Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Auto de Fé

por Lizardo, em 29.06.15

paradigmas-5-638.jpg

 

 

O dia 28 de Junho de 2015 vai ficar na história do Sporting pelas piores razões. E muitas têm sido as péssimas páginas que se têm escrito nos últimos anos.

 

O reinado de Godinho foi miserável, seja do ponto de vista desportivo seja no ponto de vista financeiro, apesar de, muitas das vendas de jogadores da atual direção serem jogadores adquiridos nos anos de Godinho.



A oposição de Bruno Carvalho durante o reinado de Godinho foi vergonhosa.



As eleições perdidas por Bruno Carvalho, o insistente afirmar de viciação de resultados e as lamentáveis cenas de pugilato e tentativas de agressões nessa noite foram também de uma pobreza sem igual.

 

O voltar a uma oposição baixa e reles, com ataques pessoais e poucas propostas para o Clube de todos os envolvidos na campanha eleitoral que se seguiu.

 

A péssima estratégia de Couceiro, ou melhor, Peyroteo, que se candidatou sem qualquer programa e completamente lançado às feras para fazer número e identificar de forma clara a cisão que existia já na época entre Sportinguistas.

 

Todo o reinado de Bruno Carvalho, que tem pontos positivos pois claro, mas o que fica na retina neste momento são as guerras de alecrim e manjerona que vão prejudicando o Clube financeiramente e mediaticamente:

 

Processos a Sócios
Litígio com a Macron
Caso Doyen
Processo Luís Duque
Processo Godinho Lopes
Processo Somague
Processo Marco Silva
Entre tantos outros que andam a preencher varas de tribunais por este país.

 

O dia 28 é histórico pelas piores razões.

Ficámos a saber, ou melhor, em pequenas frases e chavões aventados para uma plateia sedenta de sangue, que existiu dolo e aproveitamento financeiro e patrimonial por parte de alguns dirigentes.

Tanto se criticou o Projeto Roquette, e agora, em parte, ficámos a saber, ou querem que acreditemos que assim seja, que afinal tudo foi o Projeto Godinho.

Ou seja, esquecemos completamente quem desenhou todo o projeto, esquecemos o Pongolle e o Tello, esquecemos o Bettencourt e esquecemos o Jardel e o João Pinto de Dias da Cunha e de José Veiga. O mal, todo ele, reside e vive em Godinho Lopes.

 

Se assim for, vergonhoso, uma nódoa negra bem grande e que vai demorar muito tempo a sarar. E se assim for, que seja efetivamente expulso.

Mas, vergonhoso é também a forma como se expulsa um sócio sem direito a contraditório, sem que o que lhe apontam tenha sido escrutinado pelos sócios, pelo ministério público.

Fica a ideia que as auditorias não podiam continuar mais tempo na gaveta e agora teriam que ter sangue, nem que fosse um pequeno saco de plasma, que anda tão na moda, e quem melhor para ser o acusado? Godinho Lopes. Este tem agora 30 dias para recorrer, e sem saber o que está plasmado nas Auditorias não podemos afirmar de viva voz que vai ser efetivamente expulso. Dá até a ideia que não o será e que tudo isto não passou de mais um laivo populista de dividir ainda mais para reinar e que os tribunais daqui por uns meses estarão a dar razão ao Godinho Lopes, uma vez mais.

É realmente triste ver como se pede a fogueira para um Sócio sem se saber as verdadeiras razões para o queimar.

É realmente muito triste tudo o que ontem se passou. Pois o que realmente era importante era apresentar dados e números concretos e afirmar de viva voz que se iria avançar para as instituições competentes e mediante a sua avaliação avançar para a expulsão de sócio de todos os envolvidos se assim se fizer prova.


Ontem abriu-se uma porta que vai ficar durante muito tempo aberta e que o próprio Bruno Carvalho não vai conseguir fechar, e quem sabe, no futuro não sairá também por ela.

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 10:26


2 comentários

De SoapBoxNut a 29.06.2015 às 14:27

Isto é um insulto a todas as vítimas da Inquisição em Portugal

De Jorge a 29.06.2015 às 14:55

Litígio com a Macron?!

Lapso seu ou desatenção minha? não me lembro...

Comentar post



Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Sobre

Sobre o Sporting, com verdade, exigência e espírito critico. Sem reverencias nem paciência para seitas!






Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D