Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Direitos

por Trinco, em 03.12.15

rochinha-611-tv-futebol-660x440.jpg

 

Caiu como uma bomba o negócio, aparentemente estratósférico, da venda dos direitos de transmissão dos jogos de um rival directo. €400M por 10 anos, uma média fácil de fazer de €40M/ano.

 

Obviamente que, tal como aconteceu com o patrocínio das camisolas desse clube, o negócio dificilmente será o oásis que parece. O negócio inclui componentes que poderão fazer diminuir drasticamente o seu valor real. O negócio contempla a compra diferida dos direitos televisivos de uma série de ligas que são propriedade do canal do clube ao torna-lo exclusivo da operadora.

 

Ainda assim, são €400M por 10 anos. Comunicados oficialmente e sem desmentidos.

 

E mesmo que destes, apenas €250M a  €300M sejam efectivamente o valor da venda dos direitos de transmissão dos jogos do clube (descontando €100M a  €150M pela exclusividade do canal do clube), continua a ser, para o contexto actual e para o mercado em que se joga, um valor substancial, relevante e passível de alterar no imediato a correlação de forças, qualquer que seja a sua aplicação.

 

Infelizmente, para o estilhaçado futebol nacional, estes direitos começam a ser negociados de forma isolada, com claro prejuizo para os clubes pequenos, promovendo as assimetrias entre os competidores, empobrecendo o negócio, tornando-o economicamente mais desequilibrado e desportivamente desinteressante, e abrindo, ainda mais, o espaço a jogadas de influencias.

 

Mas sendo assim, para nós, este valor transporta (mesmo o de €25M a  €30M por ano), mais que uma tentativa de desvalorização a que já se vai assistindo, um objectivo. Mais que isso. Um benchmark. É que tem sido repetidamente passada a mensagem de uma quase equivalência em termos de mercado potencial comparativo, quer em sócios quer em adeptos com este rival, sendo que sociologicamente o nosso mercado será até de uma classe mais alta e por isso com mais poder de compra.

 

Assim, mesmo sabendo que isto só será tema daqui a um ano, é bom que este valor seja registado! É que a dificuldade de promover um negócio razoável de sponsoring das camisolas, infelizmente, não me pode deixar outra coisa que apreensivo

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:00



Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Sobre

Sobre o Sporting, com verdade, exigência e espírito critico. Sem reverencias nem paciência para seitas!






Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D