Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Aquisições do passado para o futuro

por O 6º Violino, em 09.06.15

reforco-positivo-repressao-ensino-medicina1.jpg

Afazeres profissionais não me permitiram fazer um balanço das aquisições/reforços da última temporada.

Também não queria fazer antes da da temporada terminar, para não ser acusado de desestabilizador, como é prática acusar quem tem opinião e não tem medo de a dar.

Saber com que Marco Silva foi "presenteado" e saber se Jorge Jesus vai ou não contar com os jogadores adquiridos na temporada finda. Passemos à minha (só minha) análise:

Paulo Oliveira: Depois de uma pré-temporada terrível, ganhou o seu espaço. Claramente uma boa aposta, não sendo uma estrela. (ver número elevado de golos sofridos)

Simeon Slavchev: Internacional búlgaro, nada trouxe de novo ao Clube, nem ao Bolton (enviado em Dezembro e recambiado rapidamente). Só com um milagre, Jesus fará alguma coisa dele.

Oriol Rosell: Vindo de um campeonato pouco brilhante em termos técnicos, esperava mais dele. Nunca foi substituto à altura para substituir William Carvalho. Sem raça, sem qualidade de passe, fraco a fechar espaços. Naturalmente, um jovem sair do Barcelona para os Estados Unidos traz água no bico.

André Geraldes: Com Cedric, Miguel Lopes e até meio da temporada Esgaio, não se percebe a aquisição, para lá de não trazer nada de novo.

Junya Tanaka: Bom pé esquerdo, bom rapaz, mas pouco, muito pouco, para um candidato a titulos. Merece segunda oportunidade, no entanto.

Ryan Gauld: Como aposta de futuro, aguardemos. Terá de melhorar muito a sua massa muscular. Tem tempo.

Naby Sarr: Inqualificável a falta de jeito para a modalidade. Queriam alguém para vender artesanato na praia, tinham ido à Costa da Caparica, que saía mais barato. Está para Marco Silva o que Sepsi esteve para Jesus.

Ramy Rabia: Podia fazer par com Naby Sarr, e a banca de artesanato ficava mais composta. Inenarrável.

Jonathan Silva: Um jogador mediano, que ataca bem,mas defende menos bem. É novo, e não se pode comparar aos dois charutos de que falei anteriormente.

Nani: O coelho tirado da cartola. Não merece reparos. Com Nani em Alvalade, era ele e mais 10.

Hadi Sacko: O treinador queria Evandro, levou com Sacko no dia seguinte. Bom para a segunda liga.

Jorge Santos: Também conhecido por Gazela, foi rápido a provar que o lugar era no C.N.S.,tendo sido emprestado ao Salgueiros 08. Aquisição mistério,ou não...

Ewerton: Chega tarde e lesionado. Bom sentido posicional,mas lento. Cuidado com os avançados rápidos, com os quais tem muitas dificuldades.

 

Portanto, desta rapaziada toda, será curioso saber o que vai fazer Jesus com eles....

 

SL

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 23:15



Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Sobre

Sobre o Sporting, com verdade, exigência e espírito critico. Sem reverencias nem paciência para seitas!






Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D