Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Este texto é uma perda de tempo

por Lizardo, em 23.05.18

Waste-of-time.png

Quem escreve sobre o Sporting, pode numa primeira ideia considerar que há muito para dizer, mas na realidade não existe conteúdo que seja novidade.

Os tempos que estamos a viver vêm sendo vaticinados por um grupo de Sócios há vários anos. Que se note, não se adivinhou a tempestade quando começou a trovejar, ou como o saudoso João Pinto, “só depois do jogo”. Desde os primeiros tempos, as primeiras declarações, as primeiras decisões desta Direção que era evidente o desfecho de falência e de violência que estamos agora a viver.

A situação é grave. Muito grave. Bruno de Carvalho continua alegre de harpa na mão enquanto o Sporting arde a bem arder.

Um Clube pobre financeiramente, de rastos na notoriedade e dividido na sua família. A juntar a tudo isto a sempre comum ausência de títulos associados a um despesismo sem critério e sem projeto. Eis o Sporting liderado por Bruno Azevedo de Carvalho.

Os próximos dias trarão somente mais lenha e combustível para o incêndio que lavra descontrolado com um Bombeiro, que assiste, impávido e sem coragem para o atacar, nem que seja com a estratégia mais comum nos grandes fogos, usar o fogo para combater o fogo.

 

Chegamos a um ponto sem retorno. Quem se passeou pelo Vale do Jamor no passado domingo sentiu isso mesmo. A grande maioria dos Associados não está com esta direção. Fartos, envergonhados, desolados e revoltados com tudo o que se está a viver e com o estado em que colocaram um Clube centenário e que sempre se pautou pelos mais nobres e cordiais comportamentos e ações. O Sporting de Bruno Azevedo de Carvalho é um Clube sem eira nem beira. Um Clube com síndrome de Tourette, uma instituição entregue a gente que não tem qualquer capacidade para o representar.

Não restam muitas dúvidas sobre o desfecho deste pesadelo. A principal é o quando. Quando acabará tudo isto? Pois é evidente que Bruno Carvalho e todos os que o seguram na presidência serão destituídos, expulsos de Sócios e muito provavelmente terão que responder na Justiça sobre num vasto e longo processo de várias acusações.

 

O Sporting uma vez mais resistirá, uma vez mais se irá erguer. Mas o preço a pagar será muito grande e durará com toda a certeza muitos anos.

Os grandes culpados? Nós, os Sócios. Os que apoiaram este desnorte. Os que se serviram do Clube e os que sempre e ainda hoje se rebaixam ao ridículo de defender gente que não tem defesa possível.

 

Agora voltou Inácio, chegarão contentores de novos atletas, começará a escolha de um novo treinador, de Scolari a Sá Pinto, de ilustres desconhecidos a Luis Fernandez e Wenger, tudo valerá para voltar a hipnotizar os Sócios e Adeptos. A bem da verdade, quem anda neste mundo do futebol há muitos anos, sabe e sabe da pior forma, venha quem vier o desfecho será inevitavelmente o mesmo. Os adversários a comemorar e nós em conflitos internos a identificar culpados isentando de culpas os verdadeiros criminosos.



Bruno de Carvalho não é somente o pior Presidente da nossa história. É o pior dirigente da história do desporto em Portugal.


Como é evidente, passadas estas linhas, tenho que pedir desculpa aos leitores. Não há uma única novidade. O mesmo de sempre que perdura e se alastra no tempo. Somos vitimas da estupidez e da má-formação. E enquanto existir gente que se sente bem neste clima e nestes estados, o Sporting nunca, jamais será um Clube vencedor.

O tempo urge. Bruno cairá. E nesse dia, será já tarde de mais!




Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:05


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Sobre

Sobre o Sporting, com verdade, exigência e espírito critico. Sem reverencias nem paciência para seitas!






Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D