Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Let the games begin...

por Trinco, em 12.08.16

article-2344387-1A66A5D9000005DC-106_306x423.jpg

 

Começa hoje a Liga.

 

E amanhã a única que verdadeiramente me interessa! A nossa! É o nosso caminho e apenas esse que me interessa.

 

E para que não haja equívocos, parafraseando o capitão Adrien: "há uma Liga para ganhar" e eu quero ganhar. Independentemente do que acontece em Março e dos meus desejos para esse momento. Nunca me refugiei cinicamente a desejar as derrotas do Clube por politicamente facilitarem determinadas opções ou terem determinadas repercussões.

 

Esta época será porventura uma das mais competitivas (niveladas por baixo ou não se verá) com os adversários por uma razão ou outra a meterem a carne toda no assador. Uns em busca do inédito tetra (que desgraçadamente aconteceria exactamente neste mandato), outros a estarem proibidos de ficarem mais um ano a pão e água. Tenho a convicção que de tudo valerá.

 

O que faz com que esta época, de todas as épocas, devesse ser preparada de forma a atacar o seu inicio de forma avassaladora e sem dúvidas, marcando desde logo posição e criando momento. Esta época precisa de ser a confirmação da anterior e a consolidação das ideias da equipa

 

O que acontece é exactamente o contrário.

 

Uma pré-época em que mais que os resultados, o que se verifica é uma quase confrangedora ideia de equipa, que só quando o meio-campo maravilha está em campo é disfarçado.

 

Um plantel em convulsão de efectivas e putativas saídas e ainda bastante indefinido.

 

Uma dificuldade em colocar os excedentes salariais contratados no ano passado.

 

Um grupo com lacunas identificadas e previsíveis, que não se conseguem colmatar convenientemente (e nem vou especificar para não estender este post para lá do razoável).

 

No meio de algumas alternativas interessantes, uns acrescentos de qualidade duvidosa e uma "aposta" estranha na juventude.

 

E porventura pior. Já começamos a navegar, oficialmente e em ressonancias, em álibis preventivos com as "manigâncias" dos adversários e os "ataques" dos jornais, com discursos de vitimização antecipada e distorcendo completamente o foco que deveria estar em nós e apenas em nós. Façamos o que nos compete, que seguramente estaremos muito mais perto do que queremos alcançar. Pessoalmente, enquanto tiver com que me preocupar com o que se passa na minha casa, os outros só existem quando tiver que jogar com eles!

 

Mas continuamos a sina histórica de preferir a crença à exigência e a vitimização à competência...

 

Se somos candidatos? Sempre fomos. Se somos favoritos? Tenho reservas. Se as coisas melhorarão? Estou certo que sim. Se vai ser suficiente? Espero verdadeiramente que sim, também.

 

Mas esta indefinição e esta entrada condicionada nos jogos a doer era um risco que não precisávamos ter corrido.

 

Assim, o desejo que no fim da 3ª jornada, com maiores ou menores dificuldades tenhamos 9 pontos. Acontecendo, poderá ser uma época feliz!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:14


1 comentário

De comentador desportivo a 13.08.2016 às 04:58

Muito bom post

Comentar post



Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Sobre

Sobre o Sporting, com verdade, exigência e espírito critico. Sem reverencias nem paciência para seitas!






Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D