Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Expectável!

por Trinco, em 01.03.16

Imagem 004.png

 

Não me arvoro em especialista de contas ou leis. Mas infelizmente, por causa do Sporting fui obrigado a estar mais atento, bem mais do que quereria, as estas vertentes na gestão do Clube, pelo que não posso dizer que esteja particularmente surpreendido com os resultados semestrais anunciados ontem.

 

Desde as contas do 3º semestre de 2014 que isto era, dada a opção do Conselho de Administração da SAD no conflito com a DOyen, por mim esperado. E a ausência em provisionar a reserva do valor de uma eventual decisão desfavorável, permitiu andar a cavalgar a onda dos resultados positivos durante 5 trimestres, enaltecendo a excelência da gestão.

 

Muitas criticas li na altura, e a cada altura de cada relatório, a quem referia isso e apontava esse dado. Que íamos ganhar, que era certo, que era estratégico, etc... O que para mim conta é que as contas não reflectiam verdadeiramente a realidade. Eram, digamos, o produto de uma realidade alienada do risco que se corria. Poderá ter servido para enganar o Fair-play da UEFA, mas não gosto de basear a minha acção em dados falsos ou manipulados.

 

Neste relatório, a SAD assume resultados negativos de €18.15M. €14.24M da reserva a que se viu obrigada a fazer e €3.9M de outras "partes" (onde o duplicar de custos com o pessoal poderá explicar alguma coisa)...Sobre estas diz ainda que caso as alienações dos direitos desportivos dos jogadores Fredy Montero e Valentin Viola (que em quadro apresentado anteriormente até aparece como valor 0 nas vendas) tivessem ocorrido em Dezembro o saldo (descontado da atrás referida reserva) seria positivo. €699k positivo.

 

Pois eu digo, por maioria de razão que, caso as renovações de Adrien e William, ou a contratação de Zeegalaar e as comissões e prémios de assinatura de Bruno César, Schelotto, Coates e Barcos (e até a comissão na venda de Montero), fossem contabilizadas o resultado seria outra vez negativo. Quer o fabricado, quer o real...

 

Em comunicado explicativo em acção preventiva, a SAD explica também que o resultado negativo é reflexo da "eliminação no play-off de acesso à fase de grupos da Liga dos Campeões, nas condições e circunstâncias por demais conhecidas e comentadas". Referir-se-á às culpas próprias na maneira como se abordaram os dois jogos com os russos? É que para falar de arbitragens convém ter sustentação nas nossas próprias acções e competências.

 

Mas também só agora se percebe que afinal essa competição também era importante? É que em Maio de 2015, numa altura em que a época já devia estar bastante planeada nesses termos mas em resultado da guerra fria com o então treinador, Azevedo de Carvalho, numa atitude miserabilista e "chorosamente" não se coibia de afirmar não saber que orçamento teria...Para depois contratar por valores impensáveis Jorge Jesus Ou desconhece-se que a Liga Europa, caso levada a sério, poderia minimizar essa perda?

 

Neste momento, mesmo com a entrada de receitas dos acordos de cessão de direitos futuros (muito futuros...) de transmissão televisiva, assim sejam aprovados pela autoridade da concorrência, é cada vez mais evidente a razão porque Montero foi vendido à pressa e com claros prejuizos desportivos (por €5M ou por €7M?), e porque vai ser preciso vender no Verão (e não será pouco) contrariamente ao que já foi apregoado, sendo que voltamos a a negociar numa posição de fraqueza e necessidade.

 

Tudo isto em resultado de uns truques de presdigitação e um all-in, como potenciadores de uma re-eleição em contraponto ao que estaria implicito ao desejável para a sustentabilidade do Clube e SAD.

 

P.S. 1 Uma coisa que me falhou comentar foi o facto de nestas contas, mesmo com reestruturações e fusões com SPM, conseguimos ter capitais próprios negativos em €11.2M conforme enfatizado no relatório do auditor (pwc)...history repeating?

 

P.S. 2 O que terá feito o relatório só ter sido publicado às 07:37 de 1 Março quando era suposto ter sido até às 23:59 de 29 Fevereiro?  Terão eventuais exigencias de rigor da pwc alguma coisa a ver com isso?

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:50


1 comentário

De Mais areia para os olhos a 01.03.2016 às 15:00

No fim da época, com compras e comissões, JJ custa mais que a Doyen. E caso não vença nada pode ser que alguém sinta na pele a mesma fúria que o elegeu. Quem diria? E não falo só da canalhada porque não estão só crianças envolvidas. A verdade é que o Bruno nunca enganou ninguém. Mas querer ganhar a qualquer custo acarreta muitas vezes custos insuportáveis.

Comentar post



Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Sobre

Sobre o Sporting, com verdade, exigência e espírito critico. Sem reverencias nem paciência para seitas!






Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D