Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Ter Respeito para pedir Respeito

por Lizardo, em 05.11.15

Ontem no jogo da Champions entre Chelsea e o Dynamo de Kiev, os adeptos ingleses provaram, uma vez mais, porque o futebol em terras de Nossa Majestade é realmente rei no que toca à comparação com os demais.

Na pior fase de resultados da carreira de José Mourinho, num jogo que estava com um resultado negativo, os adeptos do Chelsea, de pé, entoaram bem alto o nome de José Mourinho e revelaram o seu apoio.

Um exemplo de gratidão e acima de tudo de respeito e de educação.

O Treinador é por hábito o elo mais fraco numa estrutura que é dominada por diversos curiosos e outros sugadores de dinheiro, deixando para segundo plano o que realmente interessa, o treino e os resultados.


O Sporting muito tem pago essa fatura nos últimos 15 anos. Fazendo as contas aos treinadores desde a época que fomos campeões em 99/2000, este é o cenário:

 

 


São precisamente 22 treinadores em 15 anos, média super interessante e que revela muito do que foram e têm sido os projetos para o futebol leonino.

Mas se os dirigentes muita culpa têm no cartório, nós Sócios e Adeptos temos também muitas culpas neste cenário.

Somos facilmente evangelizados. O excesso de mediatismo que os Presidentes e outros dirigentes, bem como, Paineleiros e Tachistas dispõem na comunicação social tem este objetivo, ir destampando o véu lentamente, até que se torna insustentável a continuidade do treinador. O treinador é o culpado das contratações que não escolheu. É o culpado pelos resultados negativos, e quando ganha, a vitória é de todos, em especial dos Presidentes.

É verdade que temos muitas más escolhas nos últimos anos, onde destaco Domingos e Paulo Sérgio como os piores treinadores que passaram pelo Sporting, mas tivemos muitos bons treinadores que de forma injusta foram corridos por birras e outros interesses, e aqui falo sem dúvida de Boloni, José Peseiro e de Marco Silva. Leonardo Jardim abandonou o barco na primeira oportunidade, esperamos todos que Jesus não faça o mesmo num futuro próximo.

Durante a época passada vivemos uma das mais negras páginas no que toca à gestão de um Treinador. Entre recados no Facebook e mandatados na comunicação social que davam entrevistas à porta do aeroporto com o objetivo de denegrir a imagem de Marco Silva, até à forma como aludimos uma circense Justa Causa para o despedir. 

Os adeptos ficaram divididos, e bem me lembro dos aplausos que recebeu o Treinador, curiosamente, em Alvalade no jogo contra o Chelsea.

É tempo de sermos mais exigentes como bem diz o nosso Presidente Bruno de Carvalho. Na sua direção, em três anos já tivemos o mesmo número de treinadores. 

Todos queremos continuar a somar vitórias. E se assim não acontecer, talvez seja tempo de seguir estes exemplos, e mostrar o lenço branco a quem realmente veste de fato e gravata.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:49


4 comentários

De Profeta a 05.11.2015 às 17:56

Eu acho que a maior parte dos adeptos estão a aprender com os erros do passado. Será que há uns anos atrás, um jovem como Marco Silva, teria uma base de apoio tão grande, que fizesse com que Bruno de Carvalho tivesse que meter a viola no saco?
O que aconteceu na época passada foi muito interessante...

Quanto ao Sporting em si, na verdade, raramente tivemos bons treinadores nos últimos anos. De todos esses treinadores dessa lista, os melhores, na minha opinião, são precisamente os treinadores do Bruno de Carvalho. De certa forma, até ao momento, têm conseguido fazer com que o Bruno de Carvalho continue a passar pelos pingos da chuva. Veremos até quando...

De comentador desportivo a 07.11.2015 às 08:19

Que saudades tenho eu do futebol, do futebol a sério.
Não desta espécie de modelos, que dá uns pontapés não bola

" O antigo médio e capitão do Manchester United não poupou nas críticas a Ashley Young. Em causa, um lance durante o jogo da Liga dos Campeões com o CSKA Moscovo na última terça-feira, em que o internacional inglês ‘mergulhou’ para tentar arrancar uma grande penalidade.

«Já vimos isto acontecer vezes de mais, penso que ele é uma vergonha. Se ele é jogador do Manchester United, eu sou chinês. Penso que isto não devia ser permitido no clube», referiu Roy Keane em declarações à ITV Football."

O futebol devia ser assim, sem simulações, teatros, um jogo onde a nobreza de carácter fosse a regra.
Que saudades tenho do futebol de outros tempos, que era jogado por homens de barba rija,onde era empregue a força, a virilidade, a masculinidade.
Hoje o jogo, parece que é jogado por seres efeminados, aí não me toques, principalmente na europa.
Hoje é comum qualquer encosto de ombro, ser falta, uma bola chutada a poucos metros do jogador e que bate na mão, é logo pedido penalti. Descaracterizaram o futebol, o que interessa é ganhar a qualquer custo, não me revejo neste futebol, estão a querer alterar a essência do jogo, devido a interesses escusos.

De comentador desportivo a 07.11.2015 às 09:00

Correcção, na bola

De João António a 07.11.2015 às 16:36

Lizardo, em geral concordo com a tua análise, do meu ponto de vista , na lista de treinadores que foram despedidos sem razão falta o Fernando Santos e se formos mais longe no tempo, sem dúvida Bobby Robson.
Quanto aos piores treinadores eu retirava o Domingos da tua lista , reconheço que não fez muito, mas também não foi dos piores, e acrescentava Sá Pinto, foi grande jogador e símbolo, ma como treinador muito fraco.
Saudações Leoninas.

Comentar post



Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Sobre

Sobre o Sporting, com verdade, exigência e espírito critico. Sem reverencias nem paciência para seitas!






Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D