Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Azevedo explica! Não complica!

por Lizardo, em 08.06.16

img_FanaticaBig$2015_05_31_22_23_00_968017.jpg

 

 

João Mário é nos dias de hoje, depois de acabar a época, o nosso maior ativo. Fez uma grande época, onde provou dentro de campo as indicações que foi dando durante os seus muitos anos de formação e afirmou de forma definitiva a excelente época que fez também com Marco Silva.

 

João Mário é o típico jogador que um Clube com um projeto e uma estratégia bem definida ambiciona ter. Formado dentro de casa, pouco ou nada mediático fora do relvado, um estandarte que orgulha os Sócios e Adeptos e que promove a inveja aos rivais pelas suas qualidades como jogador e pessoa.

É cada vez mais complicado segurar jogadores deste calibre no pobre e vergonhoso campeonato português, o último que transportou a nossa camisola como poucos foi Beto Severo e agora temos Rui Patrício que esperamos todos que continue por muitos e bons anos a par de Adrien Silva.

 

João Mário deveria ser intocável, mais que qualquer dirigente ou treinador. Mas o que vamos assistindo é exatamente ao oposto.

Fala-se que é um jogador para render 60 milhões de euros, mas não se cumpre com o prometido durante a sua renovação de contrato.

 

Os jovens da formação sempre foram tratados de forma desigual em Alvalade. Cédric saiu porque não viu o seu vencimento igualar o de Adrien Silva, e se bem nos lembrarmos, fez um percurso praticamente igual, mas tinha na época mais internacionalizações e era o jogador com mais anos de Sporting em todos os anos de formação.

 

Illori não se conseguiu segurar, Dier, que hoje é titular indiscutível de Inglaterra, saiu da forma que todos sabemos, vindo o pai do jogador recentemente afirmar em entrevista que o atleta não ficou em Portugal devido à resistência negocial de Bruno Azevedo de Carvalho. Como estes temos mais exemplos, onde o jogador formado internamente tem um tratamento diferente do jogador comprado. A diferença é evidente. Os nossos formados jogam, defendem a camisola, ou outros, os búlgaros e escoceses ganham dinheiro e tiram fotos na praia.


Felizmente esse paradigma começou a ser alterado ainda na gestão de Godinho Lopes com a polémica renovação de Adrien. Rui Patrício é hoje um dos mais bem pagos também, e esperamos que em breve, Gelson e Rúben Semedo cheguem a esse patamar. João Mário, claro está, a par dos três primeiros, com a companhia de William Carvalho, merecem ser os jogadores mais bem remunerados do plantel, não só pela qualidade, mas pelos anos que oferecem ao Sporting. Da casa, com cultura de Sporting, e acima de tudo, acarinhados pelos Sócios e Adeptos.

Tudo isto parece tão evidente que estas últimas notícias sobre a renovação de contrato do irmão de Wilson Eduardo nos deixam a pensar que estratégia ou que interesses se escondem e habitam na mente de Azevedo de Carvalho.

 

Uma estrutura de futebol obriga a referências dentro do balneário. O Porto tem André, João Pinto, Paulinho Santos, o Benfica Rui Costa, Shéu, nós temos um escondido Manuel Fernandes, que assim conseguiu ser silenciado e um Augusto Inácio, que brilhou mais de azul e branco, como Octávio Machado que do chamado “futebol moderno” percebe “bola”.

Em suma, há todo um conjunto de questões que mereciam uma resposta urgente por parte do Presidente. Bem sabemos que este episódio não envolve o Benfica. Se assim fosse já teríamos uma resposta à altura. Assim, vamos supondo, e vivendo na angustia, que todos os anos vivemos, de ver sair de forma pouco digna as nossas maiores referências de futuro, e com Bruno de Carvalho já saíram muitas e muitas mais se vão seguir, em todos os escalões de formação e nas mais diversas modalidades.

PS: Confundir o Presidente com o Sporting é uma estratégia que me preocupa. Fazer capa com “João Mário magoado com o Sporting” não me parece verdade. Agora acredito piamente que estará magoado com o Presidente. E sobre isso tenho cada vez menos duvidas.

PS2: A SAD está em mudanças, o Mosquito investe, o Sobrinho prepara-se para sair, Manaus é um destino de sonho para viver a vida. Lavagem, off-shores, comissões e Família, eis o novo Sporting.

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:40



Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Sobre

Sobre o Sporting, com verdade, exigência e espírito critico. Sem reverencias nem paciência para seitas!






Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D