Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



O Bom, o Mau e o Vilão

por Lizardo, em 08.07.15

16268_the_good_the_bad_and_the_ugly.jpg

 

Com a chegada de Jesus, desde o primeiro dia que estamos a assistir a uma mudança profunda no Sporting.



Mudanças essas que eram a exigência de muitos sócios e adeptos, exigências essas que eram interpretadas por alguns seguidistas como “desestabilizadores” ou “gente que só diz mal”.

 

A verdade está à vista. Nunca o Sporting poderia almejar vencer e realmente assustar sem uma estrutura forte, Manuel Fernandes e Octávio Machado, e jamais poderia assustar com Slavchev, Rosell, Sacko, Tanaka, Sarr, Geraldes, Rabia, entre tantas outras contratações falhadas que nos custaram perto ou mais de 20 milhões de euros.

 

A juntar a tudo isto, os Sócios, os mesmos que imploravam que se apostasse na equipa de futebol, que se comprassem dois ou três jogadores cirúrgicos, como foi promessa do Presidente, sempre reconheceram que, seja qual for o treinador, fosse ele Marco Silva ou Leonardo Jardim, o nosso plantel era curto, desequilibrado e sem gente capaz de dar a cara nos momentos decisivos e nos momentos certos para afastar as polémicas ou fazer assentar a poeira dos maus resultados.

 

Basicamente o que se exigia era capacidade e conhecimento, e acabar de vez com a chico espertice e a ideia que qualquer um, fosse ele construtor civil ou advogado, conseguia resolver os assuntos do universo do futebolês. Pagamos essa fatura ainda no presente, e parece que só agora está a acabar essa ideia.


O Presidente está nitidamente afastado do processo, obviamente envolvido mas conhecedor da sua margem de manobra. Acredito que com Jesus o pai do Presidente deixará de entrar no Balneário e o próprio Presidente não mais escreverá monólogos no facebook a atacar os jogadores que ele próprio escolheu, o treinador em que ele próprio apostou, e de certa forma a atacar os sócios que o elegeram, pois na ideia de Bruno Carvalho o que se passou em Guimarães na época passada, foi culpa de todos menos da sua pessoa.

 

Jesus começa desde já a ganhar, é o Anti-Heroi desta história, afastou o “Bom”, o ser iluminado que provou em dois anos perceber zero de futebol. Mérito, muito na escolha de treinadores, demérito, muito, a mantê-los e a construir equipas e bases para vencer.

 

Posto isto, o Sporting atual respira outra vitalidade. E Jesus é o principal responsável.
O futebol atual está-se a reforçar no bom sentido. Tudo indica que os reforços que vão chegar vão ser efetivamente “reforços”. E muito do mérito desta grande mudança é Jorge Jesus.

Se tudo correr bem, Jesus será o Bom, bem como, Bruno Carvalho também o será. Mas se tudo correr mal, e avaliando o passado recente, Jorge Jesus poderá ser menos bom, mas Bruno Carvalho será certamente o Mau e o Vilão de toda esta história.

Em suma, Bruno Carvalho joga tudo o que tem e não tem nesta época. Se vencer ficará verdadeiramente na história pelas melhores razões. Se perder, Jesus irá continuar no Sporting, Bruno Carvalho começa a sentir o nó da corda a apertar no pescoço.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:12


1 comentário

De amendoa a 09.07.2015 às 17:38

Perto ou mais de 20 milhões?

Podes especificar por favor?

Obrigado.

Comentar post



Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Sobre

Sobre o Sporting, com verdade, exigência e espírito critico. Sem reverencias nem paciência para seitas!






Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D