Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Mais revisionismos

por Trinco, em 08.06.15

24m6fc5.jpg

 

Isto anda agitado...

 

Se não gosto de revisionismos históricos e parciais ao serviço de interesses mais ou menos particularizados, também não gosto de ver amnésicos sem noção das suas responsabilidades num passado bem recente.

 

Não lhes nego, obviamente o acto de participar na vida do clube, ainda que me custe entender a intermitência da mesma, mas exijo-lhes decoro na hora de apontar o dedo.

 

O rumo agora proposto, mesmo que sendo uma inversão quase total do programa sufragado em eleições, foi o escolhido pelos sócios, que terão oportunidade de o julgar e supervisionar. Assim tenham vontade de o fazer e não se demitam de estar atentos e vigilantes. Que não assinem de cruz, que não aceitem tudo porque sim.

 

Aliás, essa, porventura tanto como as péssimas decisões e acções de gestão, terá sido a mais evidente responsável do estado a que chegámos. E somos todos responsáveis.

 

Agora, é estranho e revoltante verificar o surgimento dos representantes máximos de uma geração directamente responsável por uma colossal herança a criticarem nos termos em que o fazem, acções que na sua essência poderiam ter sido subscritas por eles próprios há uns anos atrás: A aposta, mais ou menos desesperada numa cara, descarregando dinheiro num "all-in" de uma época, ignorando por completo o que seria um rumo sustentado e prudente.

 

Como é estranho e revoltante verificar que agora, ninguém, os validou, ninguém os apoiou, ninguém os elegeu com massivas votações. Inclino-me mais para uma interesseira amnésia selectiva.

 

E para não entrar em análises a outros diagnósticos feitos por quem muito tem contribuído para o clima de crispação, perseguição e divisão, desperdiçando condições provavelmente nunca vistas, nos pecados que o próprio sinaliza, cito-o: A história fará a sua justiça

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 21:16



Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Sobre

Sobre o Sporting, com verdade, exigência e espírito critico. Sem reverencias nem paciência para seitas!






Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D