Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Coisas que não se entendem...

por Trinco, em 26.05.16

transferir.jpg

 

...ou se calhar entendem mas nos deixam perplexos.

 

No Basquetebol, o Vice Presidente para as modalidades, para justificar a extinção da equipa sénior feminina, classifica a sua temporada como não honrando a história e a dimensão do Clube, por não ter conseguido sequer ficar nos 8 primeiros garantindo o acesso ao playoff. Mas a verdade é que a equipa garantiu os seus objectivos que passavam pela manutenção, ficando em 9º lugar em 12 equipas a um lugar da entrada no playoff, com os mesmos pontos de duas equipas que entraram no mesmo playoff e a 2 do 6º.

 

Vice Presidente esse que andou em reuniões de preparação da próxima época, juntamente com a funcionária do Clube destacada para o acompanhamento da equipa, Helena Duarte, tendo sido proposto uma renovação de contrato e solicitado um projecto e orçamento para esta época. Esta relação difícil com a honestidade é que não honra a história e a dimensão do Clube. E acima de tudo os seus valores.

 

O mesmo Vice Presidente que promoveu a integração do Hóquei sénior e posterior investimento avultado na equipa (tendo deixado a formação autónoma ao contrário do que agora faz) após uma 1ª época na divisão maior em que ficou em 12º em 16 competidores e seguinte em que ficou em 9º nos mesmos 16. [adenda: o escrito não pretende menorizar o hóquei mas apenas estabelecer a comparação entre duas opções divergentes perante cenários semelhantes]

 

Já a Associação, contraria o comunicado do clube afirmando que a formação terá até aos S16, masculinos e femininos, abrindo depois inscrições e captações apenas até aos S14. Não bastasse a confusão e o desnorte, sabe-se até que algumas pessoas de dentro foram pouco leais com os objectivos que se propuseram defender.

 

Na comunicação, novo "ródópalco"...Em 3 anos, nos quadros mais relevantes do edificio da Comunicação, já tivemos pelo menos 9 nomes: José Quintela, Diogo André, Rita Matos, Diogo Bernardo, João Morgado Fernandes, Nuno Graça Dias, Luís Bernardo, Bruno Roseiro, Mário Carneiro. Destes, apenas um manterá ainda as funções. Mas quando se julgava que isto servisse para limpar excedentes, vai-se sabendo que alguns dos agora afastados, presume-se por não cumprirem as suas competências, não o são do Clube, mas apenas re-arrumados noutras prateleiras, engordando assim a máquina.

 

Na Academia, volta Guilherme Pinheiro, administrador da SAD apontado como responsável pelo falhanço de contratações e ainda não há um ano enxovalhado e despromovido de funções: Pinheiro irá, aparentemente e por vontade do treinador, acumular um papel activo nas contratações. Outra vez! Mas se se julgava que com isto Virgílio Lopes seria afastado, enganamo-nos. Este manter-se-á na direcção do futebol juvenil, lugar onde é reconhecida a sua falta de capacidade. Pior. A confirmarem-se as noticias verifica-se a ascensão de mais um rapaz de 2013, pau para toda a obra e fiel escudeiro para adjunto de Guilherme Pinheiro. Além disso, o Gabinete de Apoio ao Atleta, que espantosamente é liderado por alguém que tem funções e atribuições de OLA (ou também aqui haverá mexidas?), também passará para a Academia.

 

Na SAD, noticias e rumores contraditórios tanto dizem que Álvaro Sobrinho se quer livrar da sua participação, como que quer passar a controlar e defender os seus interesses (considerando que não está a acontecer) muito mais de perto e de forma mais activa, mesmo que por interposto administrador, a acção do Conselho de Administração, podendo até, em troca de mais poder executivo, investir ainda mais.

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:12


2 comentários

De Fernandes a 27.05.2016 às 00:06

Extinguir uma equipa que custava menos de 100.000€ após anunciar oficialmente um aumento de 2.700.000€ nas modalidades é simplesmente patético.

Tiveram uma postura miserável em relação às atletas, muitas delas sportinguistas, que deve fazer corar de vergonha qualquer sportinguista que tenha um pingo de espírito crítico e respeito por quem dá tudo pelo clube sem pedir nada em troca.

Absolutamente vergonhoso.

De Trinco a 27.05.2016 às 09:14

Se um valor peca por excesso (terão sido aproximadamente €90k), o outro peca por defeito (são €6.5M o previsto em orçamento para honorários), o que só torna a coisa ainda mais inexplicável.

Comentar post



Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Sobre

Sobre o Sporting, com verdade, exigência e espírito critico. Sem reverencias nem paciência para seitas!






Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D