Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Quem permite?

por Lizardo, em 20.11.17

Untitled-1.jpg

 


Sejamos rápidos e pragmáticos. É evidente que este Presidente foi empurrado e apoiado, e que continua a ter importantes apoios de gente com poder na sociedade.

Quem o apoia? Quem o defende? A quem interessa este caos que se está a revelar cada vez mais ruinoso no Sporting?

Se avaliarmos a última comissão de honra, das últimas eleições,  o que rapidamente percebemos é o manter de muito “ilustre” que quer continuar a ter uns bilhetes e a ser convidado para comer e beber no camarote.

Por outro lado, há por ali quem tenha outros interesses.

Ora vamos recuar às primeiras aparições de Bruno Carvalho. Os seus principais apoiantes eram Daniel Sampaio, recentemente mandatário da sua candidatura, aos olhos da população uma pessoa inteligente, um Homem sem podres na sua história de vida e irmão de um antigo e muito elogiado Presidente da República, Jorge Sampaio. Dizem que é Maçom.

O outro rosto foi Eduardo Barroso, antes de entregar tanto mediatismo a esta causa, era uma pessoa respeitada. Um médico de renome. Hoje, com toda a certeza, já percebeu que perdeu muito da sua reputação. Quer pelo lado mais saloio da defesa de Bruno Carvalho, quer pelas explosões e textos ridículos que ia tendo nas TV´s e escrevendo nos jornais.

A estes dois, com o tempo, surgem os Homens do dinheiro, Álvaro Sobrinho, José Maria Ricciardi, António Mosquito, entre outros, mas estes, os mais mediáticos e mais comentados na praça publica.


Em cinco anos aconteceu muita coisa, a Maçonaria entrou numa guerra interna, Alvaro Sobrinho teve vários problemas com a Justiça, José Maria Ricciardi viu o BES falir e António Mosquito continua a não ter muito sucesso como empresário, apesar de ter um peso muito importante na comunicação social em Portugal.

O que aqui lanço para apreciação é do conhecimento de todos os que seguem o Sporting diariamente.

Passaram cinco anos, temos mais passivo, continuamos a não comemorar títulos e é evidente que estamos a perder terreno e qualidade onde eramos reis e senhores, nos nossos jogadores da formação e em Alcochete.

A quem interessa este desacreditar e este clima que está a matar a notoriedade do Sporting mas também do futebol português?

A quem interessa manter esta personagem no comando do Sporting, um “Rapazote Deslumbrado” que não tem princípios nem compreende a grandeza e a responsabilidade do cargo que está a ocupar?

Está-se a preparar uma enorme tempestade? Será que depois deste caos irá surgir mais um salvador, mais um “Projeto Roquette”?

Os nomes que defendem e estão a defender esta personagem estão bem identificados.

Não há dúvida que se aguarda na sombra pelo momento certo, o click que vai soltar a guilhotina, o grito que vai soltar os lobos que vão comer o “Rapaz Deslumbrado”.

Da Maçonaria à Finança, das industrias Farmacêuticas à Construção Civil, da Comunicação Social às Conservas… Enfim, tudo se ligará no futuro. Ou não!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:26

A liberdade criativa

por Trinco, em 16.11.17

161118-Luckett-fakebook-news-tease_jj2510.jpg

 

Ficou ontem provado o que já há muito se sabia.

 

Com a publicação do acórdão do TAD a reduzir o castigo do director de comunicação, provou-se que a comunicação do Sporting é gerida em outsourcing e roda livre de liberdade criativa, por uma entourage de miúdos operacionais próxima de Azevedo de Carvalho que surge no Clube à pressão, assumindo e gerindo várias páginas e perfis, inclusive pessoais como é o caso do perfil publicou o texto que que originou o castigo.

 

E isto justifica muito do que tem sido esta comunicação. Quando se mete um pedreiro a fazer trabalho de ourives, o mais provável é a jóia resultante ser faiança.

 

Percebe-se também que, por interposta entidade, no principio de uma mão unta a outra, os tachos e regalias estão distribuídas e bem açambarcadas, por personagens que, com liberdade criativa, continuam a afirmar não trabalhar para o Sporting, mantendo acusações a terceiros daquilo que eles próprios o são: Tachinguistas, como o 6º Violino escreveu.

 

Criaturas estas de que se desconhecem as aptidões e capacidades para a função além da verborreia, maledicência e ataque soez em que infelizmente se tornou a comunicação (e vida) do Clube e dos muitos heterónimos e fotocópias que usam. Sejam eles zíngaros, cafeteiras ou outras variantes.

 

E esta liberdade criativa, aparentemente Trump faz escola, baseia-se na criação de factos, narrativas e verdades alternativas.

 

A liberdade criativa, extensível à gestão do Clube, que concebeu guerras com tudo e todos, confundindo combatividade com irascibilidade, que alinhavou aliança (já sei que não gostam da palavra, fiquemo-nos por "alinhamento estratégico") com o Benfica (cortesia do sr. PMAG) nos tempos iniciais e mais recentemente com o Porto, com os mesmos resultados dum prato de cebolada, que vendeu as contratações cirúrgicas numa realidade de contentores de jogadores, que faz "grandes" os jogadores mediocres, que nega mandados de negociação que aparecem escarrapachados nos jornais horas depois, que reclama uma reestruturação já previamente acordada, que procede a uma renumeração fantástica em que apenas os mortos (e nem todos) são limpos da base de dados, que pare o novo paradigma de AG com a muito "chavista" hora do presidente transmitida em canal aberto, que fabrica canais de comunicação para satisfazer as necessidades de protagonismo e presidento-centrismo, além de uma linhagem de "clientes" habituais, que inventa agentes desestabilizadores contra funcionários para depois os despedir com motivos criativamente criados, que faz equivaler na importância o seu líder ao pai do Clube, que adquire títulos a cada respirar,  que engendra novas funções na estrutura do Clube para empregar familiares e amigos, etc...(podia ficar aqui tanto tempo que até me assusto)

 

E é isto este Sporting. Um Sporting que cada vez mais expulsa de si o verdadeiro Sporting, o Sporting da verdade e dos valores, perante o adormecimento geral de quem prefere não pensar ou questionar e acreditar sempre na...liberdade criativa.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:38

A matemática

por Trinco, em 14.11.17

2b2da1c.jpg

 

A vontade esvai-se, o tempo escasseia, mas há coisas que por demais flagrantes, acabo por não conseguir deixar de registar.

 

A 5 de Abril de 2016

 

A construir o futuro! Quase 110 anos de uma história feita de conquistas ajudam a explicar o porquê de o Sporting CP ser unanimemente considerado a Maior Potência Desportiva Nacional e um dos Clubes mais vitoriosos de todo o Mundo.

Facebook de Azevedo de Carvalho

 

A 9 de Janeiro de 2017

170 títulos enchem a vitrine de 2016

Site do Clube com a ressalva que a contabilização inclui somente os primeiros lugares colectivos e individuais em competições nacionais de seniores

 

A 12 de Novembro de 2017

Temos mais de 22 mil títulos nacionais, europeus, mundiais, olímpicos. 

Discurso de Azevedo de Carvalho durante a entrega dos emblemas aos sócios com 25 anos

 

Ou seja de 5 de Abril de 2016 a 12 de Novembro de 2017 o Clube conquistou 2.000 títulos sendo que sensivelmente a meio deste período o contador iria apenas nos 170...vá, tripliquemos este valor para albergar os títulos de formação e dos paintballs e afins, 510. Em 10 meses, o Clube conquistou um pouco menos que 1.500 títulos. E disso a comunicação do foguetório e das loas ao líder nada assinalou em fim de época (quando na realidade se contabilizam estas coisas). Pois sim...

 

Além disso, com esta contabilidade criativa depreende-se que num estalar de dedos, qual Midas, o Clube passou de uma média de 180 títulos por ano (em 110 anos) para uma média de 1.000. Brilhante! Brilhante se fosse verdade, brilhante a criatividade e audácia para afirmar isto com desfaçatez e sem desmanchar o boneco enquanto o faz.

 

Isto tudo presumindo que não contabilizam títulos de transporte, títulos do tesouro, títulos nobiliárquicos ou outros...

 

Bem sei que o público alvo cada vez mais se comporta acriticamente enfardando alegremente todas as narrativas que lhes são metidas olhos adentro, mas há limites. Mais não seja o da realidade e da sua percepção

 

O Sporting não precisa de se armar em grande. O Sporting é grande. Não há Clube em Portugal que se aproxime em títulos e muito poucos estão a par a nível Mundial. Não é preciso fabricar números como se faz com sócios e assistências!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:28

Madeira de Carvalho

por O 6º Violino, em 23.10.17

EBCKI7E5.jpg

Caro Pedro Madeira Rodrigues:

Permite-me que te trate por tu, porque ambos fazemos parte da "família leonina".

Nunca fui nem serei a favor do delito de opinião, porque se há coisa que aqui faço é expressar-me de forma livre. Até sou muito critico do pensamento único que actualmente se vive no Clube.

Tiveste um acto de coragem ao seres candidato às últimas eleições do nosso Clube. Sei que colocaste de parte a tua estável vida profissional por teres acreditado ser possível vencer as últimas eleições.

Nunca aqui critiquei a tua campanha eleitoral, por respeito a essa coragem que tiveste. Sei bem que mais ninguém se chegou à frente, e muitos dos que te diziam apoiar, puxaram-te o tapete. Sei bem quem são.

Decidiste, 7 meses depois, dar uma entrevista de 3 páginas a um jornal desportivo. Como tal, sinto-me no direito e obrigação de finalmente dizer o que penso.

A tua campanha foi um deserto de ideias. Deixaste-te acompanhar de meia-dúzia de pessoas cheias de "anti-corpos" em Alvalade, e disso foste avisado. Não quiseste saber, e ao contrário do que dizias, não gostas de trabalhar em equipa. Foste apenas, como disse o teu mandatário, mais educado do que o actual presidente.

Levaste contigo, figuras como José Pedro Rodrigues, alguém que sempre olhou mais para o seu umbigo do que para o Clube (vide processo de Odivelas). Até nos conselheiros leoninos borraste a pintura. O Carmona já perdeu o mandato, por não meter lá os pés?

Entre outros tiros nos pés, depois de saíres virtuoso do debate televisivo, borras a pintura no Estoril, onde ridicularizaste um associado/adepto. Disso, estamos nós fartos que este presidente faça com quem não lhe diz sim a tudo.

Pelo que pude ler, e esta entrevista é prova disso, achas que num futuro próximo podes vir a ser candidato novamente.

Não faças isso. Por ti, pela tua família, mas principalmente pelo nosso Sporting. 

Obviamente, esta é só a minha opinião, que em nada tem a ver com a liberdade de qualquer associado estatutariamente apto possa ter em se candidatar.

Não queria ser muito mais duro na apreciação ao passado eleitoral, mas foi tudo tão fraquinho, que não vejo como possas vir a ter apoio e um qualquer golpe de asa. 

O teu tempo passou. Não há volta a dar nas marcas que ficaram. O que temos é mau, é péssimo, mas o que o Sporting precisa não é de "mais do mesmo" com mais educação.

Lamento, mas para bem do Clube afasta-te dos comentários, das entrevistas e não dês motivos aos Saraivas desta vida para te humilharem ainda mais. Não contribuas ainda mais para este circo em que vivemos.

SL

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 15:28

O Clube do Bruno Miguel

por O 6º Violino, em 14.10.17

AAEAAQAAAAAAAAqOAAAAJDdjN2UxMzYwLTBkMjAtNDBlYS1iOG

Como já é do conhecimento público , Bruno Miguel continua a fazer do Clube a sua coutada.

Ora na promoção de familiares , ora no despedimento de colaboradores com vários anos de Sporting.

Bruno Patrão despediu-se , completamente farto ,sem se preocupar com o facto , tal era o "bom ambiente" que reina em Alvalade.

Já está empregado , felizmente para ele.

O caso de Nuno Cardoso conta-se em poucas palavras. Homem de coragem , revelou profissionalismo , e como prenda teve direito a um processo disciplinar enviado de forma indirecta .

Não vou aplicar a palavra "consta" , vou afirmar e relatar o que se passou para que Nuno Cardoso tenha de responder ao processo que lhe foi aberto .

Nuno Cardoso teve a coragem de dizer olhos nos olhos a Bruno Miguel que não aceitava ordens da nova número dois de Alvalade , Joana Carvalho , pois não lhe reconhece capacidades nem currículo para tal .

Joana Carvalho passa uma vez por semana por Alvalade , e assume o protagonismo de primeira-dama e não de funcionária , para a qual é paga e foi aumentada .

É este o ambiente que se vive em Alvalade desde que Bruno Miguel começou a trocar funcionários por "tachistas" . 

É este o ambiente que a maioria dos sócios do Sporting continua a aprovar e a assobiar para o lado , sob o efeito de uma qualquer anestesia .

Este é um Sporting muito pior do que o Sporting do "colarinho branco" , porque nessa altura ainda existia massa critica para assumir o descontentamento . 

É este o Sporting que o actual membro do Conselho Fiscal e Disciplinar , Fernando Carvalho , vulgo "Chirola" tanto criticava , e metia a sua "tropa" em protestos , quer nas assembleias da SAD , quer nas do Clube .

Que é feito desse "Chirola" ? Aderiu aos novos croquettes?
SL

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 14:27

Mais um...quizz

por Trinco, em 27.09.17

quizz-21.jpg

 

O homem que preside ao Clube que aconselha por SMS os humildes associados a não chegarem atrasados a um evento de lazer, não se coibiu hoje de se atrasar 45 minutos (menos mal, que o ano passado, na recepção nos Paços Concelho, no Machico o atraso foi de mais de 1 hora) a um compromisso profissional.

 

Uma função para a qual é remunerado apesar de a exercer em regime condicionado pelos constantes castigos a que se sujeita.

 

Eles que esperem dirão muitos, rapidamente assumindo as dores dele.

 

Desculpar-se-ão com o transito, com consultas de obstetricia ou com as inúmeras decisões que se obriga a tomar diariamente, privado de sono pela sua anunciada jorna de 24 horas.

 

Mas o quizz, versando o almoço, não diz respeito às razões do atraso.

 

Cá vai.

 

Será verdade que a "directora de uma coisa que não se sabe bem o quê" e sua amada esposa o acompanhou?

 

Sendo "directora de uma coisa que não se sabe bem o quê",  e esticando o conceito esposa do presidente, não seria algo completamente inusitado, mas:

 

Será que a "directora de uma coisa que não se sabe bem o quê" se apresentou num acto profissional e institucional de fato de treino e ténis? (quanto se gozava, quando ainda podiamos, com os "fátetrêne" dos outros...)

 

E será que perante isto a comitiva do Barça ameaçou abandonar o restaurante?

 

E será que, tendo acedido a permanecer, ainda tiveram que ouvir o discurso final de Azevedo de Carvalho em que nada mais brilhante se lembra de afirmar que o Sporting e o Barcelona teriam muito em comum, desde logo o facto da nada terem ganho na época que passou?

 

Já sei! Isso não me interessa nada desde que se ganhe...Sejam felizes. E se fosse apenas e só para ganhar, a qualquer custo, seguramente não seria Sportinguista.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:31

O regresso dos LAMBUÇAS

por O 6º Violino, em 26.09.17

img_770x433$2017_07_01_00_37_04_1284050.jpg

Este é um dos títulos possíveis para o que se vai passando nos corredores e camarotes de Alvalade.

 

Podia estar aqui a colocar mais um "quizz" no ar e esperar que saíssem desmentidos. Nenhum dos assuntos que para aqui trouxe foram desmentidos, nem podiam ser. Foram factos reais de confusão entre a vida privada e a gestão de um Clube.

 

O que hoje aqui vos trago são mais uns factos que não vão ser desmentidos. Bruno Miguel, agora com Joana de Carvalho como número dois do Clube, fazem do mesmo uma quintinha dos próprios. Esqueçam o vídeo ridículo e absurdo...

 

A nova número dois do Clube já pouco ou nada fazia no Clube há vários meses. Já nem sequer dava à sua antiga chefia qualquer justificação para as ausências. A nova número dois e nova directora ninguém sabe do quê, para além de ter levado as suas duas amigas para o Clube, aparece nas instalações do Clube uma vez por semana. Poderá estar em serviço a escolher o enxoval do seu novo rebento. O "boss" deixa. Mas Joana de Carvalho e Bruno Miguel perderam totalmente a vergonha. O Sporting está transformado numa nova "Santa Casa dos Lambuças". É tudo à grande e à papalvo.

 

O Sporting continua a espremer os seus associados com preços altos dos bilhetes.

 

Joana de Carvalho teve direito a 90 convites para distribuir pelos seus amigos. Se isto não é pior que no tempo dos Lambuças, é o quê ? 

 

TENHAM VERGONHA DO QUE ANDAM A FAZER!

SL

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 10:18

Modalidades caviar

por Trinco, em 01.09.17

ikra-stavki-na-krasnuyu-i-chernuyu.jpg

 

 

Pessoalmente, cada vez menos me interessa o circo das plataformas rotatórias de jogadores em que se transformaram os clubes de futebol, com negócios e gestões nada claras e seguramente pouco transparentes e rigorosas.

 

Disso mesmo são exemplo as considerações de "custo zero com compra obrigatória" (temos 2, Doumbia e Ristovsky, €3M e €2.5M respectivamente) ou a inclusão de artifícios de linguagem para declarar uma venda mais alta do que ela realmente é (Schelotto, jogador renovado em Janeiro deste ano com clausula de €45M, com o seu "até €3M€" - que no limite podem ser €0 - é o nosso exemplo acabado).

 

Acontece que no meio deste ruído todo, o Clube achou por bem informar os preços da nova Gamebox Modalidades. Assim ao jeito de "deixa ver se passa e se não fazem barulho".

 

€250 é o valor para as 4 modalidades.

 

Não tardaram muitos avençados a tocar o samba do "até não é caro...". Que "€3.12 por jogo é um bom preço". Só que, assumindo o preço de €4 pelo bilhete avulso para sócio (e há preços máximos tabelados) basta falhar 5 jogos em cada modalidade (o que em 80 jogos, com calendarizações tão diferenciadas nem é nada de estranho) para esse "lucro" se esfumar.

 

Mas o pior é para quem compare com os preços praticados em 16/17. Nessa época, cada Gamebox individual (sim, havia-as, ao contrário de agora) custava €30 e a conjunta €75.

 

Comparando o comparável, a Gamebox conjunta, esta aumenta de €25 para €62.5 por modalidade (particionando os valores globais). Um aumento de 150%. Coisa pouca!

 

E mais. Aplicando esse valor, €62.5 (que a existir seria seguramente mais alto), numa hipotética separação avulsa por modalidade e tomando por exemplo o Futsal, cada jogo (18) ficaria a €3.47, deixando de compensar ao falhar os tais 5 jogos.

 

E vantagens para os anteriores detentores deste bilhete de época? Só para os que compraram a 1ª em 10/11 e apenas para a pagarem ao mesmo preço durante 3 dias antes da venda geral.

 

E os participantes na Missão Pavilhão, conforme chegou a ser promovido? Nada!

 

O Sporting é "nosso"!

 

E se as coisas falharem a culpa é dos sócios que não colaboram.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:03

Number 2

por O 6º Violino, em 25.08.17

numero-2-letras-e-numeros-numeros-pintado-por-giov

No seguimento das questões aqui levantadas, e da série "não se metam com a minha família", até me custa a acreditar na veracidade das informações que nos vão chegando, e como tal agradeço que alguém responda, só naquela de deixar tudo bem claro.

 

É verdade que Azevedo de Carvalho abriu as portas do Auditório Artur Agostinho aos funcionários, para apresentar a sua actual esposa e nova directora de um departamento de nome catita, e que já conta com mais duas assessoras, Cláudia Lobo e Rita Luizo (a madrinha), como número 2 da estrutura?

 

É verdade que os funcionários ficaram atónitos?

 

Que têm a dizer os restantes membros do Conselho Directivo e do Conselho Fiscal? O PMAG não conta para o totobola.

 

SL

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 14:13

O Clube do Gin

por Trinco, em 25.08.17

cGOudOtq.png

 

Três membros até agora...O trio atacante JO-RL-CL

 

P.S. É Verão. Estas imagens também servem, desta vez mais em jeito de enigma, para discorrer.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:24


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Sobre

Sobre o Sporting, com verdade, exigência e espírito critico. Sem reverencias nem paciência para seitas!






Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D