Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Desilusão

por Trinco, em 05.05.16

sporting-1.jpg

 

Não há outra maneira de encarar. É uma enorme desilusão.

 

Em 4 dias, duas das modalidades em que se tinham legitimas esperanças de alcançar títulos vêem as suas hipóteses cair por terra.

 

No Sábado, final four da Taça CERS, a ser jogada em Portugal e com equipas que dificilmente se poderiam considerar melhores que a do Sporting, num jogo mortiço e inesperadamente pouco empenhado, a equipa de hóquei cai nos penaltis perante os espanhóis do Vilafranca (que viriam a ser derrotados pelo Óquei de Barcelos, actual 6º classificado do Campeonato Nacional).

 

Depois dum discurso ambicioso que por momentos nos adeptos, quase parecia dar a certeza de mais uma conquista, depois dum investimento fortíssimo e programado apenas para a vitória imediata, com a entrada de jogadores experientes mas de idade avançada, depois duma entusiasmante vitória na Supertaça, a equipa falha, no meio de uma época que já se tornava titubeante, com resultados inesperados e a falta evidente da chama e entrega que fazia a equipa ser bem mais que a soma dos seus atletas. Resta neste momento lutar pelo 4º lugar, ultimo de acesso à Liga Europeia e tentar a sorte na Taça de Portugal.

 

Ontem em Andebol, perdemos contra uma equipa. Algo que nunca fomos verdadeiramente este ano. E logo este ano em que o crónico vencedor de 6 anos fraquejou e deixou abertas e mais equilibradas as contas para o titulo. Mais uma vez, muita ambição com pouca sustentação. Mais desequilíbrios, mais jogadores para o imediato e sem planeamento a médio prazo. Erros de casting e alguma falta de qualidade nas escolhas, a começar pelo treinador. De facto, depois dum mal amado Frederico Santos, dispensado do Clube à conta de ter falhado o titulo no último jogo, com erros evidentes de arbitragem, contra um super Porto, recebemos um Zupo que nunca conseguiu fazer dum grupo de jogadores uma equipa e que falha estrondosamente nas decisões. A esta, resta repensar o rumo para que os erros não se repitam e se arrepie caminho.

 

Em ambas, as queixas da arbitragem.

 

Se no hóquei já é recorrente, a cada derrota, a responsabilização dos árbitros, no andebol, depois de 5 jogos com uma equipa com muito menos recursos, mais condicionada e cansada, que em normalidade, em 5 jogos ganharia 1, e que na realidade se verifica que em 8 ganhou 5, fica mal, fica muito mal. 

 

Por mais razões que se tenha em qualquer um dos casos. Só podemos reclamar das incompetencias alheias depois de termos feito a nossa parte!

 

E também convinha que houvesse à frente das modalidades alguém que percebesse efectivamente delas, e que as interferências de quem só pensa nos seus timmings cessasse. Algo como o cumprimento da promessa 99 do programa de candidatura: "Criação da Comissão de Coordenação das Modalidades"...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:05


2 comentários

De Não me deixem cair a 06.05.2016 às 21:54

Como no hóquei não há facebook. Mas para o ano contratam-se mais uns craques fora-de-prazo e logo se vê. É no que dá começar a construir a casa pelo telhado. A pressa sempre foi inimiga da perfeição.

De Trinco a 08.05.2016 às 08:50

Vamos ver se no hóquei as coisas não azedam já neste ano. Para já, os putativos dispensados, já ficaram de fora dos convocados ontem. E há facebook. Se não da secção de outros que funcionam como tal. E regra geral é para apresentar queixas da arbitragem como justificação de resultados negativos

Comentar post



Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Sobre

Sobre o Sporting, com verdade, exigência e espírito critico. Sem reverencias nem paciência para seitas!






Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D