Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Madeira de Carvalho

por O 6º Violino, em 23.10.17

EBCKI7E5.jpg

Caro Pedro Madeira Rodrigues:

Permite-me que te trate por tu, porque ambos fazemos parte da "família leonina".

Nunca fui nem serei a favor do delito de opinião, porque se há coisa que aqui faço é expressar-me de forma livre. Até sou muito critico do pensamento único que actualmente se vive no Clube.

Tiveste um acto de coragem ao seres candidato às últimas eleições do nosso Clube. Sei que colocaste de parte a tua estável vida profissional por teres acreditado ser possível vencer as últimas eleições.

Nunca aqui critiquei a tua campanha eleitoral, por respeito a essa coragem que tiveste. Sei bem que mais ninguém se chegou à frente, e muitos dos que te diziam apoiar, puxaram-te o tapete. Sei bem quem são.

Decidiste, 7 meses depois, dar uma entrevista de 3 páginas a um jornal desportivo. Como tal, sinto-me no direito e obrigação de finalmente dizer o que penso.

A tua campanha foi um deserto de ideias. Deixaste-te acompanhar de meia-dúzia de pessoas cheias de "anti-corpos" em Alvalade, e disso foste avisado. Não quiseste saber, e ao contrário do que dizias, não gostas de trabalhar em equipa. Foste apenas, como disse o teu mandatário, mais educado do que o actual presidente.

Levaste contigo, figuras como José Pedro Rodrigues, alguém que sempre olhou mais para o seu umbigo do que para o Clube (vide processo de Odivelas). Até nos conselheiros leoninos borraste a pintura. O Carmona já perdeu o mandato, por não meter lá os pés?

Entre outros tiros nos pés, depois de saíres virtuoso do debate televisivo, borras a pintura no Estoril, onde ridicularizaste um associado/adepto. Disso, estamos nós fartos que este presidente faça com quem não lhe diz sim a tudo.

Pelo que pude ler, e esta entrevista é prova disso, achas que num futuro próximo podes vir a ser candidato novamente.

Não faças isso. Por ti, pela tua família, mas principalmente pelo nosso Sporting. 

Obviamente, esta é só a minha opinião, que em nada tem a ver com a liberdade de qualquer associado estatutariamente apto possa ter em se candidatar.

Não queria ser muito mais duro na apreciação ao passado eleitoral, mas foi tudo tão fraquinho, que não vejo como possas vir a ter apoio e um qualquer golpe de asa. 

O teu tempo passou. Não há volta a dar nas marcas que ficaram. O que temos é mau, é péssimo, mas o que o Sporting precisa não é de "mais do mesmo" com mais educação.

Lamento, mas para bem do Clube afasta-te dos comentários, das entrevistas e não dês motivos aos Saraivas desta vida para te humilharem ainda mais. Não contribuas ainda mais para este circo em que vivemos.

SL

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 15:28



Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Sobre

Sobre o Sporting, com verdade, exigência e espírito critico. Sem reverencias nem paciência para seitas!






Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D