Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Auto-Flagelo

por Lizardo, em 19.05.16

13250580_1080347132039490_1445141577_n.jpg

 

Jorge Jesus parece ter acabado uma novela que nem deveria ter começado. JJ tem contrato, é o melhor treinador do momento em solo nacional, e muito sinceramente, poucas provas tem a demonstrar sobre as suas capacidades.

Tem que melhorar, sem dúvida, os seus “mind games”, neste capítulo foi muito mal assessorado ou nem se deixou aconselhar. Durante grande parte da época, ao apontar todas as baterias a um só rival, esqueceu ou esqueceram que o futebol é muito mais que o Benfica e as arbitragens, e quando acordaram para a realidade já o rival nos tinha superado na tabela classificativa.

 

Jorge Jesus é sem sombra de dúvidas o grande pilar deste Sporting. E é com ele e nele que depositamos grandes esperanças na próxima época, onde não se vão tolerar faltas de atitude nas mais variadas competições onde estamos envolvidos.

 

Sobre Azevedo de Carvalho reside a esperança que tenha compreendido a razão de ser tão criticado pelos seus. Mais que pelos rivais. A sua forma de estar, tom e acima de tudo uma falta de nível tão avassaladora, provocou e ainda provoca que todos os seus ataques se tenham virado contra Si e contra os Sócios que lhe pagam o principesco ordenado e outras mordomias.

 

Azevedo de Carvalho tem que perceber de uma vez por todas que o Sporting Clube de Portugal não se gere nem pode ser dominado por uma só pessoa. Uma instituição da dimensão do Sporting obriga a que gestores e outros administradores possam e devam vetar certos e determinados comportamentos e estratégias. Esta época que agora finda, revela que na maioria dos caminhos decididos e trilhados por Azevedo nos levaram a perder jogadores chave, a perder processos em tribunal, a perder jogos e títulos, e acima de tudo, a perder notoriedade e poder junto dos principais players e bastidores do futebol.

Alvaro Sobrinho deve estar atento. O principal acionista da SAD não pode nem deve permitir estes comportamentos, pouco dignos e sem qualquer retorno financeiro e desportivo na gestão de um Clube Empresa.

 

Alvaro Sobrinho tem poder. E acredito que na próxima época o vai utilizar em prol dos interesses do Sporting, e claro, os seus também. Pois a estratégia seguida, e cada vez mais evidente é a de criar e instalar o Caos no futuro, onde os Sócios vão ter que decidir perder a maioria da SAD para resolver muitos problemas, ou continuar no rumo do aventureirismo com mais Azevedos de Carvalho ou outros Cotonetes da vida airada que vão passeando de forma vaidosa pelos corredores de Alvalade.

Sobre a época que passou pouco mais há a dizer. Questiono-me a mim mesmo, lembrando-me da época de Marco Silva, e das declarações de vários ilustres e até do Presidente, criticando a gestão do jovem Mister, se este ano não teria acontecido o mesmo em relação a Jorge Jesus. Bruno Azevedo de Carvalho vive num limbo emocional que não permite utilizar a razão na avaliação.

Em suma, três épocas, quase 100 contratações depois, a espinha dorsal da equipa sustenta-se nos jogadores que já estavam no Sporting há muitos anos. Três épocas depois conseguimos um apuramento para a Champions com o terceiro treinador em três anos. Três anos, depois de dezenas de processos em tribunal, poucas vitórias para o Presidente. Se alguém anda a fazer mal ao Sporting é o Azevedo de Carvalho. É tempo de, internamente, lhe meterem o freio nos beiços e travar os coices do rapazola.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:51


4 comentários

De Profeta a 19.05.2016 às 10:11

Então o Sporting não tem os milhões da doyen penhorados? Agora vai ceder a chantagens do treinador? Não precisa de vender?
Ou seja, um quer sair do Sporting como campeão, e o outro continua a empurrar com a barriga, pois a prioridade é a reeleição. Para o ano será o tudo ou nada. E se a coisa correr para o torto como correu este ano, então ai sim, o Sporting pode ficar muito mal (se é que não está já). Eu continuo a achar que o melhor teria sido o Marco Silva continuar. A contratação do Jesus foi uma fuga para a frente, e hoje o presidente está nas mão do treinador. E quando ambos são loucos...

De Não me deixem cair a 19.05.2016 às 11:49

O “Olhem bem para nós que não vamos sair do 1º lugar” ainda ontem garantiu que tal como tinha prometido o Sporting fez uma época sempre com os pés bem assentes na terra. Agora para apanhar as canas é que vai ter que dar uns saltinhos.

De comentador desportivo a 20.05.2016 às 13:35

Muito bem caro "profeta".

Em relação a para o ano ficar pior, as coisas mal já estão, só que há uma grande campanha de propaganda, desinformação, contra informação para iludirem os adeptos, e continuarem a iludir os adeptos.

Repare temos factos concretos, não que já não se soubesse, mas foram tornados públicos pelo Football leaks, e o que é que aconteceu? nada!

Agora ponha as coisas de outra forma, aqueles dois rapazes que andaram a recolher assinaturas, com estes factos quantas assembleias já não teriam convocado?
Mais que muitas.

Por isso digo e repito, o Sporting nunca foi a prioridade, foi apenas um meio, e para isso fizeram um " golpe de estado ".

Ou você acha que se eles não recebessem nada como os anteriores presidentes, e ainda colocassem os seus bens ao serviço do clube, tinham ido para lá?!

Ele nem o carro pagou, que estava á dois anos na parque do estádio.
Mas isto é alguma coisa, de alguém que tenha dignidade para ser presidente do clube!

Só se itat saber o estado teal do clube, passado algum tempo dele sair de lá, pois como vigarista profissional que é, as contas vão estar maquiadas, e escondidas.

De Sapo Sapeca a 19.05.2016 às 13:56

Que post absolutamente "doente"!

Comentar post



Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Sobre

Sobre o Sporting, com verdade, exigência e espírito critico. Sem reverencias nem paciência para seitas!






Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D