Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Do programa

por Trinco, em 23.03.16

Imagem 001 (1).png

 

No dia que se assinala o 3º ano de mandato de Azevedo de Carvalho, várias são as caixas de ressonância que anunciam, só faltarem duas coisas para o cumprimento integral do programa (uma nem sequer verdadeiramente lá estava). Isto é falso, como detalhei no post Medidas.

 

Há muito trabalho feito, não tenho problemas em reconhecer. Algum com o qual concordo, outro com o qual discordo. Há muita coisa que mudou, mas há muita coisa que está desesperantemente semelhante ao que era antes (post Antes...)

 

Mas em relação ao programa que é repetidamente afirmado como praticamente cumprido, de forma sucinta, das 120 medidas, divididas por campos temáticos, em listagem pouco exaustiva, sem grande pormenor e sem mais comentários falham por exemplo:

...criação de modelo de prospeção nacional e internacional envolvendo as academias Sporting, Núcleos, Delegações e Filiais...

...implementação das políticas estratégicas do futebol...

...obrigatoriedade de dois modelos de jogo...

...formação como base da política desportiva...

...planteis de 20 jogadores...

...jogadores estrangeiros não adaptados ao futebol português apenas se forem mais-valias claras...

...comunicação a uma só voz...

...marca Sporting Clube de Portugal como um dos maiores ativos do Clube...

...voz aos sócios...

...criação de um Código de Ética...

...apoio da Comunicação, Marca e Reputação a todas as modalidades...

...regresso aos grandes concertos e aos grandes eventos em Alvalade...

...naming do Estádio José de Alvalade e do Multidesportivo...

...implementação de procedimentos de contratação pública...

...análise da possibilidade de criação de tetos salariais no Sporting Clube de Portugal e nos outros clubes concorrentes (através da Liga de Clubes)...

...estabelecimento de um plano de aumento do património do Clube...

...entrada de novos investidores na Sporting SAD, com o Sporting Clube de Portugal a ficar sempre com a maioria do capital...

...implementação de plano de negócios simples e eficazes com os Núcleos...

...reestabelecimento através dos Núcleos de canais eficazes de venda e de merchandising...

...modalidadesauto-sustentáveis...

...criação da Comissão de Coordenação das Modalidades...

...restauração das Sportinguíadas...

...motivação dos diferentes núcleos e delegações do clube para o apoio às diferentes modalidades...

...revitalização e expansão da Academia de Alcochete...

...inventariação de todo o património do grupo Sporting...

...implementação de medidas que permitam o reforço e incrementação do património...

...levantamento de situações em aberto no Estádio José de Alvalade, susceptíveis de intervenção futura...

...constituição de uma “Comissão de Curadores de Património"...

 

Isto não pretende ser uma análise parcial ao mandato. Haveria muito para se dizer, e isso já o fez o Lizardo. Isto é só para lembrar a factualidade do que estava escrito no programa e para demonstrar que nem toda a gente vive adormecida e embalada no auto-elogio em jeito de pré-campanha.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:47



Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Sobre

Sobre o Sporting, com verdade, exigência e espírito critico. Sem reverencias nem paciência para seitas!






Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D