Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Clima Temperamental

por Lizardo, em 14.10.15

estadio_luz_la_vidro_benfica_sporting_adiado_lusa.

 

 

O universo do Futebol Português dá muitas voltas.

No dia 9 de fevereiro de 2014, Bruno de Carvalho era Presidente do Sporting e Leonardo Jardim o nosso treinador.

Nesse dia a Equipa do Sporting deslocou-se ao Estádio da Luz para jogar contra o Benfica, que era primeiro com 40 pontos, mais dois que os rapazes de Alvalade.

O mau tempo tinha sido noticiado, chuva e vento, mas o que não era previsível foi a queda de detritos da cobertura do Estádio da Luz, obrigando ao adiamento do Jogo e à evacuação urgente de mais de 50.000 pessoas.

Nesses tempos, o grande rival estava a norte e andávamos a passar a mão pelas costas aos nossos “amigos” da segunda circular.

Tudo se resolveu a bem, entre abraços e sorrisos. Na Terça-Feira seguinte, ainda sem a total monitorização da Martifer, empresa responsável pela construção do Estádio, lá se jogou o jogo e levámos muito provavelmente o maior banho de futebol que tenho memória nos últimos anos.

Se bem nos lembramos, Leonardo Jardim tinha mudado a estratégia para esse jogo, entrando com um desenho tático diferente do habitual. O efeito surpresa perdeu-se. Perdemos categoricamente o jogo, ficando na história um jogo onde se verificou o maior desequilíbrio que há memória entre os dois Clubes de Lisboa.

A questão que se coloca hoje é a seguinte: Se no próximo dérbi se vivessem as mesmas situações, será que a atitude dos dirigentes leoninos seria tão pacifica e tão prestável a resolver um assunto que nos poderia, segundo alguns entendidos do futebol, dar mais margem de manobra para marcar nova data ou até ganhar pontos na secretaria?

Veja-se o exemplo do União da Madeira x Benfica, adiado devido ao mau tempo e que continua sem data marcada.

Em suma, continuamos vitimas de projetos e de atitudes mediante o clima temperamental do nosso Presidente. Que como bem disse: “Se faz sol vamos se calhar de manga curta; Se fizer chuva vamos de chapéu de chuva, mas não nos altera aquilo que são os nossos objetivos do dia-a-dia.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:33


12 comentários

De Trinco a 14.10.2015 às 10:05

E acrescento que, à luz dos regulamentos, caso tivéssemos reclamado e obrigado a cumpri-los, seria declarada derrota do clube visitado, responsável pelas condições do estádio!

De Lizardo a 14.10.2015 às 10:06

Hoje tudo seria tão diferente. Sinais dos tempos!

De Profeta a 14.10.2015 às 11:37

Convenhamos que ganhar na secretaria não ficava lá muito bem para nós. Mas se fosse hoje, a música seria outra.

Acrescento que no dia em que se jogou o jogo, numa Terça-Feira, o Jorna A Bola (lampiões) publicou uma entrevista do Bruno de Carvalho, em que ele disse que iria mudar o futebol português, e que tinha clubes do lado dele. Na altura a polémica eram os 2 minutos de atraso da equipa do Porto na Taça da Liga, tema que também foi abordado. Curioso.

De Lizardo a 14.10.2015 às 11:41

Exatamente, tudo isto prova o desnorte e a conveniência do ruído para desviar o foco do que realmente merece ser abordado. E agora, depois de incendiar tudo e todos, vai ver o jogo no conforto do sofá, muito provavelmente a escrever um post para publicar no Facebook no final do encontro a criticar a arbitragem. São estilos. E estilos cada vez mais odiados!

De Trinco a 14.10.2015 às 11:53

Não me causaria repulsa, no caso especifico, "ganhar na secretaria" até porque seria um caso exemplar de aplicação dos regulamentos no que à segurança diz respeito.
De qualquer maneira, a referencia foi apenas para recordar alinhamentos estratégicos...

De Lizardo a 14.10.2015 às 11:57

Por um lado parece-me que o futebol nacional necessita de uma vez por todas que se façam cumprir os regulamentos que TODOS os Clubes aprovam na Sede da Liga. De outra forma, temos um organismo que é cego surdo e mudo com a conveniência e vontade dos Clubes.

Neste caso em particular, o derbi SLB x SCP, o que se passou foi grave. Mas na época até me senti de certa forma satisfeito pela simplicidade e capacidade de resolução de um problema que não era de todo previsível, e que de certa forma valorizava o futebol jogado. Critiquei sim a forma como nos deixámos comer, jogando na Terça-Feira seguinte, com vantagem clara para o "infrator". É aqui, nas 50 decisões que o Presidente toma por dia que deveria tomar BOAS decisões. Pois são estas decisões que lhe podem dar peito para ver o seu vencimento aumentado. Enfim, temos o que escolhemos, pelo menos uma maioria de Sócios em 2013. Acredito que esteja perto do fim este pesadelo.

De Vasco a 14.10.2015 às 12:15

Ai que azia, de repente pensei que era um blogue de benfas... Ou será mesmo?!
Não apaguem comentários por conveniência como é vosso apanágio senão a vossa minoria de 2013 fica flr sozinha. e precisam de voltar a fzr aquilo que fizeram nas eleições anteriores a 2013. Tenham paciência os tachos para os elitistas acabaram parem de espumar-se, que raio formem um tipo "Sporting Futebol Clube" by Godinho Lopes tornem-se sócios e vão andar sempre na frente com avanço de 2 anos em tudo ou melhor o Futebol porque modalidades já eram lol. Pareceis um corja de galináceos. Tenha piedade deles minha nossa Senhora de Calcutá" :) espero q a expressão não vos irrite. Em si o comentário nd tem contra a vossa idoneidade :) lol

Saudações de um Sportinguista que luta ao lado dos Sportinguistas mas não com o intuito de ir para o poleiro!
Tenham vergonha

SL

De Lizardo a 14.10.2015 às 12:19

A táctica de dividir para reinar está a caducar. Essa de andar sempre a voltar ao passado, a comparar quem critica com Godinho Lopes, a apontar que se é ou não é Sócio já não pega. E muito menos pega a ideia do Tacho, pois para tachos já temos o Zé, grande amigo de todos os Sportinguistas, até os do passado.

Posto isto, meu amigo, compreenda que aqui não há azia, há dedicação ao Clube, que da minha parte existe há quase 40 anos os mesmos que tenho de idade, e já vem de família. Outros há, que descobriram o Clube em 2011 e só se fizeram Sócios em 2013, e ainda bem, precisamos de rejuvenescer a massa associativa. Espero é que continuem a pagar quotas, pois a última atualização não foi de todo motivo para grandes festas.

E sobre o post, o Vasco tem opinião, ou só sabe debitar o que o Mestre lhe manda dizer?

Saudações Leoninas

PS: Apagar comentários, pelo menos nos meus posts, nunca aconteceu nem vai acontecer. E no excesso não tolero comentários com impropérios e linguagem que não se coadune com a grandeza do Sporting, pelo menos o meu Sporting, e não o "novo" Sporting.

De Vasco a 14.10.2015 às 14:23

Caro Lizardo,

Então parece-me que este blogue nunca está em consonância com medidas desta Direcção, porque nos posts que vou lendo e revendo só consigo encontrar aquilo a que apelidou de dividir. Pelos posts que publicam com toda a liberdade de opinião para o fazer parece-me a mim não ser eu a ter um Mestre, nem faço aquilo que me mandam, apenas concordo e discordo. Agora não me resigno a dizer o que não concordo e a esconder factos palpáveis até de medidas e coisas com que concordo e bem feitas. Eu com a indicação de Godinho Lopes não digo que existe um novo Sporting, nem um Velho Sporting. Sporting há só um o "SPORTING CLUBE DE PORTUGAL", não devemos nem podemos é esconder o nosso passado, o nosso Presente e o nosso Futuro. O que me parece é que andava muita coisa encapotada, devesse olhar para o passado e fazer uma auto-critica como foi feita e ver o Presente analisar e tomar medidas a pensar num Futuro. A verdade é que não podemos parar no tempo e ficar a ver. Rui Gomes da Silva dizia: "Nós não nos preocupamos com o Sporting, é com o Porto, o Sporting não faz mal a ninguém." Revê-se nisto? O problema do SCP foi andar a ser comido por lorpa muitos e longos anos, encosta aqui, agora ali e lá iamos andando com o passar da mão pela Juba. Meu caro nenhum rival sobrevive sem os outros lá pelo menos à escala que se pretende, agora andar a fazer de apêndice de Rivais isso não. E o que víamos a ser seguido era isto!

Louvo todos os Sócios, adeptos e simpatizantes do nosso SCP sem discriminar o mais novo que possível nasceu ontem, ao mais velho que nasceu possivelmente em 1914. Agora que acho que o Futebol está contaminado, acomodado e enraizado em corrupção e favores ilícitos e obscuros isso está. Acho no meu entender que o Doutor Bruno de Carvalho é uma pessoa "non grata" por ser jovem irreverente e enfrentar os problemas de frente. Chamando aos "bois" os nomes próprios, vamos lá ver, penso que mudou um actual estado de elitização num Clube como o nosso para um Clube onde cabem todas as classes, isso desde logo para mim é de louvar acima de tudo. É a minha opinião caro amigo, não faço fretes a ninguém. Mas que gosto deste tipo de Presidência gosto, que vou fazer?!
Não podíamos continuar com o Clube como estava e lutar pela verdade desportiva por exemplo. Éramos agentes passivos da corrupção, existia Presidentes que sabiam e compactuavam com este estado de coisas para ver se ganhavam a migalha.
Agora passo a dizer-lhe que para além de quem estiver na Direcção devemos criticar ou não mas estar unidos em torno do Clube e não retirar o foco das questões essenciais que estam em cima da mesa, por isso continuo a contar com este Blogue de Critica à direcção, mas também conto consigo para criar a união e a não desunião que tanto apregoa. Esse é dever de todos os sócios. Os sócios têm deveres e direitos e até alguns privilégios, por isso incorrem em ser punidos por vezes, laureados outras depende. Mas a isso fica a atitude e a memória para quem as acções pratica. Depois de tudo isto entendo que SPORTING CLUBE DE PORTUGAL há só um com um passado até não muito bonito pelo que se sabe em gestões, mas que todos nós neste momento e no decorrer da época devemos unir os Sportinguistas em torno dos objectivos e não criar divisões internas que tanto é apanágio do nosso Clube ao longo dos anos. E aqui discordámos, este Presidente uniu muito mais do que dividio. Este Presidente uniu muitos Sportinguistas. Estamos na Luta pelo titulo, estamos na luta pela taça e estamos nas competições europeias, nada espero menos que os Sportinguistas que apoiem o grande Sporting porque para desunir já nos basta a Comunicação Social em geral e os Rivais que temos, a ainda outros que temos dentro de casa mas esses uma ínfima minoria ressabiada como já disse mas que faz um ruído miudinho.
Por um Sporting Campeão e com uma mentalidade vencedora e sem medos temos de nos UNIR!

Abraço
Saudações Leoninas

De Lizardo a 14.10.2015 às 14:33

Vasco, gostei de o ler e muito gostava que tivesse seguido esta linha de comunicação logo no seu primeiro comentário. Pois a guerrilha que se criou durante as primeiras eleições até aos dias de hoje é promotora de divisões e até de alguma falta de respeito entre irmãos leoninos.

Gostei de o ler, e repito, pois pactuamos em muito do que escreve. Mas não posso concordar que o nosso Presidente tenha unido mais que dividido. Pois a estratégia de atacar e abrir trincheiras partiu desta direção. É este Presidente que tem processos contra Sócios, é este Presidente que lança nomes de Sócios anónimos nos Jornais e nas Redes Sociais, só porque não concordam com a totalidade das suas decisões, é este Presidente que responde em tom pouco Institucional a uma Associada com quase 80 anos de idade e que o ajudou na Campanha Eleitoral, só porque questionou o Presidente em relação ao tom e à forma assumida em algumas situações.

Concordo que realmente sempre fomos um Clube dividido. Infelizmente, e acho que hoje estamos muito piores que há uns anos passados.

Em relação à luta contra a verdade desportiva, com Roquette e com Dias da Cunha batemos o pé, fomos campeões, contra tudo e contra todos. E sim, concordo que no passado mais recente entrámos num marasmo onde todos nos gozavam.

E para que não restem dúvidas, nunca votei Godinho, sempre fui contra a sua gestão. O mesmo não posso dizer do passado, como a grande maioria dos Sócios, que como eu votaram Roquette, Dias da Cunha, Soares Franco e Bettencourt, bem como aprovaram por larga maioria a alienação de património e outras mudanças em muito assistidas Assembleias Gerais.

Em suma, a união vem com vitórias e com paz. E o Presidente tem conseguido algumas vitórias importantes, que muito me fazem vibrar, falta perceber que tem que criar um clima de paz e acabar com este tom bélico que só nos vai prejudicar no futuro. Vamos ver como vai ser o Jogo na Luz daqui por umas semanas.

Obrigado pela sua participação e muito me agrada que continue a seguir este Blog. Aqui não há mestres, há opiniões pessoais.

SL

De Profeta a 14.10.2015 às 16:34

... e não esquecer as Assembleias-Gerais com 2\3 horas a refutar criticas a ele feitas nas redes sociais. Surreal.

Ou a forma como tenta marcar um antes e um depois da sua chegada.

São estas coisas que me fazem confusão, e não consigo ter confiança nele. Como Sportinguista, magoa-me.

Acho inacreditável ver miúdos a intimidar pessoas na internet por terem uma opinião, quando se sabe que está ali um Sportinguista como ele, mas que apenas tem uma opinião diferente. Mas é ele quem alimenta isto.

Se ele quer que os Sportinguistas tenham confiança nele, tem que tentar ser mais forte que qualquer critica. Tem que tentar ser consensual para com todos. Porque ele não pode se queixar que há adeptos que não gostam dele, quando é ele que não tenta ser o presidente de todos os Sportinguistas, mas apenas dos que votaram nele.

Quanto à gestão em si, tenho muitas dúvidas... Em todas as vertentes ele não tem meio-termo. Para mim, ou será um Pinto da Costa, ou um Vale e Azevedo...

De Lizardo a 14.10.2015 às 16:37

Essa começa a ser a opinião de uma cada vez mais maioria de Sócios. Não os miúdos que poluem as redes sociais, mas no Estádio, nos Pavilhões, nos Cafés e na Rua, a opinião começa a ser cada vez mais essa dúvida, ou resulta e tem que resultar a curto prazo ou vai rebentar e vai deixar marcas muito profundas no futuro.

Comentar post



Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Sobre

Sobre o Sporting, com verdade, exigência e espírito critico. Sem reverencias nem paciência para seitas!






Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D