Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Coisas que se lêem

por Trinco, em 05.12.16

...e que se preferia não ter lido.

 

Sem grande tempo (nem paciência), por estar numa fase extremamente exigente em termos das minhas obrigações profissionais, tenho-me abstido de grandes comentários ou análises ao que vai acontecendo. Tenho estado relativamente atento ao que se vai passando, tendo tido por diversas vezes o impulso de comentar, que me vi obrigado a reprimir por não lhe poder dar a atenção devida.

 

No entanto, numa rápida "voltinha" pela media desportiva nacional num intervalo do trabalho que já leva umas horas, várias coisas me assombraram a leitura. Coisas que preferia não ter sequer visto. E coisas as quais não posso deixar de registar.

 

Em formato de "graphic novel" e sem grandes elaborações:

 

Imagem 004.png

 

 

Nada como voltar a ler o microfonodependente a dar moral ao adversário. O ano passado correu muito bem!

 

Imagem 005.png

 

 

Não bastava ter ido em representação do Sporting a um programa de paineleiros (relembro que é funcionário, membro da estrutura técnica do Futebol em vésperas de 2 jogos potencialmente definidores do resto da época) ainda se sai com esta tirada a lembrar o "lavar os dentes" de Jesualdo Ferreira enquanto treinador do FC Porto (sim, foi antes de 2013...os haters que façam um esforço de pesquisa)

 

Imagem 006.png

 

 

O Record a promover um funcionário a algo que ele não é (será que se prepara já para a formação da lista para Março de 2017?). Estava lá pelo menos um vice presidente do Sporting Clube de Portugal (vi-o na pista no fim do jogo) e esse sim seria o representante. Este, é um funcionário a cumprir as suas obrigações de OLA.

 

Imagem 007.png

 

 

A competência máxima do desconhecimento dos regulamentos valem, sem apelo nem agravo, uma derrota de 0-10 frente ao Paço de Arcos. Recorrem porque sim, pois os regulamentos são claros. Responsabilização? Nem vê-la! Mesmo com dirigentes profissionais "roubados" ao rival. Mas não deixa de ser um álibi para desculpar o "é para ganhar tudo em termos nacionais".

 

Imagem 008.png

 

 

A cereja no topo. Aquele que mais agita, que mais instiga as divisões internas, as caças às bruxas e as perseguições a quem lhe ouse ser critico através de um exercito devidamente hierarquizado e briefado, aquele que vive em campanha eleitoral há 2 anos e que reclama e faz reclamar a ausência de alvos, a pedir calma e união...

 

Não há paciência! Nem noção!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:02


1 comentário

De comentador desportivo a 07.12.2016 às 21:59

Caro Trinco

A sua última frase define o estado dos Sportinguistas.

"Não há paciência! "

Paga-se uma fortuna a um treinador e a um presimente para o clube ser "goleado" por uns rapazes amadores da moldávia!?

Paga-se uma fortuna a um treinador e a um presimente para colocarem o clube ao nível do légia!?


O que é preciso para correrem com esta seita!?

Comentar post



Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Sobre

Sobre o Sporting, com verdade, exigência e espírito critico. Sem reverencias nem paciência para seitas!






Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D