Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



A garantia

por Trinco, em 13.07.15

img_DistribuicaoOil_Retalho.jpg

 

Está hoje lançado o alarme por causa da garantia de €5M da GALP.

 

Que estava escondida, que não se conhecia até à ultima fase da auditoria, que a responsabilidade é, mais uma vez, de Godinho Lopes (que cometeu erros atrás de erros, mas não é seguramente o responsável único, como querem agora fazer passar, pelo estado a que o Clube chegou) e que acima de tudo compromete gravemente a exequibilidade da reestruturação.

 

Sinceramente, custa-me a acreditar neste desconhecimento total e absoluto desta garantia.

 

O caso diz respeito à instalação das bombas da Galp nos terrenos fronteiros ao topo Norte do antigo estádio, às quais nunca foi dada autorização de exploração e uso por se considerar estarem instaladas em terrenos de donos diferentes (SCP e CML) tendo havido necessidade de juntar os mesmos de modo a conseguir um lote unificado. Por nunca ter acontecido, a GALP nunca terá pago as rendas devidas mas teria uma garantia de €5M sobre a assinatura do acordo.

 

O caso foi a AG em 14 de Outubro de 2011 (ponto dois), tendo sido aprovada a operação imobiliária que possibilitaria completar o lote e finalizar o processo. E voltou a 30 de Junho de 2014 (ponto quatro), já sob a vigência deste Conselho Directivo.

 

E este é um dos factores que me faz custar acreditar nesse desconhecimento. Esse e o facto de a auditoria já ir na fase 3, com muita pedra virada, nomeadamente na fase 1, de a própria reestruturação ter tido obrigatoriamente que fazer uma auditoria sumária que possibilitasse definir os termos em que poderia ser feita.

 

Por outro lado, custa-me a acreditar no peso condicional de €5M numa reestruturação de quase 10 vezes mais. Mais a mais num momento em que os orçamentos crescem significativamente (e ainda bem desde que este aumento seja consciente e coerente e acima de tudo bem aplicado em objectivos estratégicos e não no estrito imediato), já com o conhecimento desta condicionante, quer no futebol quer nas modalidades.

 

Entendo a vertente emocional desta dramatização, mas falta a componente racional que a sustente. Ou então as coisas foram feitas, pouco ligando a estas reservas, e agora percebe-se que o problema estoirou e que a coisa se complica. E isto está longe de ser uma gestão de excelência como foi anunciada.

 

Ou ainda a garantia já ter sido "trespassada" para garantia de outros serviços e/ou trabalhos a terceiros e agora se ficar de mãos atadas sem dinheiro para a obra a mostrar...

 

P.S. Sobre o desconhecimento total e absoluto, aconselhava a leitura do R&C do Exercício de 2012/2013 do SCP (e admito que já lá estariam nos anteriores), páginas 93 e 94. Isto não quer dizer que a garantia não seja um problema, que é, mas não é um problema desconhecido, descoberto em 2015!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 10:29



Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Sobre

Sobre o Sporting, com verdade, exigência e espírito critico. Sem reverencias nem paciência para seitas!






Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D