Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



O que fazer ao dinheiro?

por Trinco, em 30.12.15

dinheiro_euros_5_pagina.jpg

 

Ponham-se de parte as comparações rivalizantes (que na maior parte dos factores nem é comparável), as aritméticas, as formas de recebimento e passemos ao que verdadeiramente interessa.

O que se vai fazer (a SAD, entenda-se, já que a beneficiária de 70% dos anteriores contratos já se encontra no seu dominio) com estes €515M? O que se vai fazer com estes €36M em média por época?

 

  • Resolver eventuais problemas imediatos (desta época) de tesouraria decorrente de objectivos falhados?
  • Resolver já conflitos juridicos evitando o risco de juros acrescidos, independentemente do proseguimento de eventuais recursos?
  • Abater ao passivo?
  • Prevêr a integração no pagamento de obrigações derivadas da reestruturação?
  • Cativar verbas para pagamento de obrigações a prazo, que permitam sem sobressaltos a manutenção da maioria da SAD?
  • Antecipar receitas?
  • Apostar no futebol profissional?
  • Apostar no futebol profissional já, de modo a aumentar as hipoteses de sucesso já nesta época?
  • Investir na formação?
  • Planear a médio prazo a actividade?
  • Promover uma politica de preços dos seu produtos que permitam maior participação e com isso aumentem a exposição e o seu valor?
  • Comparticipar solidariamente a actividade do Clube?

 

E já agora que novos encaixes se conseguirão promover a meio do prazo destes contratos onde é facilmente previsivel (e será até desejável pois significaria o crescimento do Clube e do negócio) que haja um desfasamento entre o que se recebe e o valor de mercado do que se vendeu?

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:00

Direitos

por Trinco, em 29.12.15

 

European-Commission.jpg

 

E se de repente, e isto não terá tanto a ver com o Sporting isoladamente, mas sim com o negócio futebol profissional no seu ecossistema alargado, os restantes clubes profissionais, sentindo-se prejudicados pela ausência de uma negociação centralizada dos direitos de transmissão; assumindo a pertença colectiva de todos os direitos relativos à exploração comercial das competições profissionais de futebol, às sociedades que nelas participem como previsto nos estatutos da LPFP (mesmo que o regulamento das competições pretenda aplicar uma excepção que se torna inválida pelo presente nos estatutos) promoverem uma queixa à Comissão Europeia por monopólio?

 

E se a mesma Comissão Europeia cumprir os seus pressupostos no principio de:

EU competition law covers antitrust, mergers and state aid. Most sport cases have been handled under EU antitrust rules, which prohibit anti-competitive agreements and practices as well as abuse of a dominant position. These cases concerned revenue-generating activities connected with sport, such as media rights and ticket sales and regulatory/organisational aspects of sport.

 

Em que:

The Commission accepted the joint selling of sport media rights by football associations on behalf of football clubs (as opposed to the sale of these rights by the individual clubs themselves), provided certain conditions were fulfilled. These include, inter alia, the sale of sport media rights through open and transparent tender procedures, a limitation of the rights' duration (usually not exceeding three years) and the breaking down of the rights into different packages to allow several competitors to acquire rights.

 

E depois, até a aprovação pela autoridade da concorrencia, pode não ser assim tão linear. Além da possivel análise dos pressupostos anteriores, à primeira análise, até o prazo demasiado extenso do contrato pode ser motivo para uma reprovação.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:46

2015

por Trinco, em 29.12.15

2015-new-year-wallpaper.jpg

 

Factual e mais ou menos cronologicamente…

Janeiro
Um conselheiro e fornecedor do Clube desestabilizou o grupo de trabalho atacando o seu treinador, sem que tenha havido qualquer defesa oficial; estabelece-se um clima de rotura e guerra aberta; afirma-se ainda assim que a missão é agregar, e não dividir; adeptos mostram solidariedade ao treinador; trégua e paz podre até ao final da época; reforços de inverno seriam apenas e só os que jogassem na B; Tobias sobe em detrimento de Rabia; tenta-se renovação com Carrillo; CF pressionado a abrir inquérito ao conselheiro e fornecedor do Clube, não faz por pedido expresso do presidente; Maurício é emprestado à Lazio; Patrício defende o treinador; é anunciada a entrada de 18M€; anuncio da inauguração do pavilhão em Dezembro de 2016; 8 vitórias consecutivas; Jesus provoca Sporting por causa da taça da Liga, com direito a resposta humorística no twitter oficial; é contratado Ewerton, lesionado e sem jogar há 4 meses; adeus de Proença reúne Carvalho, Vieira e Antero; o conselheiro e fornecedor do Clube relata acordo entre Ricciardi e Carvalho; Carvalho processa adeptos por difamação; Shikabala desaparece.

 

Fevereiro
6 vitórias consecutivas na Liga; cachecol misto à venda na Loja Verde sem autorização; 6 titulares da formação do derby; Proença tem apoio dos 3 grandes; adepto ferido com gravidade em queda no fosso; inicia-se guerra com Benfica com troca de galhardetes; Sporting prejudicado com arbitragem europeia; Sporting faz exposição ao MAI, PGR e IDPJ por causa da violência nos estádios; Jeffferson é afastado com processo disciplinar; Carvalho suspenso por 1 mês; apresentados 24M€ de lucro no 3º trimestre de 14/15.

 

Março
Sporting condenado a pagar 594k€ a Bojinov; Jefferson reintegrado; Sporting ganha caso Turan no TAS; Sporting reclama 40M€ da CML; Carvalho promete deixar de fazer considerações sobre a equipa no Facebook; SAD afirma que irá haver mais dinheiro para o futebol e confirma investidor com 18M€; é comunicada uma prospecção mundial por patrocínios para futebol e estádio; 1 ano de invencibilidade em Alvalade; Hora do presidente; 1ª pedra no pavilhão; Wallyson renova até 2021 e é afirmado como forte aposta da SAD; Carvalho diz que rivais tremem todos os dias e que vamos ter pavilhão “doyen a quem doer”.

 

Março
Carvalho exige taça e acesso á CL; noticias de revolução de plantel à margem das decisões do treinador.

 

Abril
Parcerias em S.Tomé; 3º lugar da UEFA Futsal Cup; Conquista da taça CERS em hóquei; Auditoria falha prazos de apresentação; Vitor Ferreira demite-se.

 

Maio
Garantido o Playoff da CL;  empréstimo obrigacionista de 30M€ no prazo de 2015-2018 com taxa de 6.25%; Sporting rompe com Somague e adjudica obra do pavilhão à Ferreiras; UEFA aplica pena suspensa de 2M€ em caso de défice no exercício seguinte; depois de avanços e recuos Sporting tenta rompimento com Zahavi; Sporting promove festa da taça em Alvalade com Bifanas a 40€, o evento é desmarcado; Carvalho afirma não saber o orçamento e que Pavilhão é inaugurado a Março de 2017; Labyad é aposta até 2020; record na média de assistências em Alvalade; primeira ligação a Jesus; Boa Morte afirma ter encontrado falta de atitude e empenho; a equipa feminina de Basquete sagra-se campeã; conquista-se a Taça de Portugal.

 

Junho
Jesus no Sporting; Silva ainda com contrato; Silva despedido pelo serviço jurídico, com alegação de justa causa em processo de centenas de páginas; Carvalho volta a promover clima de guerra civil interno apontando o dedo a dois vários sócios; Cedric é vendido; Jesus visita Alcochete; Danilo (quase) contratado; braço de ferro com Silva; apresentadas conclusões da Auditoria; aprovada a expulsão de sócios; Carvalho dramatiza, falando em Morte.

 

Julho
Octávio regressa; contratados Ruiz, Gutierrez, Pereira, Ciani e Naldo; Wolfswinkel passeia em Lisboa; William de fora por 3 meses; Jesus controla todo o futebol; Mané renova até 2020; Sporting apoia, com Porto, Proença na Liga.

 

Agosto
É licenciada e começa a obra de escavações e contenção periférica do Pavilhão; Paulista e Aquilani contratados; Ciani dispensado; Boateng passeia em Lisboa; cabeça de série no playoff da CL; vitória na Supertaça; morre Jorge Gonçalves; Sporting eliminado da CL com queixas da arbitragem.

 

Setembro
Sporting rejeita propostas por Carrillo; aumentos salariais para os membros do CA da SAD; lucro de €19.3 em 14/15; Guilherme Pinheiro afastado; Carrillo é aposta de Jesus; Carrillo suspenso; são apresentadas as últimas fases em atraso da auditoria onde surge o conselheiro e fornecedor do Clube como beneficiário de negócios lesivos para o Clube; Carvalho dispara para todo o lado em longo discurso em AG; é “apresentado” o governo Sombra e posteriormente a lista alargada de apóstolos; 50 guerras identificadas em dois anos de mandato; Mosquito e Desportivo de Caála surgem na órbita da SAD.

 

Outubro
Footbal Leaks pública muitos documentos que não são negados e fazem luz sobre muitos assuntos; queixas à PJ e MP; circo na TVI, com rival e arbitragem a serem eleitos como principais temas da narrativa institucional; Rui Morgado demite-se.

 

Novembro
Bruno César e Schelotto contratados; Carvalho prevê. “Não vamos sair do 1º Lugar”; rival de Lisboa e arbitragem continuam a ser “os” temas; Carvalho afirma que em Janeiro não sai ninguém essencial; é licenciada e começa a obra do Pavilhão.

 

Dezembro
Rival de Lisboa Lisboa e arbitragem continuam a ser “os” temas, mas alarga-se ao do Porto com rompimento de aliança tácita; ciclismo é anunciado duas vezes, só uma vale; Jesus ganha Stromp de treinador do ano; Contratado Zeegalaar; Europa volta a ganhar importância com apuramento; nova guerra com a LPFP e o presidente apoiado, por causa das inscrições de Janeiro; apelos á união; derrota na madeira custa a liderança; condenação no TAS; Carvalho em noite quente na Madeira; Jesus pede Carrillo pelo Natal; Carvalho solicita AG para “combater” discordantes; surgem cartazes em Lisboa a questionar Carvalho.

 

Pessoalmente, para 2016 e porque é a parte desportiva que realmente me interessa, que mais tardar a 15 de Maio a equipa de futebol se sagre campeã, que a 28 de Maio o mesmo aconteça à de Andebol, a 5 de Junho à de Ténis de Mesa e a 25 de Junho à de futsal. Que a de hóquei consiga ficar nos 4 primeiros do campeonato e a de Basquete se consiga manter entre as grandes.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:06

Esclarecido!

por Trinco, em 29.12.15

15804534_4J3b8.jpeg

 

Um sócio, membro do Conselho Leonino, eleito pela lista do actual presidente, que pouca gente conhece ou liga, critica fortemente o Presidente a 24 de Dezembro.


As declarações têm impacto ou relevância reduzida, esfumando-se instantaneamente na memória colectiva dos Sportinguistas.


O Presidente (e não o clube, conforme consta do cabeçalho), emite comunicado a 28 de Dezembro, criticando violentamente o associado, e todos os outros que possam discordar de si, em tom desafiante, solicitando uma AG ao PMAG, com ordem de trabalhos pouco definida mas com solicitação abusiva (se exclusiva ao associado) de reserva de tempo em claro contraste com a prática regimental de uma assembleia e com a independência exigível de uma MAG.

 

Cria-se com isto uma ressurreição ao 4º dia dum assunto morto. Cria-se um ambiente crispado, de ajuste de contas e (mais) uma caça às bruxas.

 

O Presidente tem recorrentemente apelado à união.

 

A equipa de futebol (não que acredite que isto a afecte, mas tem sido a sua estabilidade o argumento mais utilizado para a conversa da união) joga a 2 de Janeiro contra o seu, no momento, mais directo rival.

 

Esclarecido!

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:18

Escrita em dia

por Trinco, em 28.12.15

FED.01.jpg

 

Passado o Natal, com um pouco mais de disponibilidade, dou por mim a pensar que houve uns quantos assuntos que me ficaram para trás. Uns com mais tempo, outros com menos, mas ficaram para trás. Como não gosto de deixar pendentes, vou tentar pôr a "escrita em dia", sendo o mais sucinto possível e tentando desprezar os casos "sociais".

 

Foi anunciada a 17 a proposta de extensão de prazo da conversão de VMOCS que venciam a meados de Janeiro de 2016 por mais 10 anos a 4% dependentes dos resultados distribuíveis pela Sporting SAD. Retirando da equação, para já, esta colossal condicionante (que certamente deixará de pé atrás grande parte dos subscritores não institucionais), fica o recurso, outra vez, a tácticas antigas e criticadas de empurrar com a barriga os problemas. O que mudou então verdadeiramente?... 

 

Soube-se dia 21 que o TAS decidiu em favor da Doyen o diferendo referente ao caso Rojo. Nada que qualquer pessoa minimamente esclarecida não equacionasse. Ou no limite colocasse como hipótese, ao contrário das hordas de alienados que sempre tomaram o caso como vitória certa e que, mesmo depois da decisão, conseguiram, "transforma-lo" em vitória. Mesmo não se entendendo como, nem porquê. O que fica, é que o Sporting, por muita razão que lhe assista (e assistirá) na luta contra os TPO, não pode como instituição de direito e de bem, rasgar contratos. A dissolução destes obedece a regras que devem der dirimidas nos sítios certos e não nas páginas de facebook e nas entrevistas combinadas. O que fica também é que o Sporting neste momento tem que pagar mais do que pagaria na altura. O que fica também é mais uma derrota para o departamento jurídico (poderá ser por excesso de trabalho). O que fica é que mesmo assim, contrariamente ao que é a leitura da maior parte dos juristas conhecedores dos procedimentos do TAS, decide recorrer, não se sabendo como. Empurra-se...

 

Foi comunicada também no passado 21, a contratação de José Trindade, para coordenador geral do hóquei. Trindade foi equivalente responsável na estrutura de um rival directo, não sendo crível, até pela nomenclatura do cargo, que tenha aceite ficar subordinado a qualquer uma das peças da estrutura do hóquei. Nem ao director desportivo João Alves, nem ao director da secção e responsável pela formação Gilberto Borges. O que deixa uma interessante (e preocupante) dúvida, nomeadamente em relação ao segundo. Como vão coexistir nesta estrutura remodelada? Ou será que, finalmente, mais uma pedra é removida, do contexto? Empurrada.

 

Foi anunciado no passado 23, pela 2ª vez, o regresso do ciclismo ao Clube. Como já tinha dito noutro post, não sou adepto da modalidade, mas reconheço a sua importância na história do Clube e respeito a alegria de quem faz desta uma das suas modalidades de eleição ao ver o nome do Clube de volta à sua esfera. Mas do ponto de vista desportivo, este regresso diz-me nada! Ou melhor angustia-me por perceber que de projecto desportivo, para o Clube, este regresso tem zero. Seremos um patrocinador, como é ou foi o Bom Petisco, ou a LA Alumínios, com direito a nome e a presença nos equipamentos mas sem Sporting a sério. O Sporting como Clube de desporto. Somos hóspedes! Empurra-se, no caso, areia para muitos olhos.

 

Soube-se também nos últimos dias, que mais um rival terá conseguido um avantajado contrato de direitos de transmissão dos seus jogos (e mais umas quantas coisas paralelas). Soube-se na sequencia, com reservas por não se tratar de fonte oficial (outras fontes apontam para a apresentação de qualquer coisa brevemente), que uma das partes do acordo de um rival terá oferecido €28M, contra os €35M e depois €32M exigidos pelo Clube. Um valor substancialmente menor que o dos outros mas que infelizmente reflecte a realidade. A verdadeira, não aquela que se quer enfiar olhos a dentro, com foguetório de gostos no facebook ou renumerações pouco "reais". E reflecte o valor perdido nos últimos anos (ainda que o último contrato, assinado ainda no tempo de Bettencourt tenha tido valores idênticos ao rival do norte) mas também o valor actual, nomeadamente aquele que avalia o Clube e quem o gere enquanto entidade responsável, cumpridora e estável nas suas decisões. Por outro lado, verifica-se que aparentemente se empurra, mais uma vez e desta vez para o lado, o pressuposto da negociação centralizada como factor valorizador na negociação e beneficiante do negócio. E não vale aceitar que apenas vamos fazer o que os outros já fizeram. Princípios são isso mesmo. Aliás, acredito que a médio prazo o Sporting teria mais a lucrar, económica e desportivamente em encabeçar, mesmo nestas circunstancias, o conglomerado de clubes numa negociação deste tipo.

 

Por fim, ontem, que se saiba sem qualquer pistola apontada à cabeça, o treinador da equipa principal de futebol, afirma que, mesmo estando apaixonado pelo projecto Sporting, que ainda sonha chegar a um grande. E aqui é razoavelmente indiferente se se trata de uma citação com continuação para "grande europeu" ou até se fica por aqui. É que ter um funcionário com contrato por mais 2 anos e meio, a pensar nestes termos é algo que nunca aceitei, nem aceitarei. Aliás,nem aceitaria a maior parte não fosse ele quem é e não fosse ele protegido como é. Havia de ser qualquer um dos treinadores dos últimos 20 anos a dizer isto e não faltaria. Faz lembrar os miúdos sul-americanos nos anos 80 e 90, antes das assessorias de imprensa que mal chegavam à Europa via campeonatos menores declaravam que o sonho era ir para o Real...Este, tem a agravante de já ter idade para não se dar a estes disparates (ao qual até acrescentou que não fecha portas ao rival do norte), mesmo que os conceba na sua cabeça. A não ser que já se esteja a empurrar...para fora

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:11

O Génio do Negócio

por Lizardo, em 27.12.15

myths-legends-genie-lamp-bottle-shake-shaking-shl0

Estamos no fim do ano, e estrategicamente o Porto e Pinto da Costa anunciam o contrato com a Altice. Sete anos de sponsor nas camisolas, Porto Canal a emitir em exclusivo já no dia 1 de Janeiro e claro, 40 milhões época para as emissões televisivas.

Ontem foram muitos os sportinguistas que ficaram preocupados com mais um contrato megalómano.

O que não consigo entender, afinal de contas estamos a ser geridos por um génio da finança e da gestão desportiva.

Génio esse que deve acalmar os sócios e adeptos. Nós também teremos os nossos quase 500 milhões, venham eles da Altice, NOS, Cofina ou da Eurosport, da Vodafone ou quem sabe de um qualquer canal chinês. O que interessa é saber fazer negócio.

Estou portanto descansado, o nosso génio da alta finança com toda a certeza vai salvaguardar os superiores interesses do nosso Sporting. E com toda a certeza que quem está agora a negociar não vai levar em linha de conta os contratos rasgados no passado, as faltas de respeito com profissionais, os despedimentos ou a forma como tenta resolver os diferendos com os jogadores nos processos de renovação.

A alta finança faz contas muito simples, como nós, ou seja, perdemos mais de 8 milhões no apuramento para a Champions, perdemos mais de 12M (média) do valor do Carrillo numa suposta venda, perdemos 17M no caso Doyen e vamos perdendo mais e mais aqui e ali, de processo em processo. Mas nada disto interessa, porque o que interessa é que agora o Sporting é nosso. E como é nosso, quem tudo paga são os sócios.

Esperamos portanto boas notícias em breve. O génio da finança vai com toda certeza encontrar o melhor para todos os Sportinguistas. Eu aposto na NOS. Está ali tão perto do Estádio.

Bom Ano de 2016, seja em que canal for, eu gosto é de ir ao Estádio!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:16

BOAS FESTAS CARVALHO ;)

por Lizardo, em 22.12.15

imrs.jpg

 

 

Passei pelo Bairro Social que é o Facebook ontem, e começo por agradecer a quem partilhou o meu texto “Mudam as moscas” em várias páginas de fervor Sportinguista (ou será Carvalhista?).

 

Hoje pela manhã perdi tempo a avaliar alguns comentários, a somar likes e a traçar um perfil do que é o adepto Sportinguista nos dias atuais.

É cada vez mais notória a divisão entre sócios e adeptos. A guerra civil está iminente, e como em todos conflitos civis quem perde é o povo, e neste caso o Sporting no seu todo.

Comentários que concordam, comentários que acrescentam, comentários que ofendem, comentários saudosistas, comentários que só falam no Godinho e outros que falam no milagre das rosas e nas aparições da Virgem Bruno aos três pastorinhos em 2013.


Sinceramente é muito complicado digerir e ver este decadente espetáculo entre irmãos leoninos, lutando entre Si na defesa do indefensável, tentando rodear ou omitir fatos verídicos e evidentes, ultrapassando os limites da educação e da inteligência.

Caro Presidente, sei bem que nos lê, e desde já lhe agradeço essa pausa nas suas 24 horas de trabalho, mas tenha consciência que está a perder todas as batalhas.

 

Tem dormido mal, bem sei, depois da Madeira, depois do Vespas, depois da Doyen, depois da infelicidade do nosso querido Vicente Moura, depois do Carrillo, depois de tanta verborreia por Si cantada, hoje, quase em 2016 chuchamos no dedo com as suas promessas. Nem um Vodka nem um dólar do Tio Sam. E tanto que havia para todos. Mas agora é a China, e para lá iremos e em força.

 

Boas Festas e um grande 2016 é o que desejo a todos os nossos leitores e em especial ao nosso leitor número um, o nosso Presidente Bruno de Carvalho. Bem sei que nunca seremos um Blog com hipóteses de vencer o Prémio Blog Leonino do Ano, mas prometo que vou tentar escrever algo para o agradar, talvez neste registo:

Em 2013, chegando do nada e ficando com tudo, um Homem, potente, omnipresente, reuniu em Si todos os esforços e ergueu o grande monstro desportivo em Portugal, o Sporting. Hoje esse Super-Heroi não muda de fato nas cabines telefónicas, entra em ação com o fato oficial e salva as meninas das selfies, seja na Disco ou no Casino, o que é preciso é uma foto e um sorriso.O que impera são as Boas Festas.  Depois, bem depois, vamos à bola que amanhã é dia de post no Facebook.


BOAS FESTAS CARVALHO
SAUDAÇÕES LEONINAS

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:19

Mudam as moscas

por Lizardo, em 21.12.15

ngFA52F64D-92A6-4A29-AF09-936367E27BD2.jpg

 

Que final de ano assustador. Perdemos o primeiro lugar, voltámos a perder na equipa B, nas modalidades andamos a ser sovados do andebol ao hóquei, passando grandes dificuldades no Futsal, onde o atual Treinador parece condenado à saída sem se perceber bem a razão, talvez para contratar um cérebro por milhões em Espanha ou em Itália. Mas isto é futurologia, e o futuro a Deus pertence, e neste caso, não foi bem avaliado, e falo claro está do Caso Doyen.

Deus, vulgo Bruno, falhou redondamente em vários dossiers:

Falhou com a propaganda das auditorias, que claro está, pariram um rato e em nada vão produzir efeitos. Nem se comenta mais o caso para não se envergonhar nosso senhor de Carvalho.

Falhou redondamente na gestão das modalidades, estamos mais fracos em praticamente todas as modalidades, e isso é evidente todos os fins-de-semana. Basta olhar para as classificações para os títulos deste ano até ao momento e comparar com os principais rivais.
Louvo o Penta Campeonato em Natação, e digo alto e bom som, obrigado Mário Patrício.

Falhou redondamente na construção de planteis para o futebol profissional, de Magrões a Weldons,, de Schickabalas a Lionel Gauld Messi, passando por Sarr, Naldo, Ewerton, Tanaka, Slavchev, Rabia, entre tantos outros, tantos foram os milhões gastos em nulidades desportivas e alguns negócios que não se entendem. Este ano continuamos a ter um plantel deficitário e demasiado curto para as nossas exigências. Já falhámos a Champions, já falhámos a Taça de Portugal e vamos ver o que mais vamos falhar. Falta qualidade para compensar e realmente compreender o investimento em Jorge Seis Milhões Jesus.

Falhou redondamente na gestão do caso Marco Silva, se queria despedir, e é um líder forte, despedia, ponto! Não era necessário reduzir este processo a uma discussão de reunião de condomínio. Mas a educação e a classe nasce e evolui com as pessoas, outras há que passaram dos 600 euros mensais para os 10.000 e agora julgam-se a ultima coca-cola no deserto. E que deserto de ideias (boas) temos tido.

 

Falhou redondamente na evolução da comunicação e do MKT. Continuamos atrasadíssimos em relação ao FC Porto e Benfica. A criatividade do Sporting é miserável, os conceitos um vómito provinciano, quem sabe, nascidos numa qualquer taberna de gente nova.

Falhou no negócio dos Sponsors, que continuam a ser uma miragem. Enquanto nos vangloriamos que somos caros, outros há que vão tendo uns milhões a mais que nós. Vamos ver como vamos negociar os nossos direitos televisivos. Não tenho grande esperança neste assunto.

Falhou em toda a escala na gestão emotiva e de envolvimento entre os adeptos. Nunca o Clube esteve tão dividido como agora. Uma autentica guerra civil iminente, que mais uma ou duas derrotas podem revelar. O Rastilho é cada vez mais curto ó Carvalho.

Falhou em atacar tudo e todos e andar aos abraços a Ricciardi. O mesmo que vai correr com o Bruno quando chegar a hora, e a hora pode ser muito em breve. Ano novo vida nova.

Falhou na organização da Academia. Estamos mais amadores, perdemos o comboio, estamos a trabalhar pior que em 2000. Pois é 15 anos deitados fora. Mas este ponto deixo-o para ser avaliado para quem sabe da poda. Eu de academias só entendo o básico, como o Virgilio de Eletrodomésticos, liga-se e desliga-se!

 

Falha e volta a falhar sempre que vomita ódio e emana areia suja para os olhos dos sócios nos seus monólogos no Facebook ou na Hora do Presidente no miserável e super amador Sporting TV. A seu tempo teremos também aqui novos desenvolvimentos. Ano novo vida nova.

 

Falhou em processar os Sócios. Em Janeiro teremos novos desenvolvimentos.
Falhou em processar jornalistas, está a ser sovado sucessivamente pelo Pedro Marques na comunicação social. Perdeu, mais um, caso em tribunal.


Em suma, vencemos uma taça de Portugal. E que jogo inesquecível. Despediu-se um Marco foi-se buscar um Jesus. Corremos com um Sarr fomos buscar um Naldo. Vendemos um Cédric e fomos buscar um Pereira, incompatibilizamo-nos com Carrillo e vamos lançar jovens da nossa formação para a fogueira.

 

E assim vamos andando, de punho cerrado a bater no coração. Pelo menos quando vencemos. Quando perdemos nem da toca saem. Gostaria tanto de ouvir da boca do presidente em primeira mão quanto vamos pagar, quando deveríamos pagar à Doyen? Teria sido um monólogo muito mais útil. Da minha parte, a 60 euros a bifana, cá estarei para ajudar a pagar a divida. Afinal o Sporting é nosso, e qualquer dia o Bruno também!!!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:58

Exemplo!

por Trinco, em 19.12.15

Lead-by-example-on-sticky-note.jpg

 

É que nem preciso escrever mais! Quem quiser entender, entenda, quem não quiser, continue a ouvir as ladainhas e apelos requentados e a seguir as máximas de Frei Tomaz...

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 12:20

1000 dias do Carvalho.

por O 6º Violino, em 18.12.15

1000-posts-blog-tudo-link.jpg

Faz hoje 1000 dias que Azevedo de Carvalho é Presidente do Sporting. Uns celebram, outros lamentam.

Opiniões serão aos milhares, e todas devem ser respeitadas, mesmo que minoritárias, e por isso, mas não só por isso, não podia de deixar passar a data sem reflectir sobre os últimos 1000 dias do meu Clube de sempre. Mesmo que de uma forma superficial, porque o tempo é um bem escasso, também para mim, apesar de não trabalhar 24 horas.

Em termos económico-financeiros, e depois de um apertar de cinto imposto pela banca, os custos da SAD, com pessoal, nesta temporada, já se aproximam dos inenarráveis números de Godinho Lopes. Como já foi admitido, faltam alguns milhões para que as contas permaneçam equilibradas, pelo menos no papel. Voltaram os tempos em que os fornecedores deixam de receber. Voltaram os tempos em que os jogadores e seus representantes se queixam do não recebimento de comissões e prémios de assinatura. Valha a verdade que ninguém se queixou, de salários em atraso, para já, coisa que já acontecia no anterior mandato.

As contas do último trimestre confirmam a espiral despesista desta temporada, sem patrocinador, sem naming no Estádio e na Academia, e com parceiros bem duvidosos e com nome de insecto. E nada foi explicado ao sócios.

Para o futuro, ficam os inúmeros processos para resolver em tribunal, como a Galp, Somague, Servilimpe, entre outros. Serão outros dirigentes a pagar essas facturas, como é óbvio. Entretanto o caso Doyen deve estar a estalar a qualquer momento, e esperemos que não sejam mais 15 milhões a prejudicar as contas.

Dos últimos meses fica a pérola do "auto-aumento" de salários dos funcionários da SAD, coisa nunca vista, e logo para o dobro....juntando ainda as despesas de representação. Tudo "limpinho,limpinho".

Ainda dos processos, é bom não esquecer que um grupo de sócios foi processado sem conhecimento/aprovação da Assembleia Geral. Relembrar que de inicio, a intenção era de processar mais de 30 associados, mas o C.F.D. felizmente não viu matéria. Desavergonhadamente, os nomes foram publicitados na praça pública como alvos a abater. Cobardia. Nem sequer vou dar mais ênfase ao modo como os dados pessoais dos associados foram utilizados em proveito pessoal...

De positivo as escolhas dos treinadores, embora os rocambolescos processos de saída dos anteriores técnicos. No caso de Marco Silva, uma mancha vergonhosa no nome do Clube.

Positivo também, a entrada na discussão dos eternos problemas do futebol, embora não consigamos fazer a ponte com ninguém, porque criamos anticorpos em todo o lado. 

O último alvo é Pedro Proença, o qual ajudámos a eleger há quatro meses, tendo sido apresentado como a "última Coca-cola do deserto". As incoerências e os disparates são o cartão de visita desta liderança. Os mais atentos lá vão saindo a conta-gotas, quer da SAD, quer da Direcção, restando os já conhecidos "Yes-man".

As constantes disputas verbais com rivais, baixando ao nível dos mesmos, não só deviam envergonhar a pessoa em si, como de facto, já envergonham grande parte dos associados e o próprio Clube, que se vê confundido com um individuo que se encontra de passagem, felizmente.

As mesmas disputas que são utilizadas contra sócios que, no seu direito, não corroboram nos seus pontos de vista, tendo de seguida, a distinta lata de pedir "união" aos mesmos...

Em resumo, temos um Clube a perder o seu ADN. Ontem podíamos dizer que éramos diferentes, hoje estamos iguais aos demais, no pior sentido. E o pior é que tudo isto vai deixar marcas num futuro a curto e médio prazo, não tenhamos dúvidas disso. Mais cedo do que tarde, a maioria dos associados irá acordar deste pesadelo.

Li hoje, que não são 1000 dias, mas sim 24.000 horas. Escreva menos no facebook e trabalhe mais, já agora.

 

SL

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:53

Pág. 1/2



Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Sobre

Sobre o Sporting, com verdade, exigência e espírito critico. Sem reverencias nem paciência para seitas!






Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D