Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Do irracional ou da estupidez

por Lizardo, em 03.02.16

funny-quotes-stupid-people.jpg

 

 

Lê-se por aí que a estupidez e o universo são infinitos. Mas há quem duvide do segundo infinito.

 

Andámos durante três anos a tentar renovar com André Carrillo e durante esse período foi publico que oferecemos boas propostas ao jogador, valores que até há bem pouco tempo eram proibitivos na realidade de quase falência do nosso Sporting.

O Jogador, foi recusando, aconselhado pelos seus empresários, numa luta sem quartel do nosso Presidente, onde sozinho tenta lutar contra um sistema podre mas que na casa partida sabemos todos que não temos poder para o derrubar. Os principais Clubes fazem-se valer desse sistema, e internamente, os nossos rivais vão-se reforçando à conta deste mesmo regime.

Orgulhosamente sós, vamos perdendo negócios e perdendo ativos de grande valor. Perdemos a oportunidade de vender por outro valor ou renovar com Cédric, por teimosia. Perdemos a oportunidade de renovar com Carrillo, por casmurrice. Vendemos ou praticamente oferecemos agora Montero num negócio de contornos cada vez mais estranhos, pois cedemos um jogador útil ao plantel em troca de um jogador com 31 anos que não joga há mais de dois ou três meses no muito complicado e de alto ritmo campeonato Chinês!!!!

Do irracional ou da estupidez, é o estudo que se foca nas reações dos adeptos a tudo o que vai acontecendo diariamente no nosso Sporting. O que ontem era um diamante hoje é uma pedaço de carvão, rejeitado e gozado, como se todos os outros andassem num sono escuro e só nós tivéssemos a clarividência da situação, a total razão.

Não se pode aplaudir este modo de estar na gestão desportiva. O Clube e a SAD estão a sair prejudicados. As reações à venda do Montero não foram positivas, e ainda bem, sinal que os Sócios e Adeptos estão a compreender que os Saldos não foram só imposições do passado, como na venda de Matias Fernandez, agora também vendemos jogadores importantes por tuta e meia.

Aos que ontem vibravam com Carrillo e lhe pediam a camisola no Estádio, e que hoje lhe desejam o pior na sua carreira com comparações djalólianas, é realmente um ponto de vista do irracional e da estupidez.

 

Felizmente, fora das redes sociais, onde estão os Sócios com mais idade e com mais votos, a relação com esta Direção está-se a deteriorar a cada dia. A vitória deste campeonato pode ser o canto do cisne ou o destapar por completo a infinita estupidez que nos tem gerido durante os últimos três anos.

 

Esperamos todos, que contra tudo e contra todos, continuemos na primeira posição do campeonato, que até ao momento é o nosso lugar por mérito e qualidade de jogo. Os próximos jogos serão decisivos, a deslocação à Madeira e depois o jogo com o Benfica muito podem decidir da nossa glória ou da nossa queda.

 

Ao Presidente, o apelo que já irrita apelar. Como fazemos às crianças, proibindo-as de meter as mãos nas fichas de eletricidade em casa. Dizemos vezes sem conta, que deixe de arriscar e de ser curioso em matérias que não tem poder para vencer. A irracionalidade faz parte do fenómeno e do espetáculo desportivo, mas a estupidez tem que ter limites.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:26


4 comentários

De BdC a 03.02.2016 às 13:47

Concordo plenamente, a tua estupidez não tem, de facto, limites.

De De borla nos rivais é que não a 03.02.2016 às 13:47

Paga-se uma fortuna a um treinador, que cada vez que abre a boca é para falar do sonho de ser campeão no FCP?! Inclusive nas instalações do SCP. Quando nem do colega, que nem é treinador, descola. E o Carrillo é que é mau profissional… Porque não aceitou a minuta para renovar? Como não aceitou o Mateus Pereira. E outros. Que também esteve com os dois pés fora e acabou a receber o que nunca pediu. Que Carrilo, como todo o direito, como cada um de nós mas muito mais mercado, não quis. E ninguém tem o direito de inventar processos ad eternum só para impedir a actividade de alguém que foi sempre profissional. E depois das ameaças públicas, Carrilo devia inclusive ter enveredado por rescindir com justa causa. Houvesse uma justiça célere no futebol e Carrilo já estava a jogar onde quisesse e onde o quisessem. Para ver se o “nos rivais de borla não” abria a pestana. Um traste que acaba sempre da mesma maneira: - cuidado que somos mais de 3 Milhões… Mas para fazer merda não chama ninguém.

De Fernandes a 03.02.2016 às 17:40

O mais fascinante nesta estratégia é que a venda do Montero nem sequer chega para pagar o salário de uma época do Jesus.

É um verdadeiro "all in" que neste momento está dependente da bola que bate na trave e entra/sai. Falta saber se ganha a aposta e leva uma fortuna para casa ou se perde tudo e passa a ter o peso do mundo sobre os seus ombros...

De comentador desportivo a 04.02.2016 às 19:59

O colombiano foi vendido por cerca de 1,5M.
Aliás não foi uma venda foi uma troca, com os chineses a terem que dar mais qualquer coisa.
O mitómano, como vigarista que é, tentou falsear uma vez mais os números através destes expedientes obscuros, para enganar os adeptos.
Lembram-se de quanto ele custou? Pois!
O Colombiano, era o tal craque com uma cláusula de 60 M, que segundo os assalariados e os vascos era um craque, o melhor jogador do mundo e arredores, e aí de quem disse o contrário.
A realidade está aí, mais um número incontactável de estórias e mentiras desmascarados.

Comentar post



Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Sobre

Sobre o Sporting, com verdade, exigência e espírito critico. Sem reverencias nem paciência para seitas!






Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D