Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Da auditoria ao circo

por O 6º Violino, em 11.04.19

rico pobre 002(1).jpg

Foram ontem conhecidos pormenores relativos à auditoria forense mandada fazer pela Comissão de Gestão, e que segundo o ex-responsável das finanças, Carlos Vieira, também já estaria pensada (não concretizada) pela anterior e destituída direcção.

Considero que os dados de uma auditoria serem dados a conhecer (independentemente de não saber a fonte) pela comunicação social não me agradam pessoalmente, da mesma forma que a anterior direcção fez em 2015 com o beneplácito do jornal Expresso, quiçá através do antigo colaborador Bruno Roseiro.

O destituido presidente fez da auditoria de gestão às anteriores direcções uma bandeira eleitoral. Da mesma resultaram expulsões de sócios sem passarem por Assembleia Geral, e zero condenações judiciais. Em frente.

Vejo muita indignação pela forma como veio a público a auditoria. A mesma que vi nos adeptos benfiquistas relativamente à divulgação de mails privados. Nada de novo em relação aos pesos e medidas, mas isso será do foro da consciência individual de cada um. Dos poucos que têm.

Defendem que a auditoria deveria ser apresentada em Assembleia Geral. São os que vão fazer espectáculo circense às mesmas, os que fazem twits ao segundo sobre o que se passa nas A.G.'s, os que nunca vão, ou os que nem sócios são? Ou são só parvos?

Sobre o conteúdo geral da auditoria, poucas novidades em relação ao que já aqui escrevemos há alguns anos. No fundo é apenas a confirmação do deslumbramento de alguém que nunca foi nada na vida e que se viu rodeado de dinheiro por todos os lados, qual ilha. Ando há anos a pedir a publicação de declarações de IRS do destituído de 2011,2012...quem não deve...

Entregue à Policia Judiciária, caberá a esta verificar da existência ou não de matéria criminal.

Como sócio do Clube aguardo, mas as conclusões que tiro são relativas à gestão. Indecorosa, irresponsável, "criminosa". 

Carlos Vieira, também responsável pela barbaridade da gestão carvalhista, fala numa gestão que deu lucros. Facto. Como facto é que a mesma sempre foi desequilibrada entre receitas e despesas e que foram sustentadas por vendas de activos (receitas extraordinárias), os quais não eram orçamentados. Uma receita já utilizada pelas gerências anteriores, nada de novo, para quem falava em "gestão de excelência". Dos activos vendidos então, apenas Slimani foi aquisição da anterior direcção. 

Caro Carlos Vieira, não digo que enriqueceu com o Clube, porque casou-se bem, mas escusa de com o seu ar arrogante meter tanta palha à frente dos Sportinguistas. Não seja sonso.

Mas a reacão de Carlos Vieira foi apenas uma das patéticas destes dois dias, senão vejamos:

A reacão da YoungNetwork foi ao estilo do destituído, brejeira e trauliteira, tentando esconder a sua também e maioritariamente responsabilidade na criação de perfis falsos nas redes sociais, que culminaram com ataques pessoais e exposição de dados pessoais de sócios. Por falar nisso, o João Capitão ainda é funcionário dessa empresa? João Duarte, qual Pilatos, tenta descredibilizar a auditoria por causa de um tal Paulo André ter feito parte de um Conselho Fiscal da SAD do tempo de Godinho Lopes...lapso, ou não, não é o mesmo que fazia parte das Listas do destituído como candidato a vice do também Conselho Fiscal (Clube), então com o nº de sócio 58938? E não foi o João alertado para isso, quando em 2013 trabalhou a campanha do destituído para receber pela mesma mais tarde?

Caro João Duarte, mais tino, menos desatino...

José Ribeiro, ex-jornalista do Record, ex-funcionário do Sporting, lamentavelmente ainda sem trabalho conhecido, continua a cavalgar nas ondas do Carvalho, fazendo a defesa acérrima do ex-patrão. 

Zé, dali não vais comer mais nada...

Carlos Padrão, nunca foi Sportinguista, nunca jogou pelo Sporting, nunca foi sócio, apenas amigo de Jorge Jesus (será que também lhe tocava algum tacho?), apenas se sabe que por Angola as coisas não lhe correram bem. Mas que grande azia que o homem tem. Tão bom como homem como foi como guarda-redes.

Carlitos, fala com o JJ para ires para um qualquer país árabe...

Os ex-novos ricos viram já duas vezes os sócios do Sporting rejeitarem a sua vida faustosa. Lamentavelmente terão de se fazer à vida e procurar uma nova fonte de rendimento. A fonte secou, rapazes! Procurem um novo Batuque (estes não se queixaram de nenhum calote, curiosamente).

P.S. : Podem novamente encher a caixa de correio com insultos. Não vos responderei a perguntar pela saúde das vossas mães.

Um dia destes publicamos os vossos miminhos.

SL

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 13:26

Ressacar de Sporting

por Lizardo, em 04.04.19

5970bd1634756232824f68fe3b6bb725-783x450.jpg

 

 

Que saudades. Que saudades do Sporting. Daquele Sporting que unido dá espetáculo na bancada, que puxa pelos jogadores. Aquele Sporting que dá tudo para vencer os que consecutivamente nos têm vencido nos últimos anos. Aquele Sporting que vence, aquele Sporting que depois de vencer dá o palco aos atletas, treinadores, Sócios e Adeptos.

Estava a ressacar de Sporting. E que bom foi ontem estar em Alvalade. Uma curva sul cheia, unida, a puxar pelos nossos, bancadas centrais de pé a saltar e uma norte cada vez mais ativa e mais emotiva.

Que bom que foi ontem estar em Alvalade. Que bom que foi ver Bruno Fernandes, que bom que foi ver um Gudelj a limpar tudo, que bom que foi ver a explosão de raiva positiva aquando do magnifico e histórico golo de um dos melhores jogadores de que alguma vez já vestiram de verde e branco.

Ontem foi a prova que unidos venceremos. Este eterno cliché que tanto se usa e abusa em tantas disciplinas, da família à política, das empresas ao desporto, mas é a mais pura das verdades.

Ontem não se falou do passado, ontem tudo foi presente para melhorar o futuro. Ontem não se vislumbraram manifestações e nem um vídeo estupido foi feito dentro de um qualquer carro a ofender e difamar Sócios, Atletas e membros da Direção. Ontem fomos todos Sporting.

E quando somos todos Sporting o caminho torna-se mais fácil. A recompensa é sempre melhor. Mostramos a nossa real força, somos educados, somos melhores, somos mais fortes, somos um exemplo. E ser um exemplo foi sempre o que me orgulhou ser do Sporting.

Ser um exemplo é ser do Sporting exemplar. Ridicularize-se os que continuam a provocar ruído, inconsequente mas cansativo. Ridículos, ignorantes, sem passado no Clube e sem futuro.

Sem futuro porque ontem ficou claro que o Sporting está de volta. O Sporting, aquele, o exemplar.

Ontem matei a ressaca, que grande Sporting, que grandes Sócios e Adeptos, que grande entrega dos Jogadores, que grande leitura dos Treinadores e que grande reflexo do trabalho dos que trabalham e querem voltar a erguer este nosso amor.

Ontem matei a ressaca, mas hoje já estou a ressacar para mais um fim-de-semana de grandes emoções em Alvalade e no João Rocha. Que seja melhor, sempre melhor, porque os grandes são sempre os que crescem.

Ontem morreu o passado recente de vez. É tempo de exigir futuro.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:58


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Sobre

Sobre o Sporting, com verdade, exigência e espírito critico. Sem reverencias nem paciência para seitas!






Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D