Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Bardamerda

por Trinco, em 05.03.17

socios2.jpg

 

Está decidido!

 

Os sócios mobilizaram-se na maior votação de sempre e manifestaram-se de forma inequívoca e expressiva.

 

Escolheram o rumo e o timoneiro. São, somos, todos soberanos e responsáveis pela escolha. E com ela teremos que viver, para o bem e para o mal. Todos!

 

Não se espere no entanto, estados de graça, margens de manobra, cheques em branco e períodos de paz podre. A exigência será a mesma. Tem que ser, porque (ainda) somos o Sporting Clube de Portugal.

 

E ao "Bardamerda para todos aqueles que não são do Sporting Clube de Portugal" ontem proferido, acrescento convictamente o Bardamerda para todos os que não sabem o que é ser e representar o Sporting Clube de Portugal! Válido para todos também!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:09


10 comentários

De comentador desportivo a 05.03.2017 às 09:14

Bom dia.
Evitei comentar durante alguns dias por algumas razões.
Não tenham ilusões, o Sporting acabou.
Tenho andado num dilema, e ainda não consegui decidir.
Não faço parte de agremiações ou grupos de gente deste tipo, contudo ainda não consegui decidir se deixo realmente de ser adepto do Sporting.
Uma coisa está decidido, nos próximos tempos o Sporting deixou de ser o meu clube em Portugal.

Já agora uma vez mais o meu agradecimento a todos os redactores do blog por terem defendido o clube que em tempos foi o nosso clube, e mais do que a defesa dum clube, defenderam a moral e os bons costumes, que é o mais importante.

De Tulo a 05.03.2017 às 11:42

Muda para o Damaiense...

De João Carlos a 05.03.2017 às 13:34

O Sporting depois de batido o recorde de votantes nas eleições acabou? hahahahaha

é lidar

De comentador desportivo a 05.03.2017 às 16:01

Está equivocado, não tenho que lidar com nada.
Já não sou adepto desse clube.

De Berdamerda a 05.03.2017 às 14:13

Já vais tarde. Boa sorte a apoiar o Carnidense.

De Rato Azevedo a 05.03.2017 às 14:25

Eu sinto mais ou menos o mesmo que tu. Mesmo que o Azevedo caia brevemente (daqui a 1 ou 2 anos) já não apaga a mágoa de ver que aquela que era a melhor massa associativa do mundo se transformou... enfim, nem tem classificação a actual realidade do Sporting.

Da minha parte vou deixar de ver os jogos e de participar em blogs e debates em foruns. Chega.

Mas como não deixo de gostar de futebol vou-me entretendo com a Liga Espanhola e com a Liga Inglesa, apenas pelo prazer de ver os jogos, pois clubes do coração só existe um.

Embora em Espanha tenho gostado do Sevilla, em Inglaterra goste do United e em Itália do AC Milan.

De Rato Azevedo a 05.03.2017 às 14:28

Indo pelo mesmo registo do Azevedo, depois de 4 anos em que deu para conhecer a personagem e mesmo assim lhe deram 86% de votos, é caso para dizer: quem o meteu lá e quem o manteve para outro mandato, que se desenmerde com ele. Vão ter o que merecem, e não vou ter pena nenhuma!

Pena tenho eu agora, mas isso depois passa.

De comentador desportivo a 05.03.2017 às 15:50

Também vou fazer o mesmo.
Vou deixar de comentar.
Irei só comentar o desporto em geral.

De Passaleão a 06.03.2017 às 08:22

Apregoavam que havia uma maioria silenciosa que, solidária com o Marco Silva, o Paiva dos Santos, o Godinho Lopes, o Pereira Cristóvão, o Vítor Espadinha e outros titãs do sportinguismo contemporâneo, andava com o "Azevedo" pelos cabelos e trataria de o expelir .

Depois, o que as eleições mais participadas de sempre do SCP mostraram foi que, na realidade, o que há é apenas uma minoria ruidosa, desfasada do pensar e sentir profundos do Clube como porventura nenhuma outra minoria esteve ao longo de toda a sua história.

A conclusão é aquela a que muitas vezes as "vanguardas esclarecidas" chegam para explicar os insucessos:

É A REALIDADE QUE SE ENGANA.

De Trinco a 06.03.2017 às 09:56

Onde é que aqui, neste blog, se falou em maiorias silenciosas relacionando-as com as eleições e em solidariedade com quel quer que fosse? Onde? É que isto de mandar papaias para o ar sem provar tem um nome. Desonestidade intelectual. E pode ter outro. Mau carácter!
Depois, podem ter sido as eleições mais participadas em valores absolutos, mas não foram de todo as mais participadas no rácio com os que estavam habilitados a votar, nem sequer no rácio com o numero de sócios anunciado.
A conclusão é que a realidade, por ser factual, nunca se engana mas muitas vezes é obrigada pelos enganados a percorrer caminhos esconsos e sombrios. E a história mundial está pejada desses exemplos

Comentar post



Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Sobre

Sobre o Sporting, com verdade, exigência e espírito critico. Sem reverencias nem paciência para seitas!






Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D