Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Mais um...quizz

por Trinco, em 27.09.17

quizz-21.jpg

 

O homem que preside ao Clube que aconselha por SMS os humildes associados a não chegarem atrasados a um evento de lazer, não se coibiu hoje de se atrasar 45 minutos (menos mal, que o ano passado, na recepção nos Paços Concelho, no Machico o atraso foi de mais de 1 hora) a um compromisso profissional.

 

Uma função para a qual é remunerado apesar de a exercer em regime condicionado pelos constantes castigos a que se sujeita.

 

Eles que esperem dirão muitos, rapidamente assumindo as dores dele.

 

Desculpar-se-ão com o transito, com consultas de obstetricia ou com as inúmeras decisões que se obriga a tomar diariamente, privado de sono pela sua anunciada jorna de 24 horas.

 

Mas o quizz, versando o almoço, não diz respeito às razões do atraso.

 

Cá vai.

 

Será verdade que a "directora de uma coisa que não se sabe bem o quê" e sua amada esposa o acompanhou?

 

Sendo "directora de uma coisa que não se sabe bem o quê",  e esticando o conceito esposa do presidente, não seria algo completamente inusitado, mas:

 

Será que a "directora de uma coisa que não se sabe bem o quê" se apresentou num acto profissional e institucional de fato de treino e ténis? (quanto se gozava, quando ainda podiamos, com os "fátetrêne" dos outros...)

 

E será que perante isto a comitiva do Barça ameaçou abandonar o restaurante?

 

E será que, tendo acedido a permanecer, ainda tiveram que ouvir o discurso final de Azevedo de Carvalho em que nada mais brilhante se lembra de afirmar que o Sporting e o Barcelona teriam muito em comum, desde logo o facto da nada terem ganho na época que passou?

 

Já sei! Isso não me interessa nada desde que se ganhe...Sejam felizes. E se fosse apenas e só para ganhar, a qualquer custo, seguramente não seria Sportinguista.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:31

O regresso dos LAMBUÇAS

por O 6º Violino, em 26.09.17

img_770x433$2017_07_01_00_37_04_1284050.jpg

Este é um dos títulos possíveis para o que se vai passando nos corredores e camarotes de Alvalade.

 

Podia estar aqui a colocar mais um "quizz" no ar e esperar que saíssem desmentidos. Nenhum dos assuntos que para aqui trouxe foram desmentidos, nem podiam ser. Foram factos reais de confusão entre a vida privada e a gestão de um Clube.

 

O que hoje aqui vos trago são mais uns factos que não vão ser desmentidos. Bruno Miguel, agora com Joana de Carvalho como número dois do Clube, fazem do mesmo uma quintinha dos próprios. Esqueçam o vídeo ridículo e absurdo...

 

A nova número dois do Clube já pouco ou nada fazia no Clube há vários meses. Já nem sequer dava à sua antiga chefia qualquer justificação para as ausências. A nova número dois e nova directora ninguém sabe do quê, para além de ter levado as suas duas amigas para o Clube, aparece nas instalações do Clube uma vez por semana. Poderá estar em serviço a escolher o enxoval do seu novo rebento. O "boss" deixa. Mas Joana de Carvalho e Bruno Miguel perderam totalmente a vergonha. O Sporting está transformado numa nova "Santa Casa dos Lambuças". É tudo à grande e à papalvo.

 

O Sporting continua a espremer os seus associados com preços altos dos bilhetes.

 

Joana de Carvalho teve direito a 90 convites para distribuir pelos seus amigos. Se isto não é pior que no tempo dos Lambuças, é o quê ? 

 

TENHAM VERGONHA DO QUE ANDAM A FAZER!

SL

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 10:18

Hipnose colectiva

por O 6º Violino, em 07.09.17

foto-benny-hinn-1.jpg

Com o aparecimento de várias seitas e religiões nos finais das últimas décadas do século passado, imagens deprimentes já se tornaram vulgares e passaram a ser actos normais. Charlatões que se aproveitam, na maior parte das vezes da pobreza, da doença e das fragilidades alheias. Todos eles enriqueceram à conta dos dízimos e das ofertas dos desesperados. 

Fazendo o paralelismo para o Sporting, temos como ponto de partida o legado de Godinho Lopes. Godinho "matou" à fome os adeptos do Sporting. O Sporting ficou doente, quase em estado terminal. 

Bruno Miguel (como gosta de ser tratado por Azevedo,não o vou fazer) entra em Alvalade e torna-se um populista, como já antes tinham sido Jorge Gonçalves, Sousa Cintra e Santana Lopes. Os sócios do Sporting sempre tiveram "jeito" para escolher Presidentes. Mas foram sempre escolhas livres, e creio que em consciência. Ou porque não havia melhor, e no caso das últimas eleições, o então candidato Madeira Rodrigues mostrou-se mesmo muito fraco, e assim continua, a cada aparição.

No fundo, o não aparecimento de uma alternativa credível fez com que o Bruno Miguel se ache dono do Clube, e pense que está autorizado a fazer tudo. O último show televisivo que deu mais não é a continuação do que tem sido a sua actuação ao longo destes anos. 

Bruno Miguel usa literalmente a televisão do Clube para se "vender", para que o seu pão continue a ser ganho. Bruno Miguel faz dos seus entrevistadores meros bonecos. E eles parecem gostar, o que me faz alguma confusão. No caso de Rui Pedro Mendonça, um jornalista que sai da SportTv e quase que é tratado como um cão, faz-me mesmo confusão. Só faltou sentar e "dar a pata". 

No fundo, Bruno Miguel, como disse, para além de ter sonhado ser Presidente aos 6 anos, também sonhou ser jornalista. Creio que não era para fazer as figuras que fez passar o Rui.

Acrescento eu que Bruno Miguel também deve ter sonhado ser humorista. Na realidade o Sporting está cheio de sonhadores. O José Pina e o Quadros também gostavam de o ser. Por isso estão todos juntos a ver se sai dali algum.

Bruno Miguel continua a ser uma caricatura de Presidente. Podia ter aproveitado para explicar o aumento da massa salarial do staff do Sporting, bem como a entrada do já famoso "trio do gin". Ao contrário, serve-se da televisão para, fazendo a figura patética do costume, justificar-se perante quem lhe paga principescamente. 

Bruno Miguel gosta de fazer-se de ofendido,e mais uma vez, numa actualização do seu Spotify, voltou a insultar todos os sócios que não lhe prestam vassalagem, ora porque não precisam, ora porque estão fartos das suas "labreguices" constantes.

O Bruno Miguel não aprende. Nem quando o Clube tem um evento histórico decorrente da inauguração do almejado pavilhão consegue fechar a boca. É mais forte do que ele. E não vale a pena invocar a família, por várias razões, porque já o fez muitas vezes (e já são várias as suas famílias), e porque continua a permitir que familiares seus continuem a insultar Sportinguistas nas redes sociais. Quem mistura família com o Clube é o Bruno Miguel. Quem dá tachos a familiares e amigos é o Bruno Miguel. Quem paga para ofender e perseguir sócios é o Bruno Miguel. Depois aparece com uma enorme lata. São assim os Maduros e outros lideres que adormecem e hipnotizam o seu povo. 

O despertar da hipnose leonina vai ser violento, acredite, Bruno Miguel. 

SL

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:13

Modalidades caviar

por Trinco, em 01.09.17

ikra-stavki-na-krasnuyu-i-chernuyu.jpg

 

 

Pessoalmente, cada vez menos me interessa o circo das plataformas rotatórias de jogadores em que se transformaram os clubes de futebol, com negócios e gestões nada claras e seguramente pouco transparentes e rigorosas.

 

Disso mesmo são exemplo as considerações de "custo zero com compra obrigatória" (temos 2, Doumbia e Ristovsky, €3M e €2.5M respectivamente) ou a inclusão de artifícios de linguagem para declarar uma venda mais alta do que ela realmente é (Schelotto, jogador renovado em Janeiro deste ano com clausula de €45M, com o seu "até €3M€" - que no limite podem ser €0 - é o nosso exemplo acabado).

 

Acontece que no meio deste ruído todo, o Clube achou por bem informar os preços da nova Gamebox Modalidades. Assim ao jeito de "deixa ver se passa e se não fazem barulho".

 

€250 é o valor para as 4 modalidades.

 

Não tardaram muitos avençados a tocar o samba do "até não é caro...". Que "€3.12 por jogo é um bom preço". Só que, assumindo o preço de €4 pelo bilhete avulso para sócio (e há preços máximos tabelados) basta falhar 5 jogos em cada modalidade (o que em 80 jogos, com calendarizações tão diferenciadas nem é nada de estranho) para esse "lucro" se esfumar.

 

Mas o pior é para quem compare com os preços praticados em 16/17. Nessa época, cada Gamebox individual (sim, havia-as, ao contrário de agora) custava €30 e a conjunta €75.

 

Comparando o comparável, a Gamebox conjunta, esta aumenta de €25 para €62.5 por modalidade (particionando os valores globais). Um aumento de 150%. Coisa pouca!

 

E mais. Aplicando esse valor, €62.5 (que a existir seria seguramente mais alto), numa hipotética separação avulsa por modalidade e tomando por exemplo o Futsal, cada jogo (18) ficaria a €3.47, deixando de compensar ao falhar os tais 5 jogos.

 

E vantagens para os anteriores detentores deste bilhete de época? Só para os que compraram a 1ª em 10/11 e apenas para a pagarem ao mesmo preço durante 3 dias antes da venda geral.

 

E os participantes na Missão Pavilhão, conforme chegou a ser promovido? Nada!

 

O Sporting é "nosso"!

 

E se as coisas falharem a culpa é dos sócios que não colaboram.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:03


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Sobre

Sobre o Sporting, com verdade, exigência e espírito critico. Sem reverencias nem paciência para seitas!






Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D