Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Raiva!

por Trinco, em 16.05.16

beautiful_textures_dark_green_c_by_charlie_henson-

 

Ontem, a emoção começou em tristeza e desilusão. Tristeza pelo desfecho e desilusão pela leitura emocional do que podia ser o fim de dia que a parte racional não conseguiu evitar.

 

Mas essas emoções, após o desfecho, rapidamente se transformaram em azia e angustiada raiva. Angustiada por perceber que será difícil dar a volta ao desmantelamento do ADN Sportinguista, aquele pelo qual jurámos e que agora vemos permanentemente posto em causa.

 

Por opção, assim que acabou, desliguei o computador, sabendo que em telemóvel não escreveria nada. Principalmente, nada que me arrependesse por escrever a quente.

 

Fechei janelas e vi 3 episódios seguidos de "House of Cards". Dormi mal.

 

De manhã, como tinha acontecido ontem, vesti-me de verde e saí para a rua.

 

De manhã. como tinha acabado ontem, a raiva permanecia. E a azia também. E a raiva pela azia ter tanto de origem na vitória do rival como na nossa conduta, não restrita sequer a este ano.

 

Raiva por perceber que nos comportamos como aqueles que durante anos criticámos.

Raiva por perceber que estamos cada vez mais igual a eles.

Raiva por perceber que nos rebaixámos ao jogo deles achando que sairíamos limpos, tendo obviamente perdido.

Raiva porque nos "declarámos" campeões à 8ª jornada.

Raiva porque em 12 jogos desperdiçámos 9 pontos.

Raiva porque fomos constantemente arrogantes e provocadores, no pior estilo lampião.

Raiva porque desvalorizámos ostensivamente os adversários.

Raiva porque nos dispusemos a ser as escoras e o cimento duma estrutura rival em clara derrocada.

Raiva por perceber que fomos tão permanentemente barulhentos que já ninguém nos liga quando reclamamos.

Raiva porque disparámos contra tudo e todos criando um condicionamento negativo a nós próprios.

Raiva porque desperdiçámos os piores rivais em muitos anos e uma 2ª linha de competidores também bastante enfraquecida.

Raiva porque continuámos a carregar em terceiros o peso do insucesso quando nós próprios muitas vezes não demonstrámos competência suficiente.

Raiva por perceber que apresentámos, desportivamente, o melhor futebol, mas que fomos derrotados por um despromovido.

Raiva por perceber que fizemos um all-in que não conseguimos jogar.

Raiva por perceber que não foi isto que foi a votos em 2013.

Raiva por perceber que em 3 épocas, tudo foi mudando de maneira mais ou menos errática, de época a época sem sustentação ou ideia a médio prazo.

Raiva por perceber que este 2º lugar foi demasiado caro.

Raiva por perceber que as eleições foram trazidas a meio da época para o palco central, por quem tem responsabilidades pela estabilidade do Clube

Raiva por perceber que, muito provavelmente, desperdiçámos um dos meio-campos mais competentes que alguma vez tivemos, feito de produto próprio e consolidado em 3 anos de desenvolvimento.

Raiva por perceber que estes jogadores, com limitações e desequilíbrios mereciam mais.

Raiva por perceber que a onda criada, das poucas coisas conseguidas, ainda que muitas vezes sustentada em fanfarronice, merecia outro desfecho.

Raiva por perceber que se festejou um 2º lugar.

Raiva por perceber que a própria claque se juntou a esse apelo festivo.

Raiva por perceber que os mesmos que há semanas afirmavam que todos os meios eram legítimos e que não podíamos ser anjinhos, agora afirmem preferir 2ºs lugares mas ser honrados

Raiva por ter perdido o anscendente moral que nos permitia relativizar as vitórias alheias.

Raiva por ter que ouvir ou ler algumas declarações de alguns rivais e não ter como rebater.

Raiva por ver o rival a usar argumentos que eram nossos e só nossos para adjectivar a sua temporada de conquista.

 

E podia continuar...

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:16



Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Sobre

Sobre o Sporting, com verdade, exigência e espírito critico. Sem reverencias nem paciência para seitas!






Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D