Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



"Brunose"

por O 6º Violino, em 12.03.18

15873363_727951217367669_3607120287794002980_n.png

Por vontade própria e por afazeres profissionais, tenho-me abstido de escrever sobre o nosso Clube. Há tanto por dizer que o difícil é saber por onde começar. Talvez pela ordem cronológica de alguns acontecimentos recentes.

Este Blog foi citado por Bruno Miguel e seus lacaios como parte de uma lista negra de alvos a abater.

Fique Bruno Miguel descansado que a citação não nos fará mudar uma virgula em tudo o que achamos que devemos escrever na defesa intransigente daquilo que acharmos ser os superiores interesses do Clube. É perder tempo.

Vindo de quem vem também não é um motivo de orgulho, apenas completamente indiferente.

Passemos então à Assembleia Geral. Bruno Miguel fica na história do Clube por ter sido o primeiro presidente a fugir de uma Assembleia Geral. E fugiu porque sabia que as suas propostas não iam passar com a necessária percentagem de votos.

Fez a sua habitual cena de teatro com a colaboração do inenarrável Marta Soares, que foi literalmente o seu bombeiro.

Já não existem palavras para definir Marta Soares.

A segunda Assembleia Geral é transformada por Bruno Miguel numa Assembleia "semi-eleitoral", organizada de forma atabalhoada e amadora, onde a contagem dos votos foi a cereja no topo do bolo. Numa sala fechada sem ninguém a ter acesso, os números davam aquilo que Bruno Miguel quisesse. 

Bruno Miguel fez aquilo que tanto criticava em Godinho Lopes, contactar os Núcleos do Sporting e organizar excursões de sócios para fazer número. Sim, número, porque 90% não faz a mínima ideia no que estava em causa, e prova disso são as dúvidas levantadas por grupos com décadas de existência, como os Stromp, Cinquentenários, entre outros.

Mais uma vez Marta Soares, a mando de Bruno Miguel, fez algo que nunca aconteceu na história das assembleias do Clube, passar o período antes da ordem do dia para o final da Assembleia, não permitindo discussão sobre o que ia votar...

É um momento de hipnose em que os sócios nem querem saber no que votam, parecem vidrados num qualquer líder de ceita religiosa.

Uma curiosidade: um sócio, de nome Fernando Santos quis intervir com sentido critico e foi prontamente vaiado e ameaçado, tendo Marta Soares dito mais do que uma vez que o mesmo não tinha condições para falar, quando é Marta Soares que tem obrigação de criar essas mesmas condições, mesmo que o sócio fosse para o púlpito dizer disparates. 

É um Clube a sofrer do vírus "Brunose", um Clube cada vez mais populista e pimba, onde basta um "Benfica é merda!" para que a populaça fique em êxtase. 

A mesma doença que faz com que se aceite que nomes de sócios com décadas de associativismo sejam enxovalhados através da televisão do Clube, a mesma doença que permite que um Presidente tenha um discurso de 30 minutos de uma Assembleia a atacar sócios que não lhe prestam vassalagem.

O Sporting está gravemente doente, e tenho para mim que a "Brunose" faça do Clube um doente em estado terminal.

SL

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:50


1 comentário

De Kim do Parquet a 12.03.2018 às 20:59

Enquanto se puder falar de emails, vouchers e toupeiras haverá desculpa. Só que depois desse escândalo, virá o Vale e Azevedo verde. E vamos ver se o Benfica, numa tentativa de disfarçar a coisa, não se tenta mexer para o Azevedo ser desmascarado o quanto antes. Apesar de tudo, se calhar neste momento até daria jeito...

Comentar post



Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Sobre

Sobre o Sporting, com verdade, exigência e espírito critico. Sem reverencias nem paciência para seitas!






Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D