Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Tranquilidade

por Trinco, em 03.07.15

calendario.jpg

 

No principio de Maio, ainda com a época por terminar, dizia o presidente num misto de angústia e desespero: "Não sei que orçamento terei na próxima época", condicionando-o à entrada ou não na Champions League.

 

E dizia-o num tom especialmente gravoso. Dizia-o tentando responsabilizar o antigo treinador por esse facto, evitando assumir a gestão normal dessa contingência que faz parte do regular desenvolver das épocas desportivas.

 

E por extensão, responsabilizava também o anterior treinador, de causar por isso, um estado de inacção na preparação da época e nos ataques ao mercado.

 

Ontem, a pouco mais de um mês do 1º jogo oficial, numa calma e serenidade pouco naturais, dizia que o novo treinador se iria primeiro inteirar dos recursos disponíveis, decidir as posições a reforçar e que só depois se iria atacar o mercado.

 

Obviamente, acredito tanto nisto como, no 1º contacto com o actual treinador ter sido feito 48 horas antes da sua apresentação, ou já não tenham havido fortes abordagens a alguns jogadores (como foi o caso do Danilo Pereira).

 

Não aprecio é a inversão da teoria do caos na teoria da tranquilidade sem que nada de substancialmente relevante para o caso e para a preparação da época tenha acontecido.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 15:01


2 comentários

De Leão Zargo a 04.07.2015 às 16:00

Trinco

Essa passagem repentina da “fase de contenção” para a “fase de expansão” não foi devidamente explicada aos sportinguistas. Creio que, a sério, ninguém a entendeu e os crentes limitam-se a proferir alguns lugares comuns.

Ocorre-me que BdC é uma espécie de marioneta nas mãos dos credores. Como sabes, os chefes mantêm as marionetas enquanto há conveniência… depois começam a empurrá-las borda fora!

De Trinco a 04.07.2015 às 17:55

Pois não!
E aparentemente até contraria o que este CD foi mandatado em eleições através da aprovação do seu programa.
Mas aqui nem é tanto isso. É mesmo usar o mesma espera para num caso demonstrar gravidade e preocupação e no outro tranquilidade e calma.
Parece-me, no mínimo, pouco coerente!

Comentar post



Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Sobre

Sobre o Sporting, com verdade, exigência e espírito critico. Sem reverencias nem paciência para seitas!






Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D