão consegue fechar a boca. É mais forte do que ele. E não vale a pena invocar a família, por várias razões, porque já o fez muitas vezes (e já são várias as suas famílias), e porque continua a permitir que familiares seus continuem a insultar Sportinguistas nas redes sociais. Quem mistura família com o Clube é o Bruno Miguel. Quem dá tachos a familiares e amigos é o Bruno Miguel. Quem paga para ofender e perseguir sócios é o Bruno Miguel. Depois aparece com uma enorme lata. São assim os Maduros e outros lideres que adormecem e hipnotizam o seu povo. 

O despertar da hipnose leonina vai ser violento, acredite, Bruno Miguel. 

SL

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:13


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Sobre

Sobre o Sporting, com verdade, exigência e espírito critico. Sem reverencias nem paciência para seitas!






Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D