Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Resultados

por Trinco, em 01.12.15

Imagem 001.png

 

Com disponibilidade muito reduzida, numa leitura muito rápida ao relatório publicado ontem, realço antes de mais os resultados marginalmente positivos, significativamente piores que os equivalentes do ano passado, compreensíveis pela conjugação do pouco encaixe com vendas (€1.47M contra  €19.32M do período homologo do ano passado) e o forte investimento, bem como o falhanço no playoff de apuramento à Champions (ainda que as receitas comparadas demonstrem um decréscimo menor que o que se andou a "vender").

 

O forte investimento nas equipas técnicas e de jogadores profissionais de futebol, é justificado pela ultrapassagem das dificuldades iniciais decorrentes do processo de reestruturação, considerando a administração o mesmo fundamental para "a recuperação do posicionamento de liderança da Sporting SAD".

 

Estamos a falar de um aumento de mais do dobro em gastos com o pessoal. Daqui resulta, que a narrativa das emergentes dificuldades financeiras deixa de ter tão ampla sustentação, obrigando a uma margem maior na renegociação e renovação de contratos dos activos considerados fundamentais. Dificilmente será aceite pelos atletas com contratos mais antigos o argumento até agora utilizado das dificuldades impostas pelo estado em que o Clube estava/está.

 

Sobre isto, há 6 meses atrás escrevia:

 

A aposta, mais ou menos desesperada numa cara, descarregando dinheiro num "all-in" de uma época, ignorando por completo o que seria um rumo sustentado e prudente.

 

Pode ser que a bola não bata no ferro e que os Deuses, Santos e pastores do futebol sejam amigos nesta aposta de odd elevada!

 

O aumento de "Fornecimentos e Serviços Externos" em 12% é justificado com a "organização de jogos particulares (ndr: +€268) a um aumento dos gastos com comissões (ndr:  +€306), e ao aumento das despesas com manutenção e reparação e trabalhos especializados, associados à integração das actividades da SPM (ndr: +€306)". Parece-me estranha a presença da organização dos particulares, uma vez que neste período a SAD promoveu dois jogos treino com Mafra e Atlético, foi convidada num torneio na África do Sul e organizou apenas o jogo de apresentação com a Roma. Presumo que a verdadeira razão deste aumento esteja obviamente nos gastos com comissões mas acima de tudo com entradas de novas colaborações via SPM... 

 

Curiosamente, sobre a perda de uma receita de capital importância, como é o sponsoring nas camisolas da equipa principal, pouco ou nada é referido.

 

Já sobre a divida financeira, corrente e não corrente, fica-se a saber que a redução se fica nos €2.6M, estando neste momento nuns substanciais €127M, €23M dos quais em descoberto bancário (que aumentou em relação ao ano passado).

 

Em resumo, o tema e lema da gestão brilhante e de excelencia econtra-se em jogo, balançando de cada vez que um jogo chega aos descontos sem o resultado que se espera...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:16


1 comentário

De Paulo a 01.12.2015 às 16:35

O Real contratou o Ronaldo para ser campeão da Europa. Os chineses contrataram a escola do Ronaldo para serem campeões do Mundo. Por muito menos. Champions de gestão ou negócios da China? Haitong.

Comentar post



Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Sobre

Sobre o Sporting, com verdade, exigência e espírito critico. Sem reverencias nem paciência para seitas!






Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D