Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Quem permite?

por Lizardo, em 20.11.17

Untitled-1.jpg

 


Sejamos rápidos e pragmáticos. É evidente que este Presidente foi empurrado e apoiado, e que continua a ter importantes apoios de gente com poder na sociedade.

Quem o apoia? Quem o defende? A quem interessa este caos que se está a revelar cada vez mais ruinoso no Sporting?

Se avaliarmos a última comissão de honra, das últimas eleições,  o que rapidamente percebemos é o manter de muito “ilustre” que quer continuar a ter uns bilhetes e a ser convidado para comer e beber no camarote.

Por outro lado, há por ali quem tenha outros interesses.

Ora vamos recuar às primeiras aparições de Bruno Carvalho. Os seus principais apoiantes eram Daniel Sampaio, recentemente mandatário da sua candidatura, aos olhos da população uma pessoa inteligente, um Homem sem podres na sua história de vida e irmão de um antigo e muito elogiado Presidente da República, Jorge Sampaio. Dizem que é Maçom.

O outro rosto foi Eduardo Barroso, antes de entregar tanto mediatismo a esta causa, era uma pessoa respeitada. Um médico de renome. Hoje, com toda a certeza, já percebeu que perdeu muito da sua reputação. Quer pelo lado mais saloio da defesa de Bruno Carvalho, quer pelas explosões e textos ridículos que ia tendo nas TV´s e escrevendo nos jornais.

A estes dois, com o tempo, surgem os Homens do dinheiro, Álvaro Sobrinho, José Maria Ricciardi, António Mosquito, entre outros, mas estes, os mais mediáticos e mais comentados na praça publica.


Em cinco anos aconteceu muita coisa, a Maçonaria entrou numa guerra interna, Alvaro Sobrinho teve vários problemas com a Justiça, José Maria Ricciardi viu o BES falir e António Mosquito continua a não ter muito sucesso como empresário, apesar de ter um peso muito importante na comunicação social em Portugal.

O que aqui lanço para apreciação é do conhecimento de todos os que seguem o Sporting diariamente.

Passaram cinco anos, temos mais passivo, continuamos a não comemorar títulos e é evidente que estamos a perder terreno e qualidade onde eramos reis e senhores, nos nossos jogadores da formação e em Alcochete.

A quem interessa este desacreditar e este clima que está a matar a notoriedade do Sporting mas também do futebol português?

A quem interessa manter esta personagem no comando do Sporting, um “Rapazote Deslumbrado” que não tem princípios nem compreende a grandeza e a responsabilidade do cargo que está a ocupar?

Está-se a preparar uma enorme tempestade? Será que depois deste caos irá surgir mais um salvador, mais um “Projeto Roquette”?

Os nomes que defendem e estão a defender esta personagem estão bem identificados.

Não há dúvida que se aguarda na sombra pelo momento certo, o click que vai soltar a guilhotina, o grito que vai soltar os lobos que vão comer o “Rapaz Deslumbrado”.

Da Maçonaria à Finança, das industrias Farmacêuticas à Construção Civil, da Comunicação Social às Conservas… Enfim, tudo se ligará no futuro. Ou não!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:26


3 comentários

De Kim do Parquet a 20.11.2017 às 19:27

O clube da maçonaria até é o Benfica. Pelo menos as suas origens assim o são. Basta estudar a fundo o emblema do Benfica - só começando por isso.
Enfim, é só uma curiosidade - embora na prática até poderá ser mais do que isso.

Quanto aos tipos que apoiam esta personagem sabe-se lá para quê, por um lado, até era bem feita que o clube ficasse atoladinho na merda por vários anos, como nunca ficou na sua história. Podia ser que esses "apoiantes identificados", como o Eduardo Barroso, o Dias Ferreira ou o psiquiatra (entre outros) desaparecessem de uma vez!

De Amigo a 22.11.2017 às 12:42

Quem é Fouto Galvan? Que jogadores representa? Como se justifica que a sua empresa tenha recebido mais de 6 milhões de euros na negociação de 8 jogadores que eram do Sporting sem que ele fosse empresário de qualquer um desses 8 jogadores?
Vamos ao que interessa.
Fouto aproximou-se do Sporting no caso Bruma. Conseguiu resolver o imbróglio entre Baldé, Bruma e Pina Zahavi. Nesse momento, conseguiu se relacionar com Bruno de Carvalho e teve a confiança de entrar em mais 7 negociações nos anos seguintes. Da comissão de 800 mil, metade foi para uma conta de um "amigo" de Fouto e Baldé!
Depois foi Cedric... o representante do jogador era Miguel Veloso... mas foi a buttonpath de Fouto que recebeu 570 mil euros (+50 opcionais). Metade desse dinheiro tinha uma conta já definida... a do "amigo" do Fouto!
No verão de 2015/2016, Fouto aparece nas negociações de Slimani e João Mário. Nesses casos, as comissões foram pagas pelos clubes compradores. 2,5 milhões (1 milhão no caso de Slimani e 1,5 milhões no caso de João Mário) foram parar às contas da Buttonpath. E grande parte, foi depois redireccionado para uma outra conta. Surpresa, era mais uma conta do tal "amigo".
Nesse verão, também venderam o Naldo que era representado por Rüdiger Bernatek mas quem recebeu os 360 mil euros foi o Fouto. Mas ele só ficou com 100 mil... os outros 260 foram para a conta do amigo!

De Amigo a 22.11.2017 às 12:46

Este verão foram mais 3 (Ruben Semedo, Zeegelaar e Paulo Oliveira) e o Fouto recebeu 1,93 milhões de euros. E não era representante de nenhum dos jogadores.
No total, foram mais de 6 milhões de euros que o Fouto e o "amigo" embolsaram.

Comentar post



Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Sobre

Sobre o Sporting, com verdade, exigência e espírito critico. Sem reverencias nem paciência para seitas!






Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D